BUSCA PELA CATEGORIA "EDUCAÇÃO"

  • Câmara aprova perdão de até 99% de dívida do Fies e amplia rol de beneficiários

    Foto: Alan Marques | Folhapress Foto: Alan Marques | Folhapress
    18/05/2022 - 10:30


    O texto-base foi aprovado por 405 votos a 9

    EDUCAÇÃO

    - A Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira (17), a medida provisória que prevê desconto de até 99% na renegociação de dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para estudantes inscritos no CadÚnico ou beneficiados pelo auxílio emergencial. A MP abrange créditos contratados com o Fies até o segundo semestre de 2017. Para os estudantes que não se encaixam nas descrições acima, há a possibilidade de desconto de 77% do valor da dívida para alunos com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias. Além disso, o texto amplia o rol de beneficiários do programa e ainda cria um outro programa de regularização tributária das Santas Casas, os hospitais e as entidades beneficentes que atuem na área da saúde. Na Câmara, o texto foi aprovado por 405 votos a 9. Agora, a MP vai ao Senado e deve ser votada até 1º de junho.

  • Inscrições para o vestibular 2022 da Uesb terminam nesta segunda

    Foto: Reprodução  Foto: Reprodução
    16/05/2022 - 07:30


    Instituição oferece 1.264 vagas em 47 opções de cursos

    EDUCAÇÃO

    Quem quer concorrer a uma vaga na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) tem até essa segunda-feira (16) para fazer a inscrição. Para participar, o candidato deve se increver pela internet e efetuar o pagamento do boleto até a data de vencimento. As provas vão acontecer nos dias 5 e 6 de junho, nas cidades de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista, onde a Uesb possui campus. A instituição oferece 1.264 vagas em 47 opções de cursos. A seleção conta também com a reserva de vagas e cotas adicionais. Depois de quase dois anos de pandemia de Covid-19, a Uesb retoma a realização do Vestibular e abre o cronograma de seleções do estado, com novidades, como a realização das provas pelo Instituto Avalia e a oferta exclusiva de cursos pelo processo seletivo.

  • Bahia lança edital com 52 mil vagas para programa de monitoria estudantil na rede estadual

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    11/05/2022 - 14:00


    Cada monitor receberá bolsa de R$ 100 por mês, durante seis meses da vigência do programa

    EDUCAÇÃO

    - Um novo edital do programa Mais Estudo, do governo da Bahia, foi lançado nesta terça-feira (10), com a oferta de 52 mil vagas para que os estudantes da rede estadual de ensino possam dar monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica aos seus colegas. Cada monitor receberá uma bolsa de R$ 100 por mês, durante os seis meses da vigência do programa, para atuação no turno oposto ao qual está matriculado. As unidades escolares interessadas em participar do programa deverão atualizar os dados de cadastro no Sistema de Gestão do Mais Estudo, através deste link. Caberá às unidades escolares realizar o processo de seleção dos estudantes, no período de 16 a 27 de maio de 2022. Para estar apto a participar, o estudante deve estar regularmente matriculado no ano de 2022; possuir cadastro de Pessoal Física (CPF) devidamente regularizado; e ter obtido aproveitamento no componente curricular no qual pleiteia a monitoria, com média igual ou superior a 8, no ano anterior. Nas unidades escolares em que não haja alunos com nota média igual ou maior que 8 em número suficiente ao preenchimento das vagas disponibilizadas serão considerados elegíveis aqueles com nota média igual ou maior que 7. Toda a ação da monitoria será acompanhada por professores supervisores. Caberá a eles, dentre outras iniciativas, validar mensalmente os relatórios enviados pelos monitores no Sistema do Programa Mais Estudo, a partir do acompanhamento mensal.

  • Inscrições para Enem 2022 começam nesta terça-feira

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    09/05/2022 - 19:19


    Taxa para quem não conseguiu isenção é de R$ 85 e deve ser paga até 27 de maio

    EDUCAÇÃO

    - As incrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 começam nesta terça-feira (10) e vão até 21 de maio. Elas valem tanto para as versões impressa, como digital. A inscrição deve ser feita na página do participante do Enem. A taxa para quem não conseguiu isenção é de R$ 85 e deve ser paga até 27 de maio, por boleto, PIX e cartão de crédito. Quem conseguiu a isenção também deve se inscrever na prova. O candidato deve escolher, no ato da inscrição, se deseja que as cinco questões de língua estrangeira sejam em inglês ou em espanhol. Também precisa sinalizar se quer fazer o Enem impresso (tradicional) ou o digital.

  • Ensino médio da Bahia tem índice abaixo da meta pelo sexto ano

    Foto: Reprodução  Foto: Reprodução
    09/05/2022 - 07:00


    Avaliação é realizada pelas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)

    EDUCAÇÃO

    - A avaliação do ensino médio baiano ficou, pela sexta vez, abaixo da meta estabelecida pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O índice estabelece uma média para avaliar o ensino que varia de zero a dez e apresenta metas para as unidades da federação e municípios brasileiros, de acordo com a realidade de cada um. Na Bahia, a nota alcançada pelo Indíce, publicado a cada dois anos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi de 3,2 quando a meta estabelecida era 4,5. A  última vez que a Bahia atingiu a meta foi em 2011, quando alcançou uma média 3 no Ideb. Desde lá, o número oscilou negativamente, até fechar em 2019 com 3,2. Um novo resultado deve ser divulgado este ano. Além da Bahia, o estado divide a última colocação com o Amapá, Pará e o Rio Grande do Norte. Antes disso, em 2017, o ensino médio baiano era isoladamente o pior do Brasil, com uma média de 2,7. Nos anos finais do Ensino Fundamental, a Bahia ocupa o penúltimo lugar no ranking, ao lado de Sergipe, Rio Grande do Norte e Pará, com uma nota de 4,1. A avaliação está abaixo do planejamento estadual, de 4,5. A pior média foi do Amapá, de 4,0, e somente sete estados conseguiram alcançar o objetivo. 

  • Governo autoriza concursos com 286 vagas para universidades estaduais baianas

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    15/04/2022 - 10:00


    As vagas para professores auxiliares e assistentes serão preenchidas na Uneb, Uefs, Uesb e Uesc

    EDUCAÇÃO

    - O governo publicou no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (15) a autorização para a realização de concursos públicos com 286 vagas para professores em quatro universidades estaduais da Bahia. Serão oferecidas vagas para as classes de professores auxiliares e assistentes, com regimes de 20 e 40 horas, distribuídas entre a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). As vagas são divididas em 161 para professor auxiliar e 125 para assistente. Desse total, o maior contingente – 134 professores auxiliares – será direcionado para a Uneb; enquanto para a Uesb estão previstos 89 profissionais, sendo 21 auxiliares e 68 assistentes. A Uesc, por sua vez, irá contar com 49 professores novos, sendo quatro auxiliares e 45 assistentes. As 14 vagas para docentes da Uefs serão divididas em duas para professor auxiliar e 12 para assistente. O governo prepara ainda as convocações dos 47 candidatos aprovados – 15 auxiliares e 32 assistentes – em concurso realizado em 2018, para atuar na Uesc e Uefs.

  • Pedido de isenção em taxa de inscrição para Enem 2022 começa nesta segunda

    Foto: Reprodução  Foto: Reprodução
    04/04/2022 - 09:00


    Neste mesmo período, os estudantes que faltaram ao exame no ano passado devem justificar o motivo da ausência

    EDUCAÇÃO

    - Os interessados em realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que se encaixem nos critérios para a isenção da taxa de inscrição, podem solicitar o benefício a partir desta segunda-feira (4). O estudante tem até o dia 15 de abril, às 23h59, para realizar a solicitação. O procedimento deve ser feito na Página do Participante. Os candidatos que podem solicitar a isenção devem atender aos seguintes critérios: Está cursando a última série do Ensino Médio em 2022 na rede pública; Cursou todo o Ensino Médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada; Tem renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (R$ 1.820); Declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, através do CadÚnico. Neste mesmo período, os estudantes que faltaram ao exame no ano passado devem justificar o motivo da ausência. O participante que quer a isenção, mas não compareceu aos dois dias do Enem, deve enviar documentos que comprovem o porquê da falta. O resultado da solicitação de isenção e da justificativa de ausência serão divulgados em 22 de abril. Caso o pedido não seja aceito, o estudante pode socilitar recurso entre 25 e 29 do mesmo mês, com retorno divulgado em 6 de maio.

  • Ministério da Educação apresenta novo formato do Enem a partir de 2024; confira

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    18/03/2022 - 08:00


    No segundo dia, o exame irá abarcar os conhecimentos que fazem parte da escolha do aluno na nova grade do Ensino Médio

    EDUCAÇÃO

    - O Ministério da Educação (MEC) apresentou na quinta-feira (17) os detalhes de como será realizado o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As mudanças são válidas a partir de 2024 e visam suprir as alterações criadas pelo novo Ensino Médio, que começou a ser aplicado neste ano. O exame continuará dividido em duas etapas. A primeira, realizada em um dia, é composto pela prova de redação e por questões interdisciplinares, tendo como referência a Base Nacional Comum Curricular. Essa primeira prova será a mesma para todos os alunos. No segundo dia, o exame irá abarcar os conhecimentos que fazem parte da escolha do aluno na nova grade do Ensino Médio. Ou seja, o estudante deverá escolher entre um dos blocos abaixo durante o seu momento de inscrição na prova. Bloco I – Linguagens e Suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Bloco II – Matemática e Suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Bloco III – Matemática e Suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Bloco IV – Ciências da Natureza e Suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Com relação ao formato das questões, o MEC afirmou que caberá ao Inep montá-las e decidir quais formatos serão utilizados. Atualmente, a prova é composta apenas por questões de múltipla escolha. A expectativa é que este novo Enem conte também com questões dissertativas.

  • Senado aprova texto que prevê pagamento de professores com dinheiro de precatórios

    Foto: Waldemir Barreto | Agência Senado Foto: Waldemir Barreto | Agência Senado
    Por Leilane Teixeira

    16/03/2022 - 19:15


    Proposta segue para a sanção presidencial

    EDUCAÇÃO

    - O Senado aprovou nesta quarta-feira (16) o projeto que autoriza o pagamento de professores da educação básica da rede pública com dinheiro de precatórios de fundos educacionais. A proposta segue para a sanção presidencial. Precatórios são dívidas do poder público reconhecidas pela Justiça. Pelo projeto, os recursos terão origem em precatórios devidos ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e ao extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). O texto foi aprovado pela Câmara em novembro de 2021, no contexto da votação da chamada PEC dos Precatórios – medida que, entre outros pontos, limitou o pagamento dos débitos judiciais para dar espaço à ampliação do Auxílio Brasil.

  • Prazo para inscrição do Fies termina nesta terça

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    15/03/2022 - 09:00


    Resultado da primeira chamada deve ser divulgado até o próximo dia 18

    EDUCAÇÃO

    - Quem deseja se inscrever para o primeiro processo seletivo de 2022 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) tem até às 23h59 desta terça-feira (15) para finalizar o processo de inscrição. A data do resultado da chamada regular que, anteriormente, seria divulgada nesta terça-feira (15) também, mudou. O resultado será publicado no dia 18 de março, no portal Acesso Único. “O MEC [Ministério da Educação] decidiu ampliar o prazo após identificar lentidão e interrupções pontuais na performance da solução tecnológica, durante poucos minutos, no sistema eletrônico de inscrição. A instabilidade, ocorrida apenas no final da noite do último prazo previsto para inscrição, que seria no dia 11, foi pontual, tanto que somente foi percebida por quem acessava o sistema, no horário próximo do encerramento do prazo de inscrição”, justificou a pasta. Os requisitos para concorrer a uma vaga são ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos, além de não ter zerado a redação. Novo cronograma do Fies: Dia 15 de março – último dia para inscrição; Dia 18 de março– resultado da chamada única e lista de espera; De 21 a 23 de março – prazo para complementação das inscrições dos pré-selecionados na chamada regular; De 24 de março a 4 de maio - prazo para convocação dos pré-selecionados por meio da lista de espera.

  • Primeira chamada do Prouni terá resultado divulgado nesta quarta

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    02/03/2022 - 08:00


    Programa oferece bolsas integrais ou parciais a alunos de baixa renda

    EDUCAÇÃO

    - Será divulgado nesta quarta-feira (2) o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para todos (Prouni). O Prouni oferece bolsas de estudo integrais ou parciais (50%) em faculdades particulares a estudantes de baixa renda. Para ter acesso à bolsa integral é preciso seguir alguns requisitos. O estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser até três salários mínimos por pessoa. É necessário também que o interessado tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada com bolsa integral ou parcial. Diferente de edições anteriores, este ano, a pré-seleção dos estudantes inscritos no Prouni considere as duas últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingresso em cursos de graduação ou sequencial de formação específica. No Enem, o candidato deve ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não pode ter tirado 0 na redação. Até então, a regra em vigor era de que apenas a nota da última edição do Enem, aquela imediatamente anterior ao processo seletivo do Prouni, poderia ser utilizada pelos candidatos para entrar no programa.

  • Bahia é o quinto estado do país com mais vagas no Prouni; inscrições estão abertas

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    24/02/2022 - 12:12


    Estado tem mais de 17 mil vagas

    EDUCAÇÃO

    - A Bahia é o quinto estado com maior número de vagas pelo Programa Universidade para Todos (Prouni). No estado são 17.179 disponibilizadas em instituições privadas. As inscrições estão abertas desde terça-feira (22) no site e ficam disponíveis até sexta-feira (25). A primeira chamada será feita no dia 2 de março. Com o programa, é possível conseguir dois tipos de bolsas em faculdades particulares. O candidato pode obter a bolsa integral caso comprove renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo (R$ 1.818). Para a bolsa parcial, de 50% do valor da mensalidade, a renda mensal por pessoa deve ser de até três mínimos (R$ 3.636). Além disso, o candidato precisa se encaixar em uma dessas cinco categorias: ter cursado o ensino médio completo em escola pública; ter cursado o ensino médio completo em escola privada com bolsa integral; ter cursado parcialmente o ensino médio em escola da rede pública e parcialmente em particular, como bolsista integral; ser PCD (pessoa com deficiência; ou ser professor da rede pública de ensino no exercício da profissão. É preciso ter tirado ao menos 450 no Enem e não ter zerado a redação.   

  • Bahia é o quinto estado do país com mais vagas no Prouni; inscrições estão abertas

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    23/02/2022 - 08:00


    Estado tem mais de 17 mil vagas

    EDUCAÇÃO

    - A Bahia é o quinto estado com maior número de vagas pelo Programa Universidade para Todos (Prouni). No estado são 17.179 disponibilizadas em instituições privadas. As inscrições estão abertas desde terça-feira (22) no site e ficam disponíveis até sexta-feira (25). A primeira chamada será feita no dia 2 de março. Com o programa, é possível conseguir dois tipos de bolsas em faculdades particulares. O candidato pode obter a bolsa integral caso comprove renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo (R$ 1.818). Para a bolsa parcial, de 50% do valor da mensalidade, a renda mensal por pessoa deve ser de até três mínimos (R$ 3.636). Além disso, o candidato precisa se encaixar em uma dessas cinco categorias: ter cursado o ensino médio completo em escola pública; ter cursado o ensino médio completo em escola privada com bolsa integral; ter cursado parcialmente o ensino médio em escola da rede pública e parcialmente em particular, como bolsista integral; ser PCD (pessoa com deficiência; ou ser professor da rede pública de ensino no exercício da profissão. É preciso ter tirado ao menos 450 no Enem e não ter zerado a redação.

  • Escolas da rede municipal podem receber cerca de 44 mil novos alunos em 2022

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    15/02/2022 - 13:00


    Quase 50% deste número é de alunos que migraram de escolas da rede privada em razão da crise causada pela pandemia

    EDUCAÇÃO

    - A volta às aulas 100% presenciais que aconteceu na rede municipal de educação no último dia 3 trouxe entre as novidades uma grande quantidade de novos alunos. Ao todo, a rede de educação de responsabilidade de Salvador recebeu cerca de 44 mil novos alunos. Deste total, cerca de 20 mil crianças precisaram migrar de escolas privadas para a rede pública em 2022. O principal motivo da mudança está na crise financeira enfrentada por diversas famílias por conta da pandemia. Além dos alunos que mudaram de escola, outras 24 mil crianças compõe um cadastro realizado pela prefeitura antes da matrícula, no final do ano passado. A intenção era entender  quantas crianças de 2 a 5 anos, que estão fora da escola, pretendem ingressar na rede, em 2022. Segundo dados da prefeitura, até a sexta-feira (11), haviam 142 mil crianças matriculadas na rede municipal e 20 mil vagas em aberto. O aumento de novos alunos fez com que o déficit de vagas nas séries iniciais triplicasse. O programa Pé na Escola – através do qual a prefeitura compra vagas em instituições particulares e oferece para alunos matriculados na rede pública, como forma de atender a demanda, saltou de 5 mil, em 2020, para 12,5 mil, em 2021, e para 15 mil, em 2022. 

  • Estudantes podem usar resultado do Enem para concorrer a vaga universitária a partir desta terça

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    15/02/2022 - 08:00


    Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre as inscrições que vão até sexta-feira (18)

    EDUCAÇÃO

    - Abrem nesta terça-feira (15) as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que oferta vagas em universidades de todo país. A seleção, que vai até às 23h59 da próxima sexta-feira (18) oferta, na Bahia oportunidades de estudos em 10 instituições de ensino diferentes. Em todo o país são cerca de 222 mil vagas sendo 84% ofertadas pelas instituições federais. Ao todo são 6.146 cursos e 125 instituições que o usam o Sisu para selecionar seus alunos.  O resultado será divulgado no dia 22 e as matrículas nas faculdades podem ser feitas entre 23 de fevereiro e 8 de março, conforme o calendário de cada uma delas. Analisando os números regionais, a Bahia é o segundo estado em número de vagas ofertadas e fica atrás apenas de Minas Gerais. No ranking de universidades com o maior número de oportunidades abertas  a Universidade Federal da Bahia (Ufba) é a 10ª colocada. Um pouco atrás, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) aparece em 13º lugar. Os 10 cursos com as maiores ofertas de vagas são, nesta ordem: Pedagogia, Administração, Ciências Biológicas, Matemática, Direito, Química, Física, Agronomia, Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia e Engenharia Civil.

  • Escolas poderão adotar ensino remoto diante de nova alta de casos, diz CNE

    Foto: Divulgação | GOV/BA Foto: Divulgação | GOV/BA
    30/01/2022 - 13:00


    A medida vale para as instituições de ensino de todo país

    EDUCAÇÃO

    - As escolas públicas e particulares poderão oferecer aulas remotas, híbridas ou gravadas durante o ano letivo de 2022. A decisão é do Conselho Nacional de Educação (CNE) diante dos impactos da terceira onda da pandemia do coronavírus no Brasil. A medida vale para as instituições de ensino de todo país, mas apenas para casos excepcionais, como surto em sala de aula ou estudantes em quarentena se recuperando da doença. Ou seja, se a criança ou adolescente não se enquadrar em alguma situação acima, precisa frequentar o colégio. Antes dessa decisão, os estabelecimentos educacionais não tinham respaldo legal para oferecer atividades à distância como modalidade de ensino neste ano, já que a Lei nº 14.040, de 2020, dava validade aos conteúdos remotos apenas até dezembro do ano passado. De acordo com uma nota publicada pelo CNE, o retorno presencial deve ser a prioridade, mas os centros educacionais poderão adotar providências e modelos do ensino a distância, temporariamente, durante períodos de crise sanitária. Segundo o Conselho, as escolas estão autorizadas a retomar aulas remotas exclusivamente em casos de surtos ou de decretos governamentais determinando a suspensão das atividades presenciais.

  • Matrícula da rede estadual começa nesta segunda-feira e pode ser feita online

    Foto: Reprodução | GOV/BA Foto: Reprodução | GOV/BA
    24/01/2022 - 08:00


    O primeiro dia será destinado para Pessoas com Deficiência (PcD); calendário segue nos próximos dias da semana; comprovante de vacinação é exigido

    EDUCAÇÃO

    - As matrículas da rede estadual para o ano letivo de 2022, na Bahia, podem ser realizadas a partir desta segunda-feira (24). Os estudantes podem garantir a vaga de forma online, pelo portal da Educação, e também em qualquer escola da rede, independente de ser a que o aluno quer estudar. O primeiro dia será destinado para Pessoas com Deficiência (PcD), que podem realizar via internet ou em qualquer unidade escolar da rede estadual. No dia 25 de janeiro, o estudante da rede estadual que pretende se transferir para outra unidade escolar da rede estadual, quando for do seu próprio interesse ou em razão de ausência da série na unidade escolar a qual concluiu o ano letivo 2021, deverá solicitar a sua transferência diretamente na unidade escolar em que estava matriculado. O calendário de matrícula segue nos dias 26 e 27 de janeiro para os concluintes do 5º ano ou 9º ano do Ensino Fundamental oriundos apenas da rede municipal de ensino. A matrícula poderá ser realizada pelo próprio estudante, caso seja maior de 16 anos de idade, ou pelo responsável legal, preferencialmente via internet ou em qualquer unidade escolar da rede estadual. No dia 28 de janeiro, a matrícula será destinada para o ingresso do candidato em unidade escolar da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Fundamental, sem distinção da rede de ensino de origem. Já no período de 31 de janeiro e 1º de fevereiro poderá ser efetuada a matrícula do estudante que deseja ingressar em uma unidade escolar da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Médio. Nestes três dias, a matrícula também poderá ser feita através da internet ou em qualquer unidade escolar da rede estadual.

  • Rede estadual de ensino abre matrícula na próxima segunda

    Foto: Reprodução | GOV/BA Foto: Reprodução | GOV/BA
    19/01/2022 - 13:30


    Confirmação da matrícula acontecerá mediante a entrega da documentação solicitada; confira

    EDUCAÇÃO

    - A matrícula na rede estadual de ensino vai ter início na próxima segunda-feira (24) e segue até o dia 1º de fevereiro. A confirmação da matrícula acontecerá mediante a entrega da documentação solicitada. São necessários os documentos: - via original e cópia legível do Cadastro de Pessoal Física (CPF); - via original e cópia da carteira de vacinação devidamente atualizada; - via original do histórico escolar; - via original e cópia legível da carteira de identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil; - via original e cópia legível do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura); - cópia legível do RG da própria mãe do estudante e ou do responsável legal; - cópia legível do CPF da própria mãe do estudante e ou do responsável legal. O cronograma de matrícula para o ano letivo 2022 pode ser conferido aqui. O primeiro dia será destinado para Pessoas com Deficiência (PcD), que podem realizar via internet pelo Portal da Educação, ou em qualquer unidade escolar da rede estadual.

  • Aluna com deficiência rompe barreiras e se destaca na UniFG

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    21/12/2021 - 17:49


    No mês em que se é comemorado o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, Larice Pereira chama a atenção para a importância da inclusão e pluralidade dentro do ensino superior

    EDUCAÇÃO

    - Ingressar na faculdade é um momento de alegria e realização para centenas de alunos que iniciam seus estudos todos os anos nos cursos de graduação do Centro Universitário UniFG. Após uma jornada de muita dedicação durante a formação acadêmica, a história culmina na conquista do diploma e na satisfação e certeza de dever cumprido. Mas além das conquistas no curso, alguns estudantes dão o exemplo de que a superação pode ir além dos próprios limites físicos. São alunos que convivem com diferentes tipos de deficiências e, destacando-se nos estudos e no mercado de trabalho depois de formados, demonstram a importância de investir e tornar o ambiente acadêmico um espaço cada vez mais plural e inclusivo. Uma das muitas histórias como essa, dentro da UniFG, é a de Larice dos Santos Pereira. A jovem estudante de Enfermagem de 25 anos, que possui uma deficiência congênita que resultou na amputação das suas duas pernas, se apaixonou pela área após ter recebido um tratamento humanizado de uma equipe de Enfermagem quando fez as cirurgias de amputação, em 2010. Segundo ela, sentiu na pele a importância do trabalho desses profissionais. A escolha pela UniFG para fazer sua faculdade, conforme explica a estudante que já está na reta final do curso, se deu porque foi a Instituição da região que se mostrou mais preparada para oferecer o acolhimento, apoio e acessibilidade que tem direito. Larice explica que o apoio da UniFG, colaboradores, professores e colegas de curso foi primordial para sua adaptação no início da graduação. “Recebi os apoios que precisava e foi ficando tudo mais fácil. Fui me aperfeiçoando como pessoa e como estudante”, disse. A aluna de Enfermagem destaca, ainda, que a formação superior carrega o significado de vitória na sua vida. Ela também defende a importância de uma educação inclusiva, que oportunize as pessoas com deficiência ocuparem todos os espaços que lhes são de direito; sem que sejam considerados incapazes em comparação com um referencial definido como perfeito. “Não somos apenas pessoas com deficiência, mas, sim, pessoas com deficiência que se esforçam para superar os obstáculos e recebem o retorno desses esforços, mostrando que o nosso passo pode até ser de tartaruga, mas no final podemos chegar na linha de chegada antes da lebre”, finalizou Larice Pereira.

  • Bolsonaro edita MP e ProUni passa a aceitar ex-alunos de escolas privadas

    Foto: Reprodução      Foto: Reprodução
    08/12/2021 - 12:30


    Até então, só podiam concorrer os alunos que passaram os três anos do ensino médio em escolas da rede pública ou em escolas privadas como bolsistas integrais

    EDUCAÇÃO

    - Ao editar a Medida Provisória (MP) 1075/21, o presidente Jair Bolsonaro (PL) alterou a legislação do Programa Universidade para Todos (ProUni). A MP publicada na terça-feira (7), no Diário Oficial da União, amplia o acesso de ex-alunos de escolas privadas ao programa. O ProUni foi criado em 2005, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e visa integrar estudantes que obtiverem nota mínima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tenham renda familiar de até três salários-mínimos por pessoa. Com a nova Medida Provisória, estudantes do ensino médio privado que foram pagantes ou bolsistas parciais passam a ter acesso ao benefício. Até então, só podiam concorrer os alunos que passaram os três anos do ensino médio em escolas da rede pública ou em escolas privadas como bolsistas integrais. O Palácio do Planalto afirmou, por meio de nota, que as novas regras melhoram as políticas de inclusão na educação superior, diminuem a ociosidade na ocupação de vagas antes disponibilizadas e promovem a desburocratização.