• Comandante do 17º BPM desmente boatos de novo “Cadeirudo” que estaria agindo em Guanambi e região

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    04/10/2018 - 09:00

    Conforme Mascarenhas, um indivíduo tem agido de forma isolada com modo operante diferente e que não se compara ao lendário “cadeirudo”

    Durante entrevista coletiva à imprensa, na tarde desta quarta-feira (03), o comandante 17º Batalhão de Polícia Militar de Guanambi (BPM), Tenente Coronel Arthur Mascarenhas Fernandes, desmentiu boatos sobre a existência de um novo “cadeirudo” que estaria fazendo vítimas em Guanambi e cidades da região. O comandante ressaltou que a divulgação (compartilhamento) de informações deste tipo sem antes checar cria um clima de insegurança na cidade. Conforme Mascarenhas, um indivíduo tem agido de forma isolada (três casos foram registrados recentemente), com modo operante diferente e que não se compara ao lendário “cadeirudo”, que fez várias vítimas na cidade e região, há alguns anos, e acabou morto em confronto com a polícia em Riacho de Santana. “Estamos trabalhando para prender esse homem o mais rápido possível, a população não precisa entrar em pânico”, disse o comandante. De acordo com Mascarenhas, os casos de estupros registrados já estão sendo investigados, com trabalho conjunto das polícias Civil e Militar. O comandante fez ainda um balanço dos primeiros dois meses à frente do 17º na sede e zona rural, com ênfase nas operações denominadas – 2x 2 ,Força Tática e Êxodo. “Vamos continuar realizado essas operações, seus efeitos são positivos”, disse ele.