BUSCA PELA CATEGORIA "BAHIA"

  • STF dá prazo para Bahia fornecer informações sobre toque de recolher

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Gabriel Amorim

    18/04/2021 - 10:00


    Outros seis estados também foram intimados na decisão do ministro Gilmar Mendes

    BAHIA

    - Uma decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Bahia forneça informações sobre medidas restritivas adotadas para conter a disseminação da Covid-19. Além do governo baiano, outros seis estados também terão prazo de dez dias para enviar esclarecimentos. Foram citados na ação, os estados do Acre, Amapá, Bahia, Piauí, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe que devem seguir as solicitações do STF. As informações requisitadas pelo Supremo Tribunal Federal não foram detalhadas. A decisão, publicada eletronicamente na última sexta-feira (16), ainda determina que, depois da manifestação dos estados,  "remetam-se os autos, sucessivamente, ao Advogado-Geral da União e ao Procurador-Geral da República, para que se manifestem no prazo de 5 dias".

  • Bahia registra 3.889 casos e 94 mortes por Covid-19 em 24h

    Foto: Divulgação | Secom Foto: Divulgação | Secom
    Por Kamille Martinho

    17/04/2021 - 19:00


    Ao todo, a Bahia tem 859.760 casos confirmados e 17.228 óbitos desde o início da pandemia

    BAHIA

    - A Bahia registrou nas últimas 24 horas 3.889 casos de coronavírus e 94 mortes em decorrência da Covid-19, segundo boletim divulgado hoje (17) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Ao todo, a Bahia tem 859.760 casos confirmados e 17.228 óbitos desde o início da pandemia. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 17.228, representando uma letalidade de 2,00%. Dentre os óbitos, 55,45% ocorreram no sexo masculino e 44,55% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,62% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,92%, preta com 15,31%, amarela com 0,47%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,55% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 65,70%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,70%). Ao todo, 826.161 pessoas já estão curadas da doença. Na Bahia, 46.529 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. No estado, dos 3.408 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 2.389 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de UTI adulto de 80%. Vale lembrar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia.

  • Governo prorroga toque de recolher e proibição de shows e festas na Bahia

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    16/04/2021 - 23:00


    Restrição de locomoção noturna vale das 20h às 5h

    BAHIA

    - O Governo do Estado prorrogou até o dia 26 de abril o toque de recolher noturno além da suspensão de shows, festas e atividades esportivas coletivas em toda a Bahia. A prorrogação das medidas restritivas, que visam conter a disseminação da Covid-19, está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de amanhã (17). O toque de recolher vale das 20h às 5h, sendo proibidos a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas. Os shows e as festas, públicas ou privadas, continuam proibidas, independentemente do número de participantes, em todo território baiano. Somente eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas, desde que respeitados os protocolos sanitários, com exceção de 99 municípios, onde permanecem suspensos eventos e atividades independentemente do número de participantes. Também continua proibida a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 23 de abril até as 5h de 26 de abril, em todo o estado. 

  • Bahia registra 3.413 casos de Covid-19 e 134 óbitos pela doença em 24 horas

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Adriano Villela

    16/04/2021 - 19:30


    Com maior número de curados (3.791), estado reduz ocupação hospitalar para 80%

    BAHIA

    - A Bahia somou, nas últimas 24 horas, mais 3.413 casos confirmados de Covid-19 e 134 óbitos. Desde o iníco da pandemia, o estado registrou 855.871 contaminados e 17.134 tiveram óbido relacionado ao novo coronavírus. Porém, como o número de novos infectados é menor que o de recuperados (3.791), o volume de casos ativos caiu para 15.627 – eram 16.139 na quinta-feira. A ocupação hospitalar recuou de 83% para 80%. Na capital, esta taxa é de 75%. Em todo o estado, 1.233 pacientes em terapia intensiva ocupam vagas de UTI adulto, de um total de 1.538. Outros 192.828 pacientes com sintomas estão em investigação para atestar se estão mesmo com a Covid-19. O novo coronavírus infectou 46.457 profissionais da saúde na Bahia.Na Central Estadual de Regulação, 89 pessoas aguardavam vaga em UTI Adulto Covid-19 e outros 36 pedidos se destinavam a leitos clínicos. Foram vacinadas 2.010.339 pessoas contra a Covid-19, dos quais 573.773 receberam também a segunda dose.

  • Com atraso e quantidade reduzida, Bahia recebe 396 mil doses de vacina contra Covid-19

    Foto: Reprodução | GOV/BA Foto: Reprodução | GOV/BA
    Por Redação do Sudoeste Bahia

    16/04/2021 - 15:00


    BAHIA

    - Das 500 mil doses de imunizante contra a Covid-19  que seriam entregues na Bahia, 396 mil unidades entre CoronaVac e Oxford chegaram ao Aeroporto Internacional de Salvador, nesta sexta-feira (16). As vacinas deveriam ter chegado ontem (15), mas houve um atraso por conta do Ministério de Saúde (MS), que é responsável pela distribuição das doses. Segundo a coordenadora estadual de Imunização, Vânia Vanden Broucke, as vacinas serão imediatamente conferidas e separadas para todas as regionais de Saúde e também para todos os municípios da região metropolitana. “Quando as vacinas chegam lá nas regionais de Saúde, elas também são distribuídas para todos os seus municípios de abrangência, completando assim a entrega para os 417 municípios do estado da Bahia”, afirmou Vânia. Ao todo, a Bahia contabiliza o recebimento de 3.670 mil doses recebidas.

  • Bahia ultrapassa 2 milhões de vacinados contra covid, diz consórcio de imprensa

    Foto: Divulgação | Ascom PMC Foto: Divulgação | Ascom PMC
    Por Adele Robichez

    16/04/2021 - 13:16


    No Brasil, 25,46 milhões de pessoas receberam ao menos primeira dose

    BAHIA

    - Um total de 2.005.623 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus na Bahia, segundo o balanço da vacinação divulgado na noite de ontem (15) pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, 13,43% da população do estado foi vacinada contra a covid-19. A segunda dose foi aplicada em 3,64% da população da Bahia: 543.460 pessoas. No total, 2.549.083 doses foram aplicadas no estado (90,61% das 2.813.282 doses recebidas). Em 24 horas, 52.723 imunizantes foram injetados. No Brasil, 25.460.098 pessoas receberam a primeira dose (12,02% da população do país). Destas, 8.558.567 tomaram a segunda (4,04%). Foram utilizadas 34.018.665 vacinas para a ação (56,66% das doses recebidas pelos estados).

  • Bahia confirma mais 141 óbitos nesta quinta; total sobe para 17 mil

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Adriano Villela

    15/04/2021 - 18:09


    Simultaneamente o estado ultrapassou a marca de 2 milhões de vacinados mesmo com o atraso de novas doses

    BAHIA

    - Nas últimas 24 horas a Bahia confirmou mais 141 óbitos relacionados a pandemia de Covid-19. O número total de mortes alcançou 17 mil, conforme boletim divulgado pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Outro marco alcançado nesta quinta-feira (15) foi o de 2 milhões de vacinados. Até as 15hs, 2.005.623 pessoas receberam um dos dois imunizantes adotados no país (CoronaVac e AstraZeneca/Oxford). A aplicação da segunda dose abrangeu 543.460 vacinados. O número de imunizados foi alcançado mesmo com o atraso das novas doses pelo Ministério da Saúde. A expectativa era de que o estado recebesse nesta quinta 500 mil doses. No site oficial, a pasta afirma que o envio acontece nesta sexta-feira. Em todo o Brasil, serão distribuídas 3,8 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, da Fiocruz, e 2,5 milhões de doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, ambas produzidas no Brasil com matéria-prima importada. Desde o início da pandemia, 852.458 pessoas foram diagnosticadas com a Covid-19. A assistência médica curou 819.319 e 16.139 encontram-se ativos. O percentual de casos com comorbidade está em 65,79%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,78%). Às 12h desta quinta-feira, 87 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 41 pacientes aguardavam leitos clínicos adultos Covid-19.

  • Após atraso, Ministério da Saúde promete novas doses a partir de sexta para a Bahia

    Foto: Reprodução | GOV/SP Foto: Reprodução | GOV/SP
    Por Geovana Oliveira

    15/04/2021 - 18:00


    BAHIA

    - Após perder o prazo de desembarque das 500 mil doses na Bahia nesta quinta-feira (15) o Ministério da Saúde diz que a entrega do novo lote das vacinas contra a Covid-19 será feita a partir desta sexta-feira (16). De acordo com a assessoria da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o ministério não especificou horários. "A remessa conta com 3,8 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e com 2,5 milhões de doses da Coronavac, do Instituto Butantan, ambas produzidas no Brasil com matéria-prima importada. O envio, de forma proporcional e igualitária entre as Unidades Federativas (UFs), ocorre a partir desta sexta-feira", afirma o governo federal em nota. O atraso já impacta diretamente o plano de imunização no estado. Em Salvador, o prefeito Bruno Reis contava com a chegada das doses para concluir a vacinação dos idosos com 60 anos ou mais e iniciar a aplicação de doses em pessoas com comorbidades. Com a readequação, a prefeitura ainda não divulgou o calendário dos grupos prioritários para os próximos dias.

  • Governo Federal atrasa repasse de 500 mil doses de vacina contra Covid-19 na Bahia

    Foto: Reprodução | Sesab Foto: Reprodução | Sesab
    Por Redação do Sudoeste Bahia

    15/04/2021 - 09:15


    O Ministério da Saúde não definiu uma nova data para a entrega

    BAHIA

    - 500 mil doses do imunizante CoronaVac que chegariam à Bahia nesta quinta-feira (15), não desembarcaram no Aeroporto Internacional de Salvador. O anúncio da chegada do lote havia sido feito pelo secretário de Saúde do governo do Estado, Fábio Vilas-Boas. Conforme o site Metro 1, que entrou em contato com a Secretaria de Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), o Ministério da Saúde (MS), responsável pela distribuição das vacinas, não apresentou justificativa que inviabilizou o repasse e nem muito menos uma nova data para entrega. O atraso de doses se soma a outras incongruências praticadas no governo Bolsonaro no que diz respeito a gestão da pandemia no país, que tem sido alvo de críticas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e até mesmo de outras nações. Por isso, ontem (14), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) seja instalada imediatamente no Senado Federal, para que se apure as irregularidades.

  • Covid-19: comissão autoriza início da vacinação nos profissionais da educação

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    15/04/2021 - 08:30


    De acordo com a resolução publicada, serão vacinados profissionais que tenham 55 anos ou mais

    BAHIA

    A Comissão Intergestores Bipartite (CIB) autorizou ontem (14) o início da vacinação contra a Covid-19 nos profissionais da educação da Bahia, dando assim mais um passo para que escolas públicas e privadas do estado retomem as aulas de forma híbrida — modelo que mescla os ensinos presencial e o remoto. Ainda não há, porém, uma data definida para o retorno do calendário letivo. O acesso à internet e a infraestrutura escolar estão entre os principais desafios dos gestores. De acordo com a resolução publicada, serão vacinados profissionais que tenham 55 anos ou mais. “A ideia é acelerar a vacinação dos trabalhadores da educação para, logo logo, e gente poder voltar e entrar na fase híbrida das aulas, com uma parte do tempo presencial e a outra parte do tempo remota”, declarou o governador Rui Costa (PT), na manhã desta quinta-feira (15) durante entrega de uma obra de contenção de encosta no bairro de São Caetano, em Salvador. As aulas presenciais estão suspensas desde março do ano passado, início da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

  • Bahia registra mais 146 óbitos por coronavírus; UTIs têm 82% de ocupação

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Adriano Villela

    14/04/2021 - 19:00


    Em 24 horas foram confirmadas mais 3.547 pessoas infectadas em todo o estado

    BAHIA

    - A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) divulgou á pouco boletim com registros de mais 3.547 infecções pelo novo coronavírus e 146 mortes em 24 horas. São 15.691 casos ativos – pessoas que ainda estão com a doença. Nos hospitais, a Bahia tem taxa de ocupação de 82% nos leitos de UTI adulto da rede SUS. Em Salvador, a taxa recuou para 80%. De acordo com o boletim da Sesab, durante toda a pandemia 848.627 casos já foram confirmados, com 816.077 pessoas recuperadas (15.691 ainda têm o vírus ativo). No total, 16.859 mortes foram confirmadas. Nos casos ativos, 13.254 estão em monitoramento domiciliar, já 1.282 contaminados estão em terapia intensiva e 1.155 estão em enfermarias. Na Central Estadual de Regulação, 115 pacientes aguardam vaga em hospitais – 92 para UTIs e 23 para leitos clínicos. Até esta quarta, 1.990.012 pessoas foram vacinadas na Bahia contra o novo coronavírus, dos quais 506.348 receberam também a segunda dose.

  • Ao menos dez cidades baianas cancelam o São João em 2021

    Foto: Reprodução  Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    14/04/2021 - 11:23


    Realização dos festejos é tida como "pouco provável" pelo governo do estado

    BAHIA

    - Em meio à incerteza causada pela pandemia de Covid-19, com alta na ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), lentidão na vacinação e a possibilidade de uma terceira onda na Bahia, ao menos dez cidades do estado já cancelaram os festejos de São João. São elas: Amargosa, Cachoeira, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Jaguarari, Itaberaba, Ipiaú, Camaçari, Mata de São João e Euclides da Cunha. Outras sete cidades ainda não bateram o martelo sobre o cancelamento: Piritiba, Ipirá, Irecê, Juazeiro, Mucugê, Cruz das Almas e Ibicuí. Algumas aguardam um posicionamento do governo do estado, enquanto outras esperam que o cenário da pandemia possa melhorar até junho. Em nota enviada ao jornal Correio, o governador Rui Costa avaliou a realização dos festejos como "pouco provável". “Mesmo que cheguem em junho as 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, que é o nosso desejo e estamos trabalhando para isso, são necessárias duas doses para conseguir a imunização. Desta forma, na melhor das hipóteses, só teríamos um maior número de imunizados no final de julho. Por isso, não vejo horizonte para a realização da festa de São João, pelo menos na data tradicional, que é o mês de junho”, explicou.

  • Após remoção, Marco Aurélio Mello determina que governo devolva 12,7 mil inscritos ao Bolsa Família

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    Por Kamile Martinho

    14/04/2021 - 08:30


    BAHIA

    - Após o governo da Bahia acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para contestar a retirada de quase 13 mil famílias do programa Bolsa Família, o ministro Marco Aurélio Mello deu um prazo de 10 dias para que o governo federal reintegre a inscrição dos beneficiários. Ao todo, foram 12.706 prejudicados. Segundo o G1, o desligamento foi motivado pelo fim do prazo da "cláusula de permanência" - se a família passa a receber renda maior que o limite do Bolsa Família e informa essa mudança voluntariamente ao governo, pode continuar recebendo o beneficio por 24 meses. Entretanto, o governo da Bahia diz, no processo, que mesmo havendo essa possibilidade de encerramento nas regras do programa, o benefício deve ser mantido levando em conta a vulnerabilidade das famílias. O ministro Marco Aurélio ressaltou ainda que o STF já determinou a suspensão de desligamentos do programa no período de calamidade pública. "A expressão 'estado de calamidade' diz respeito ao contexto da pandemia de covid-19, a revelar não observado o pronunciamento judicial. Cumpra-se a medida acauteladora implementada, com a reintegração, no prazo de 10 dias, das famílias excluídas do Programa Bolsa Família", diz trecho da ação.

  • Bahia zera fila de pacientes aguardando leitos covid-19, mas situação ainda preocupa

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por André Uzêda

    14/04/2021 - 08:00


    Secretário anunciou que não há mais pacientes aguardando vagas, mas alto índice de infecção deixa situação instável

    BAHIA

    - Depois de ter mais de 400 pessoas esperando leito de internação da covid-19, em março, a Bahia zerou a fila de regulação de pacientes. Isso significa que, no momento, não há pessoas aguardando leitos e todos os pacientes mais graves da covid-19 estão recebendo tratamento em alguma unidade do estado. A informação foi divulgada pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, em sua conta pessoal no twitter. "Hoje a Bahia ZEROU a fila de pacientes com diagnóstico da Covid-19 que estavam intubados e aguardavam transferência em unidades de emergência e UPAs.Esse sucesso só foi possível por conta do trabalho incansável do governador Rui Costa, focado em salvar vidas", escreveu o titular da pasta. Essa ação só foi possível porque novos leitos foram reabertos em várias cidades da Bahia, entre elas: Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Feira de Santana, Seabra, Alagoinhas, Guanambi, Caetité, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim, Jacobina, Barreiras, Barra, Bom Jesus da Lapa, Jequié e Porto Seguro. No momento, a Bahia tem mais de 3,4 mil leitos ativos. Como o índice de contaminação no estado ainda é considerado alto, os números são monitorados regularmente e a ocupação de leitos pode crescer, implicando diretamente na falta de vagas e no sistema de regulação de pacientes.

  • Bahia registra 4.104 casos de Covid-19 e 102 óbitos pela doença em 24 horas

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    Por Luciane Freire

    13/04/2021 - 19:30


    BAHIA

    - Em 24 horas, a Bahia registrou 4.104 casos de Covid-19 e mais 102 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (13) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje. Dos 845.080 casos confirmados desde o início da pandemia, 813.137 já são considerados recuperados, 15.230 encontram-se ativos e 16.713 tiveram óbito confirmado. O estado registra 83% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.

  • Decreto estadual mantém proibidas aulas coletivas em academias

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Kamille Martinho

    13/04/2021 - 11:55


    Os espaços, entretanto, estão abertos, desde que ocupem 50% da sua capacidade máxima

    BAHIA

    - Em decreto publicado hoje (13) no Diário Oficial do Estado, o Governo da Bahia decidiu prorrogar a proibição de atividades coletivas dentro das academias de dança ou ginástica. Os espaços, entretanto, podem permanecer em funcionamento, desde que ocupem 50% da sua capacidade máxima. A medida é válida até o dia 19 de abril. Em março, o Conselho Regional de Educação Física da Bahia (CREF13/BA) chegou a entrar na Justiça contra o governo estadual solicitando a abertura das academias e similares durante a pandemia. Para o presidente do CREF13/BA, Rogério Moura, a medida foi "em defesa da categoria que trabalha com a saúde das pessoas e em prol da sociedade que precisa do serviço para manter a saúde". "O exercício físico em ambientes controlados, como academias e similares, combate comorbidades diretamente ligadas aos casos graves da Covid-19, além de recuperar as pessoas que sofreram com a doença", argumentou em nota divulgada no site do conselho. O decreto desta segunda frisa ainda que permanecem proibidos eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados. Entre os exemplos, estão os eventos desportivos, cerimônias de casamento, passeatas e afins.

  • Governo autoriza eventos com 50 pessoas; bebidas seguem proibidas no fim de semana

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    13/04/2021 - 11:00


    Decreto foi publicado na edição desta terça do Diário Oficial do Estado

    BAHIA

    - O governo da Bahia autorizou hoje (13) a realização de eventos com até 50 pessoas, em meio à pandemia de Covid-19. O decreto, assinado pelo governador Rui Costa, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Seguem proibidos os eventos e atividades com público superior a 50 pessoas, ainda que previamente autorizados. É o caso de eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. A venda de bebidas alcoólicas continua proibida no estado da Bahia durante o final de semana. A restrição começa às 18h de sexta-feira (16).

  • Leilão de veículos usados do Detran-BA estimula reaproveitamento e desafoga os pátios

    Foto: Divulgação | Detran-BA Foto: Divulgação | Detran-BA
    Por Redação do Sudoeste Bahia

    13/04/2021 - 10:15


    Alguns veículos possuem lance inicial de apenas R$ 100

    BAHIA

    - Na próxima quinta-feira (15), o  Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) irá realizar, a partir das 9h, o quinto leilão do ano, exclusivamente na modalidade online. Os lances já podem ser feitos através do site www.rjleiloes.com.br. Ao todo, são 594 lotes de veículos conservados e também sucatas que podem ser reaproveitadas para reciclagem. Os autos estão custodiados em Senhor do Bonfim, no centro norte baiano, e Teixeira de Freitas, no extremo sul. Alguns veículos possuem lance inicial de apenas R$ 100. O departamento tem incrementado a promoção de leilões, para desafogar os pátios credenciados e estimular a reciclagem no estado.

  • Bahia registra 1.581 casos de Covid-19 e 95 óbitos pela doença em 24 horas

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Luciana Freire

    12/04/2021 - 19:00


    Ocupação dos leitos de UTI adulto é de 84% no estado

    BAHIA

    - Em 24 horas, a Bahia registrou 1.581 casos de Covid-19 e mais 95 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (12) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje. Dos 840.976 casos confirmados desde o início da pandemia, 809.771 já são considerados recuperados, 14.594 encontram-se ativos e 16.611 tiveram óbito confirmado. O estado registra 84% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.

  • Bahia se aproxima de 13% da população vacinada contra Covid-19

    Foto: Divulgação | Ascom PMC Foto: Divulgação | Ascom PMC
    Por Adele Robichez

    12/04/2021 - 10:45


    No Brasil, 11% dos habitantes receberam primeira dose de imunizante

    BAHIA

    - Um total de 1.936.596 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus na Bahia, segundo o balanço da vacinação divulgado na noite de ontem (11) pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, 12,97% da população do estado foi vacinada contra a Covid-19. A segunda dose foi aplicada em 2,94% da população da Bahia: 439.319 pessoas. No total, 2.375.915 doses foram aplicadas na nação brasileira (84,45% das 2.813.282 doses recebidas pelo estado). No Brasil, 23.286.249 pessoas receberam a primeira dose (11% da população do país). Destas, 7.052.402 tomaram a segunda (3,33% dos habitantes). Foram utilizadas 30.338.651 vacinas para a ação (68,7% das doses recebidas pelos estados).