BUSCA PELA CATEGORIA "BAHIA"

  • ACM Neto tem 67% das intenções de voto em nova pesquisa Quaest

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    18/05/2022 - 11:00


    Em segundo lugar aparece o ex-secretário estadual de Educação, o candidato do Partido dos Trabalhadores, Jerônimo Rodrigues, com 6%

    BAHIA

    - O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (UB), segue como o grande favorito do eleitor baiano na disputa pelo governo do estado nas eleições deste ano. A pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira (18), traz o candidato do União Brasil à frente, com 67% das intenções de voto no cenário estimulado, onde os nomes dos candidatos são apresentados. Em segundo lugar aparece o ex-secretário estadual de Educação, o candidato do Partido dos Trabalhadores, Jerônimo Rodrigues, com 6%. João Roma (PL) é o terceiro, com 5%. O professor Kleber Rosa (PSOL) marcou 1%, e Giovani Damico (PCB) não pontuou. A proporção dos que dizem que irão votar em branco, anular ou deixar de votar representa 12%. Os indecisos equivalem a 8%. Segundo Turno - O instituto também analisou os cenários para segundo turno. Quando a disputa é entre ACM Neto e Jerônimo Rodrigues, o carlista acumula 73% das intenções de votos contra 11% do ex-secretário. Brancos e nulos somam 11% e indecisos 5%. Já na análise da disputa entre Neto e João Roma, o pré-candidato do União Brasil também acumula 73% dos votos. Nesse cenário, o bolsonarista fica com 10%, brancos e nulos com 11% e indecisos acumulam 9% dos votos. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número BA-03239/2022, e tem 95% de confiança. A margem de erro é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistadas 1.140 pessoas face a face entre os dias 13 e 16.

  • Bebê é encontrado vivo depois de passar dois dias dentro de buraco na Bahia

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    18/05/2022 - 07:00


    Mãe foi presa por abandono de incapaz

    BAHIA

    - Um bebê de 1 ano e 11 meses foi encontrado com vida nesta terça-feira (17) após passar dois dias dentro de um buraco. O caso aconteceu em Santo Estevão. De acordo com informações da Polícia Civil, Heitor Gomes de Araújo estava desaparecido desde a noite de domingo (15) quando a mãe saiu e deixou a criança sozinha. Ela percebeu o sumiço do filho cerca de 24 horas depois e acionou a delegacia da cidade. O menino foi encontrado por volta das 13h por uma mulher que passava pelo local e ouviu o gemido da criança. Ela disse que o garoto estava com os braços para cima. O buraco fica a 60 metros da casa onde Heitor mora com a mãe, no bairro Triângulo, as margens da BR 116 Sul. Ele foi levado para o Hospital Doutor João Borges de Cerqueira, com sinais de desidratação e febre, mas sem ferimentos. De acordo com o hospital responsável pelo atendimento, o bebê continua internado onde está sendo hidratado. O estado dele é estável e ainda não há previsão de alta. A mãe do menino foi presa e deve responder por abandono de incapaz.

  • ACM Neto venceria no 1º turno com 55% dos votos, aponta pesquisa

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    17/05/2022 - 08:00


    Jerônimo Rodrigues (PT) aparece em segundo lugar, com 18% das intenções de voto

    BAHIA

    - A pesquisa Real Time Big Data, divulgada pela Record TV nesta terça-feira (17), mostra o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (UB), com ampla vantagem em todos os cenários da disputa pelo governo da Bahia. Na pesquisa estimulada, quando é apresentada uma lista de candidatos ao eleitor, ACM Neto venceria no primeiro turno. Neste cenário, Neto possui 55% das intenções de voto do eleitorado baiano, enquanto Jerônimo Rodrigues (PT) tem 18%, o deputado federal João Roma (Republicanos) tem 10% e Kleber Rosa (Psol), 1%. Brancos e nulos totalizam 9%, e 7% não souberam ou não responderam. No levantamento espontâneo, em que não é apresentada uma lista de candidatos, ACM Neto tem 20% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparecem tecnicamente empatados Jerônimo Rodrigues, com 6%, e o ex-ministro da Cidadania João Roma, com 5%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA-06101/2022. Ela foi realizada por telefone com 1.500 entrevistados entre os dias 14 e 16 de maio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

  • Bahia registra 24 novos casos de Covid e quatro mortes pela doença nas últimas 24h

    Foto:Reprodução | AFP Foto:Reprodução | AFP
    16/05/2022 - 18:30


    Taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto está em 16% e os pediátricos está em 83%

    BAHIA

    - A Bahia registrou 24 novos casos de Covid-19 e quatro mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta segunda-feira (16), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 219. Desde o início da pandemia, 1.545.997 casos foram confirmados e 29.895 pessoas morreram por causa da doença. A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 16%, ou seja, 33 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 19 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 83% de ocupação. Vacinação - Até o momento temos 11.611.043 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.661.490 com a segunda dose ou dose única, 5.671.445 com a dose de reforço e 116.057 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 913.743 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 429.021 já tomaram também a segunda dose.

  • Coronavírus: Bahia não registra óbitos nas últimas 24h

    Foto:Reprodução | AFP Foto:Reprodução | AFP
    15/05/2022 - 19:30


    BAHIA

    - A Bahia não registrou nenhum óbito por Covid-19 neste domingo (15), segundo o boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Nas últimas 24 horas, foram registrados 11 casos e 15 pessoas recuperadas. Segundo a Sesab, os dados ainda podem sofrer alterações por conta da instabilidade do sistema do Ministério da Saúde.No boletim, ainda contabiliza 1.868.120 casos descartados, 333.104 em investigação e 63.321 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O levantamento representa notificações oficiais realizada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), junto às vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo.

  • Região: Sargento da PM é preso por roubo de R$ 820 mil em joias e celulares

    14/05/2022 - 11:30


    BAHIA

    - Um sargento da Polícia Militar (PM) e mais dois irmãos, com esposa, namorada e filho, foram presos em flagrante nesta sexta-feira (13), suspeitos de integrar uma quadrilha criminosa em Vitória da Conquista. De acordo com a a PM, o grupo teria roubado R$ 820 mil em joias e celulares na região Oeste da Bahia. Os seis criminosos foram capturados nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória, nesta sexta-feira (13), durante a operação "Ostentação". O sargento da PM, lotado na Polícia Rodoviária Estadual (PRF-BA), é apontado como líder da quadrilha. Com o sexteto, foram apreendidos uma pistola, uma espingarda, carregador, munições de diversos calibres, joias, uma  motocicleta modelo CB600, R$ 5,7 mil em espécie, 300 formulários de CRLV em branco, entre outros itens. Modo de agir - O policial militar, com 25 anos de carreira, até então acima de qualquer suspeita, se aproximava dos estabelecimentos comerciais e iniciava uma relação de amizade com funcionários e proprietários. O objetivo era levantar os horários de funcionamento e de chegada dos materiais. Depois desse levantamento, o grupo entrava em contato como um cliente normal e agendava para realizar a compra. O policial ficava do lado de fora, enquanto seus irmãos consumavam o assalto. No ano passado, no mês de março, o grupo roubou ouro, diamante e outras pedras preciosas, avaliadas em R$ 60 mil, na cidade de Santa Maria da Vitória. Ainda em 2021, no mês de dezembro, o grupo roubou R$ 760 mil, em celulares, no município de São Félix do Coribe. O titular da 26ª Coorpin, delegado Alexandre Haas Pinheiro Cunha, não descarta o envolvimento do grupo com outros crimes. "O trabalho continua e aproveito para agradecer o empenho de todas as unidades da Polícia Civil da região Oeste e da Corregedoria da PM", concluiu.

  • Liberação do uso de máscaras completa 1 mês na Bahia e novos casos de Covid-19 caem

    Foto: Carol Garcia | GOV/BA Foto: Carol Garcia | GOV/BA
    Por Jornal da Metropole

    12/05/2022 - 11:39


    Em entrevista ao Jornal da Metropole, infectologista fala sobre fim da pandemia e novos surtos de outras viroses

    BAHIA

    - Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretava uma nova pandemia do novo coronavírus. Naquele momento, os mais otimistas comemoravam o cancelamento das aulas por duas semanas ou o home office compulsório. Mais de dois anos depois, tendo passado por ondas e ondas de Covid-19, finalmente demos adeus às máscaras - ou estamos em processo de adeus. Há exato um mês, o governo da Bahia decretou o fim da obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes abertos e fechados, exceto nas unidades de saúde. Dessa vez, os otimistas estavam certos: o número de novos casos de Covid-19 chegou a diminuir depois do anúncio do decreto. Ainda não podemos afirmar que é o fim da pandemia, mas o infectologista Robson Reis considera que em nosso país estamos em uma fase “controlada”. “Quando se fala pandemia, é algo que ocorre no mundo inteiro. Nós temos situações epidemiológicas diferentes no mundo”, explica o professor da Escola Bahiana de Medicina, ao justificar que a classificação de pandemia deve ser feita apenas pela OMS. Em outros países, a Covid-19 ainda amedronta, principalmente pela baixa cobertura vacinal. “Alguns países não têm nem 20% da população imunizada”, afirma Reis. Nesses lugares, o vírus continua circulando livremente, aumentando também a chance de surgirem novas variantes. Segundo o infectologista, essas mutações podem, no futuro, serem capazes de “furar a imunidade” que adquirimos com a vacinação. Ainda assim, por aqui, a sensação é de que o medo da Covid-19 está se dissipando. No setor hoteleiro, por exemplo, já se comemora o retorno da ocupação de hotéis aos níveis pré-pandemia. “A taxa de ocupação de abril deste ano já foi no mesmo patamar de 2019, ligeiramente até superior”, afirma Luciano Lopes, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - seção Bahia (ABIH-BA). Para Lopes, a desobrigatoriedade do uso de máscaras ajudou nessa maior ocupação, mas o processo de retorno do turismo vinha se desenvolvendo desde antes do decreto de 12 de abril. “A gente vinha em um quadro evolutivo, tendo queda de casos, sobretudo por causa da vacina, e isso foi aumentando o turismo no estado”, considera. Nos bares e restaurantes, o movimento ainda não é o mesmo do período anterior à pandemia. De acordo com Leandro Menezes, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Bahia (Abrasel-BA), a Bahia ficou para trás nessa recuperação. “Muitos estados já retornaram a esse patamar, mas aqui ainda não. A gente acreditava que com a retirada das máscaras isso viesse a acontecer, mas aí veio esse problema todo da segurança pública”, explica ao relembrar a série de arrastões a bares que aconteceram em Salvador nas últimas semanas. Além disso, Menezes considera que o setor ainda é bastante impactado por uma consequência da Covid-19: a crise econômica. Segundo ele, os donos de estabelecimentos precisam fazer um verdadeiro equilibrismo para não repassar todos os aumentos ao consumidor. “O empresário fica receoso de fazer o reajuste do seu cardápio como deveria, acompanhando a inflação”, pondera. Novos surtos - Se por um lado a Covid-19 parece ter dado uma trégua, por outro, novas viroses estão ressurgindo. O infectologista Robson Reis, no entanto, diz que não há motivo para a população se alarmar. Segundo ele, já era esperado que aumentasse a proliferação de vírus por transmissão respiratória. Além da retirada das máscaras, no período de outono inverno naturalmente há um crescimento no número de casos dessas doenças. Mas, em Salvador, a população também foi surpreendida pelo surgimento de novos casos de norovírus, que é um vírus intestinal. O norovírus possui transmissão orofecal, ou seja, a partir do contato direto ou indireto com fezes. “Por exemplo, uma pessoa que está com diarreia e não higieniza direito as mãos, ela acaba transmitindo aquele vírus”, explica Reis, que considera que a retirada da obrigatoriedade das máscaras também passou para a população uma sensação de segurança para se diminuir os cuidados gerais adquiridos com a pandemia, como o uso de álcool gel e higienização constante das mãos. Para o professor, a higienização das mãos poderia ter se tornado um legado da pandemia e preveniria a transmissão de outras doenças além da Covid-19. Com relação às máscaras, Robson Reis reconhece o estado atual de controle da pandemia. No dia 13 de abril, por exemplo, foram registrados 702 novos da doença. Já na última terça-feira, 306 novos casos da doença foram notificados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O infectologista, porém, pede que pessoas que sejam de grupos de risco ainda mantenham alguns cuidados.

  • Abastecimento de água sob gestão das Centrais de Associações são referência de política pública de saneamento rural

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    11/05/2022 - 12:51


    BAHIA

    -O abastecimento de água em comunidades rurais por meio das Centrais de Associações tem se mostrado como  alternativa para a gestão de água potável no meio rural baiano. A iniciativa financiada pelo Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, constitui-se uma referência para a criação de um modelo de política pública de saneamento rural. O diferencial deste modelo de gestão está nos usuários serem ao mesmo tempo beneficiários do serviço de abastecimento de água, e também responsáveis pela gestão do sistema, por meio da representação da associação local junto à Central. Com isso, o estado e o município podem expandir os serviços públicos de abastecimento de água na zona rural, obtendo melhoria da saúde, reduzindo as migrações das áreas rurais e propiciando infraestrutura para o desenvolvimento do interior, a partir da melhoria das condições de vida da população e do fortalecimento da comunidade local. O modelo permite ainda a elevação do grau de sustentabilidade da associação local e o seu aprimoramento associativo, auxiliando em alguns casos na formulação de outros projetos sociais e produtivos para a comunidade. Com a gestão das Centrais de Associações Comunitárias de Jacobina, Seabra e Caetité, já foram realizadas 16.888 novas ligações de água e 5.297 ligações recuperadas em 49 municípios, beneficiando 94.604 mil habitantes na zona rural, que passaram a ter água nas torneiras de suas casas. A meta é chegar a 23 mil ligações de água. Também foram contratados 227 novos sistemas de abastecimento e 2.544 módulos sanitários. A assessora de acompanhamento e monitoramento do Bahia Produtiva, Dora Cavalcanti, explica que os resultados do cenário de saneamento rural e da qualidade de vida das comunidades não podem ser sentidos em curto prazo. “É preciso mudança cultural, desde as administrações municipais e Centrais de Associações, até no comportamento das comunidades”. O Bahia Produtiva é projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). As ações são realizadas em parceria com a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) e a Central de Associações Comunitárias, responsável pela manutenção e operação do sistema. 

  • Bahia: Mãe mata filha de dois anos afogada em tanque de lavar roupa

    Foto: Aldo Matos |Acorda Cidade Foto: Aldo Matos |Acorda Cidade
    10/05/2022 - 17:25


    Policiais encontraram a criança sem sinais vitais, embaixo de um colchão

    BAHIA

    - Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana autuaram em flagrante, nesta terça-feira (10), uma mulher de 26 anos, suspeita de matar a filha, de um ano e nove meses. A bebê foi  afogada em um tanque de lavar roupas no quintal de casa, na Avenida Amaralina, em Feira. A mulher foi apresentada na especializada por uma guarnição da  Polícia Militar,  acionada para atender a ocorrência. No local do crime, os policiais encontraram a criança, embaixo de um colchão, sem sinais vitais e prenderam em flagrante a mãe da menina, que confessou o crime.

    Foto: Aldo Matos |Acorda Cidade
    Foto: Aldo Matos |Acorda Cidade

    A equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc) expediu as guias de remoção e de perícia. A mulher será encaminhada para realizar os exames de lesões corporais e permanecerá custodiada à disposição da Justiça. De acordo com o site Acorda Cidade, a acusada é usuária de drogas, tem 26 anos e há um tempo, os filhos estavam sendo cuidados por familiares. No entanto, ontem ela insistiu em levar a filha Raquel que estava na casa da avó materna, informando que iriam passear. A tia da criança, Rosenilda Oliveira Conceição disse ao Acorda Cidade que a avó da criança tentou impedir que a mulher levasse a menina, assim como outros familiares, mas ela insistiu na decisão.

  • Acidente mata 5 pessoas da mesma família em trecho da BA-220

    Foto: Reprodução | TV Sudoeste Foto: Reprodução | TV Sudoeste
    10/05/2022 - 09:30


    Colisão entre carro e caminhonete deixou ainda dois feridos

    BAHIA

    - Cinco pessoas de uma mesma família morreram em um acidente na BA-220, no trecho do município de Monte Santo, no nordeste do estado. A tragédia aconteceu no final da tarde dessa segunda-feira (9), próximo ao distrito de Pedra Vermelha, e deixou também outras duas pessoas feridas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo da família acabou derrapando e batendo de frente com uma caminhonete. Com o impacto, as vítimas morreram no local, antes do socorro chegar. As identidades deles não foram divulgadas. As outras duas vítimas que ficaram feridas estavam na caminhonete. Elas foram levadas para hospitais da região e não há detalhes sobre o estado de saúde delas. Segundo a polícia, as vítimas fatais moravam no Povoado de Bastião, Zona Rural de Monte Santo. Os corpos foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica e levados ao Instituto Médico Legal de Monte Santo.

  • Bahia registra 311 casos ativos de Covid-19 e mais 6 óbitos

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    06/05/2022 - 17:15


    BAHIA

    - O boletim epidemiológico desta sexta-feira (06) registra 311 casos ativos de Covid-19 na Bahia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 295 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,02%), 268 recuperados (+0,02%) e mais 6 óbitos. Dos 1.544.295 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.514.115 já são considerados recuperados e 29.869 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.857.579 casos descartados e 332.482 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia, 63.262 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Vacinação - Até o momento temos 11.501.512 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.631.397 com a segunda dose ou dose única, 5.548.257 com a dose de reforço e 50.784 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 900.667 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 389.811 já tomaram também a segunda dose.

  • Bahia: Mulher é presa por matar filho autista de 5 anos envenenado

    Foto: Divulgação | Policia Civil Foto: Divulgação | Policia Civil
    06/05/2022 - 09:00


    Outras duas mulheres também foram detidas por participação no crime. Trio responderá pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

    BAHIA

    - Uma mulher foi presa por envenenar e matar o próprio filho, de 5 anos, na cidade de Ibiquera, a cerca de 400 km de Salvador. O corpo da criança foi encontrado em uma cova rasa, na quinta-feira (5). Outras duas mulheres também foram presas por envolvimento no crime. A Polícia Civil, no entanto, ainda não detalhou a participação das duas no caso. O nome de nenhuma das investigadas foi divulgado, por causa da Lei de Abuso de Autoridade. De acordo com o G1, a vítima foi o Romério Sampaio Vaz. Testemunhas afirmam que o crime foi cometido porque a criança tinha transtorno do espetro autista. No entanto, a polícia ainda não confirmou essa motivação. Conforme os investigadores, depois de presa, a mãe do menino confessou o ato e levou os policiais ao local onde o corpo do garoto estava enterrado. As mulheres deverão responder pelos crimes de homicídio, destruição, subtração ou ocultação de cadáver. O caso é investigado pela Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Itaberaba.

  • Contas das prefeituras de Anagé, Cândido Sales e Tucano são rejeitadas

    Foto: Divulgação | TCM Foto: Divulgação | TCM
    05/05/2022 - 18:16


    Contas são relativas ao exercício de 2020 e foram consideradas irregulares

    BAHIA

    - O Tribunal de Contas do Município rejeitou, nesta quinta-feira (5), as contas de três cidades: Anagé, da responsabilidade de Elen Zite Pereira dos Santos; de Cândido Sales, Elaine Pontes de Oliveira; e de Tucano, Luiz Sérgio Soares de Souza Santos. Essas contas são relativas ao exercício de 2020 e foram consideradas irregulares em razão da ausência de recursos em caixa para pagamento das despesas com restos a pagar no último ano do mandato do gestor, o que, segundo TCM, viola o artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Após a aprovação dos votos, com os pareceres sugerindo a rejeição pelas câmaras de vereadores dessas contas, os conselheiros relatores apresentaram as Deliberações de Imputação de Débito – DID, propondo multa de R$1,5 mil (Anagé); R$3 mil (Cândido Sales); e R$7 mil (Tucano); pelas demais irregularidades apuradas durante as análises dos relatórios técnicos. Também foi determinada a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra os cinco gestores, para que seja apurada a ocorrência de crime contra as finanças públicas, nos termos do artigo 359-C do Código Penal. Cabe recurso às decisões.

  • Prazo acabou: veja o que acontece com quem não regularizou título

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    05/05/2022 - 09:00


    Possibilidade de regularização do documento eleitoral se encerrou na última quarta-feira (4)

    BAHIA

    - Se encerrou nesta quarta-feira (4) o prazo para regularização do título de eleitor. Até ontem, quem estava em dívida com a justiça eleitoral e tinha e teve o documento cancelado poderia procurar o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para regularizar a situação e reaver o documento, O prazo também era o mesmo para os jovens que ainda não tivessem tirado a 1ª via do documento. Quem vai completar 16 anos até o dia 2 de outubro, data do primeiro turno das eleições, podia tirar o documento e se habilitar para participar de sua primeira eleição. Em todos os casos, quem perdeu o prazo não poderá votar nas eleições de 2022. Esta, no entanto, não é a única consequência para aqueles que não compareceram ao TRE-BA.  Os não regularizados não poderão obter carteira de identidade e receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal. Inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado também não é possível. As consequências incluem, ainda, dificuldades na inscrição em instituições de ensino, na obtenção de empréstimo em instituições públicas e inviabilidade na hora de tirar passaporte. Quem perdeu o prazo também fica impossibilitado de participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias.

  • Bahia tem redução de 21% nos crimes contra a vida em abril

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    03/05/2022 - 08:00


    Estado alcança o sétimo mês de redução nos registros de mortes violentas

    BAHIA

    - Os chamados crimes contra a vida ou crimes violentos letais intencionais tiveram, na Bahia, uma redução de 21% no mês de abril, quando comparado ao mesmo período de 2021. O dado é da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), que contabilizou ainda 113 vidas preservadas nesse período. Os crimes contra a vida são homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Com esses índices de abril, a Bahia alcança o sétimo mês de redução nos registros de mortes violentas. Segundo a SSP, no acumulado entre 1º de janeiro a 30 de abril, também houve um decréscimo, desta vez de 12,5%, totalizando 250 ocorrências a menos que no mesmo período do ano anterior. Em abril, o destaque ficou para a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, que alcançou uma queda de 43,3%, seguida pelas Risps Oeste (40,9%), Baía de Todos os Santos (28,3%) e Sudoeste (21,1%). “Esse é um resultado dos esforços de todas as forças de segurança. Nosso objetivo é a preservação da vida dos baianos e ampliação, cada vez mais, da sensação de segurança para a população”, reafirmou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

  • Acelen anuncia redução no preço do gás de cozinha na Bahia

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    02/05/2022 - 08:30


    O botijão custava para o baiano, em média, R$ 107,84

    BAHIA

    - Os baianos vão ter um pequeno alívio nas despesas neste mês de maio. Isso porque, a partir desta segunda-feira (2), o preço do gás de cozinha terá uma redução. De acordo com o Sindicato de Revendedores de Gás da Bahia (Sindrevgás), o gás ficará entre R$ 4,00 a $ 5,00 mais barato. A medida faz parte da política Acelen de rever os preços praticados a cada dia 1° do mês, podendo haver aumento ou diminuição no valor.  Segundo o levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre os dias 24 e 30 de abril, o botijão na Bahia era vendido, em média, por R$ 107,84. O valor mais cara do produto no estado foi de R$ 150,00 e o mais barato foi encontrado por R$ 92,00. O gás de cozinha tem sido um dos vilões no orçamento das famílias brasileiras. Um levantamento realizado pela ANP mostrou que a média de preço nacional, atingiu, no mês de abril, o maior patamar do século ao custar R$ 109,31. O valor chegava a representar representa 9,4% do salário minínio, proporção mais elevada desde 2007, ano em que o gás R$33,06 e o salário minímo era R$350.

  • Prazo para emitir ou regularizar título termina nesta quarta-feira

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    02/05/2022 - 08:00


    Todos os procedimentos relativos ao título de eleitor podem ser feitos pela internet

    BAHIA

    - Quem quiser emitir ou regularizar o título de eleitor para votas nas eleições de 2022 tem até a próxima quarta-feira (4) para procurar o Tribunal Regional Eleitoral. Esse é o prazo legal para que a Justiça Eleitoral conclua o cadastro de todo o eleitorado apto a votar em outubro. O prazo é o mesmo para quem quiser transferir o domicílio eleitoral ou quiser incluir o nome social no título de eleitor. A data vale também para idosos e pessoas com mobilidade reduzidaque precisam solicitar a transferência do local de votação para uma seção acessível. Todos os procedimentos relativos ao título de eleitor, incluindo a emissão da primeira via do documento, podem ser realizados inteiramente online, sem a necessidade de sair de casa, por meio do Atendimento Online ao eleitor. Pela internet é possível, por exemplo, pagar multas eleitorais atrasadas e solicitar a revisão de dados no caso de título cancelados. De acordo com a Justiça Eleitoral, mais de 6 milhões de títulos foram cancelados de 2018 a 2021. Isso pode acontecer, por exemplo, quando o eleitor não comparece à votação nem justifica a ausência por três eleições consecutivas. Quem, no entanto, teve o título cancelado por ter faltado à revisão do eleitorado e à coleta de biometria em seu estado não precisa se preocupar. No mês passado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu os efeitos do cancelamento devido à continuidade da pandemia de covid-19. Dessa maneira, os eleitores nessa situação poderão votar normalmente em outubro. Para verificar e resolver pendências relativas ao título, o eleitor deverá ter em mãos documentos como cadastro de pessoa física. Em alguns casos é necessário tirar fotos de rosto e de documentos, entre eles RG e comprovante de residência, para solicitar determinados procedimentos. Todas as informações estão disponíveis no portal da Justiça Eleitoral. O prazo limite para emitir ou modificar informações relativas ao título de eleitor é decorrente da Lei das Eleições, que prevê o fechamento do cadastro eleitoral 150 dias antes do pleito. Neste ano, a data do fechamento é 5 de maio.

  • Bahia registra 363 casos ativos de Covid-19 e mais 7 óbitos

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    28/04/2022 - 17:30


    BAHIA

    - O boletim epidemiológico desta quinta-feira (28) registra 363 casos ativos de Covid-19 na Bahia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 304 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,02%), 305 recuperados (+0,02%) e mais 7 óbitos. Dos 1.542.401 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.512.183 já são considerados recuperados e 29.855 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.846.980 casos descartados e 332.311 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 63.203 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Vacinação - Até o momento temos 11.502.621 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.636.099 com a segunda dose ou dose única e 5.421.913 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 884.922 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 334.936 já tomaram também a segunda dose.

  • Universidades estaduais da Bahia descumprem sistema de cotas para professores negros, diz MP-BA

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    28/04/2022 - 16:03


    Determinação legal determina reserva de 30% da totalidade de vagas para candidatos negros

    BAHIA

    - O Ministério Publico estadual recomendou que as Universidades do Estado da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uesf), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e de Santa Cruz (Uesc) cumpram corretamente o sistema de cotas nos concursos para docentes, respeitando a determinação legal de reserva de 30% da totalidade de vagas para candidatos negros. No documento, expedido na quarta-feira (27), a promotora de Justiça Lívia Vaz, afirma que as universidades têm adotado uma sistemática de seleção de modo departamentalizado, fracionando as vagas por departamento, o que vem ocasionando uma “restrição indevida no número de vagas reservadas a candidatas e candidatos da população negra, o que desconsidera a totalidade de vagas previstas nos respectivos editais”. Segundo Lívia Vaz, a prática viola o Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa do Estado da Bahia, de 2014, que determina que a reserva de vagas para a população negra nos concursos públicos e processos seletivos para provimento de pessoal no âmbito da Administração Pública Direta e Indireta Estadual corresponda, no mínimo, a 30% das vagas a serem providas.

    “As normas fixam os limites das vagas oferecidas à população negra nos concursos públicos por cargo e não por disciplina a ser ministrada ou por localidade, sendo que tal departamentalização prevista nos editais constituem restrição ilegal a candidatas e candidatos negras e negros”, explicita a promotora de Justiça.

  • Urandi e outras 9 cidades enfrentam epidemia de dengue; 16 mortes já foram confirmadas

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    28/04/2022 - 12:00


    Mais de 14 mil casos foram registrados em 271 cidades baianas

    BAHIA

    - Com mais de 14 mil casos de dengue, a Bahia tem dez cidades enfrentando uma situação de epidemia da doença. Os municípios de Urandi, Coaraci, Floresta Azul, Potiraguá, Apuarema, Mirangaba, Caatiba, Santa Cruz da Vitória, Remanso e Oliveira dos Brejinhos foram categorizados pela Secretaria de Saúde do  Estado da Bahia como regiões de alto e altissimo risco para dengue e também chinkungunya e zika. De acordo com um levantamento realizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia (Divep/Sesab), as macrorregiões de saúde Sudoeste e Norte estão em alerta para situação epidêmica das três doenças. Até o fechamento do levantamento, no dia 23 de abril, foram notificados 24.500 casos das três arboviroses urbanas em todo o estado. Os 14.732 casos de dengue foram registrados em 271 municípios, 16 deles tiveram óbitos. No mesmo período, 9.290 casos de chikungunya foram registrados, um incremento de 19,6% em relação às notificações do mesmo período do ano passado. No total, 193 municípios notificaram casos, 49 deles com uma incidência de 100 casos para cada 100 mil habitantes. Não houve registro de óbito. Já os casos de zika tiveram um crescimento de 35,9%, com 557 notificações em 2022, contra 410 registradas no mesmo período de 2021. Até o momento, não foi confirmado óbito para zika, mas 69 municípios realizaram notificação sobre o crescimento no número de casos, 5 deles apresentaram incidência igual ou maior que 100 casos por 100 mil habitantes. A Divep está monitorando os possíveis surtos das arboviroses urbanas nas macrorregiões. Nos 10 municípios, a Sesab já autorizou a liberação do inseticida e UBV pesado, bem como tem providenciado manter o abastecimento de inseticidas nos núcleos regionais.