BUSCA PELA CATEGORIA "CHAPADA DIAMANTINA"

  • Incêndios na Chapada são extintos, mas bombeiros continuam combates em cinco municípios da Bahia

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Adele Robichez

    17/10/2021 - 16:00


    Três cidades seguem com monitoramento de áreas combatidas anteriormente

    CHAPADA DIAMANTINA

    - A grande concentração de fogos florestais na Bahia, denominada de "temporada de incêndios", está mais amena, com um total de cinco focos ativos neste domingo (17). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-Ba), as chamas na região turística da Chapada Diamantina, onde a situação estava mais intensa, foram extintas. Mesmo com a redução, os agentes seguem atuando na Operação Florestal Bahia 2021. O efetivo permanece em três bases, dividas por regiões do estado: Oeste, Norte e Chapada Diamantina. Atualmente, continuam com necessidade de combate direto os incêndios florestais nas cidades de Barreias, Barra, Ibotirama, Wanderley,  e Miguel Calmon/Parque Sete Passagens. Nesta, a ação acontece com a confecção de aceiros. Na Barra, também ocorre o monitoramento das áreas combatidas anteriormente com o apoio de aeronaves, assim como em Ibotirama e Paratinga. Em Campo Alegre de Lourdes, o fogo foi extinto e a ocorrência finalizada.

  • Três incêndios florestais são extintos e bombeiros seguem combates na Bahia

    Foto: Reprodução | Dimitri Argollo Foto: Reprodução | Dimitri Argollo
    Por Maria Clara Andrade

    14/10/2021 - 10:00


    Trabalho segue em 11 municípios baianos

    CHAPADA DIAMANTINA

    - O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) continua combatendo os incêndios florestais em diversos municípios no interior do Estado. O efetivo permanece em três bases, localizados no Oeste, Chapada Diamantina e Norte do estado. A partir das bases, estão realizando os combates de forma direta, além dos monitoramentos aéreos, feitos por aeronaves e drones, aliado aos lançamentos de água feitos pelos aviões. Veja como estão os combates nos municípios baianos:  Macaúbas - As equipes continuam realizando o rescaldo e monitoramento com apoio das aeronaves. Itaguaçu da Bahia - O combate continua de forma direta com as equipes em solo, além do auxílio das aeronaves. Ibicoara - Incêndio extinto. Andaraí - Incêndio extinto. Livramento de Nossa Senhora - Incêndio extinto. Barreiras - A guarnição realiza o monitoramento na área. Riachão das Neves - Os bombeiros permanecem no combate direto, assim como o monitoramento das áreas combatidas em dias anteriores. Barra - A equipe realiza o combate direto e rescaldo dos pontos quentes com o apoio das aeronaves. Ibotirama - O monitoramento continua nos povoados de Barreiro, Lagoa, Morrinho, Povoado da Aldeia. Paratinga - Continua o monitoramento das áreas atingidas pelo incêndio. Cotegipe - A equipe continua realizando monitoramento e orientado a comunidade local. Buritirama - Os bombeiros continuam no monitoramento. Campo Alegre de Lourdes - Os bombeiros realizam o monitoramento por terra e o drone permanece realizando sobrevoos na região. Piauí - Os bombeiros do CBMBA dão apoio ao Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (CBMPI) e realizam o monitoramento e combatem possíveis novos focos.

  • Com noite chuvosa, incêndios na Chapada Diamantina são amenizados em diferentes pontos

    Foto: Reprodução     Foto: Reprodução
    Por Maria Clara Andrade

    13/10/2021 - 13:30


    Chuva foi a primeira em quase quatro meses na região

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Depois de sucessivos dias combatendo incêndios, na manhã desta quarta-feira (13), os brigadistas da cidade de Lençóis amanheceram sem nenhuma notícia de focos ativos. Marcelo Cardoso, presidente da Brigada Voluntária de Lençóis, afirma que a chuva da noite passada foi a primeira na região desde junho e ajudou a apagar as chamas. Além de Lençóis, outras cidades também foram agraciadas com a chuva. Em Mucugê, Palmeiras, Andaraí, Seabra e Ibicoara também foram registradas fortes pancadas de chuva, em alguns casos até com raios. A Bahia vem vivendo uma de suas piores 'temporadas de incêndios'. Na comunidade de Campo Redondo, no munícipio de Ibicoara, a brigadista Sabrina Simões fez de sua casa a base de combate ao fogo. "Já foram mais de 50 hectares queimados aqui na região, muitos bichos queimados e brigadistas que saíram machucados." O alívio da chuva para os brigadistas e moradores foi grande.

  • Fogo de dez metros de altura na Chapada é controlado, mas incêndios crescem na região

    Foto: Reprodução     Foto: Reprodução
    Por Adele Robichez

    12/10/2021 - 12:00


    Durante ação, um brigadista caiu de uma altura de quatro metros, mas foi socorrido e está bem

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Um incêndio com altura de chamas aproximada de dez metros, identificada nesta segunda-feira (11) em uma área de vegetação do Campo Redondo, em Ibicoara, na Chapada Diamantina, foi controlado na madrugada desta terça (12) por brigadistas voluntários. Durante a ação, um dos integrantes que atuava no combate ao fogo caiu de uma altura de quatro metros, mas foi socorrido e encaminhado a uma unidade de saúde. Ele está consciente e se sente bem. Segundo o brigadista Luan Sampaio, o incêndio foi controlado por volta das 4h, com a atuação de outros 40 colegas. Para chegar ao local, é necessária uma caminhada de 3h, por isso a equipe só voltou à base por volta das 7h. O local segue sendo monitorado, informou. Apesar do sucesso da operação contra a chama, Sampaio reforça que outros incêndios crescem na região turística da Chapada Diamantina, durante o período da “Temporada de Incêndios” na Bahia. Há focos ativos ainda na região do Buracão, que está queimando desde a última quinta-feira (7), nas proximidades do Riacho da Faca e do Tamanduá, e um “fogo gigantesco” na localidade do Novo Acre, no município de Iramaia. O brigadista estima que os dois fogos queimaram, juntos, uma área entre 500 e 600 hectares de mata.

  • Novo incêndio atinge Chapada Diamantina e brigadista clama por reforço: "fogo está fora de controle"

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Adele Robichez

    11/10/2021 - 15:00


    Chama com cerca de 10 metros de altura surgiu em mais uma área da região e está se espalhando rapidamente

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Em meio a uma temporada de incêndios na Bahia, um novo grande foco de fogo foi registrado na Chapada Diamantina nesta segunda-feira (11). As chamas, com cerca de 10 metros de altura, se espalham rapidamente pela vegetação de uma área do povoado do Campo Redondo, no município de Ibicoara, e preocupa nativos. De acordo com informações de um brigadista que atua na região, Luan Sampaio, o fogo está indo em direção à região conhecida como Escadinha. Sampaio, que está no local atuando no combate às chamas junto com outros 20 brigadistas voluntários, informa que o fogo está fora de controle e indica que há a necessidade urgente da ida de mais brigadas próximas à região, com disponibilidade para ajudar. "Estamos com voluntários, mas a gente não dá conta, principalmente porque estamos sem equipamentos, já que todas as brigadas estão voltadas para a região do Buracão, que está queimando desde a última quinta-feira, nas proximidades do Riacho da Faca e do Tamanduá", explica. O brigadista conta que as novas chamas estão grandes e se espalham em alta velocidade, devido aos fortes ventos na região. Ele também informa que o fogo está em contato com a mata, por isso tem muito material para combustão. Além dos brigadistas voluntários presentes no local, há a previsão da chegada de outros no turno noite. Sampaio reforça, porém, que é necessário um reforço durante o dia.

  • Bombeiros usam drones para conter fogo no norte do estado; Bahia tem 15 focos ativos no momento

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Maria Clara Andrade

    07/10/2021 - 15:00


    Incêndio acontece em Campo Alegre de Lourdes, ainda não foi possível dimensionar o tamanho da área atingida

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Mais um foco de incêndio é registrado na Bahia, dessa vez em Campo Alegre de Lourdes, no norte do estado. O combate acontece na localidade de Angico Dias, dois drones estão auxiliando a equipe de bombeiros para vistoriamento áereo. Só nesta quinta (7), o Corpo de Bombeiros (CBMBA) realiza combate a incêndios em 15 localidades do da Bahia. Este período já é conhecido como "temporada de incêndios" no estado, porém o CBMBA reconhece a maior intensidade das ocorrências neste ano. O tempo seco na região propícia o aparecimento de focos de incêndio nesta época, por isso, a recomendação é que o cuidado da população seja redobrado. "A gente faz preventivo todo o ano, conversando para que não acendam fogueiras, não queimem o terreno e caso aconteça um incêndio, damos orientação para o que pode ser feito", afirma o CBMBA. Até mesmo uma bituca de cigarro pode causar um incêndio em períodos como esse, reforça o Corpo de Bombeiros.

  • Com risco de contaminação por diesel, rio São João enfrenta também estiagem na Chapada Diamantina

    Foto: Reprodução     Foto: Reprodução
    Por Maria Clara Andrade

    07/10/2021 - 13:00


    População teme falta d'água com forte seca na região

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Após um caminhão, que transportava óleo diesel, tombar no Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina, moradores da comunidade de Campos do São João relatam preocupação com contaminação da água. Técnicos da seguradora da empresa responsável pelo transporte, além de integrantes do Ibama e do Inema estão fazendo vistorias para garantir que o diesel não atinja o lençol freático. No entanto, além deste risco, os moradores enfrentam também outro problema com o mesmo rio: a forte seca, que compromete o abastecimento da comunidade. Elzito Guimarães, presidente da Associação Comunitária e morador do distrito há mais de 40 anos, diz que a falta d'água tem impactado diretamente na rotina. A chegada de abastecimento por parte do governo deve demorar ainda três meses, até lá resta aos moradores conviver com a aflição.

  • Temporada de incêndios: novo foco é registrado na Chapada Diamantina

    Foto: Divulgação     Foto: Divulgação
    Por Kamille Martinho

    05/10/2021 - 17:00


    Chamas atingem região próxima à cidade de Andaraí

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Mais um incêndio florestal foi registrado na região da Chapada Diamantina nesta terça-feira (5). As chamas atingem uma área próxima à cidade de Andaraí. O novo foco integra uma temporada de fogos na Bahia, concentrado principalmente no Parque Nacional da Chapada, região turística do estado. O combate aos focos de incêndio no interior baiano segue acontecendo e equipes do Corpo de Bombeiros realizam os trabalhos em treze municípios no estado. Conforme um boletim do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), divulgado na útlima sexta-feira (1º), os satélites identificaram 74 focos de calor em todo o estado.

  • Bombeiros continuam combate a incêndios florestais na Chapada Diamantina e oeste da Bahia

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Geovana Oliveira

    01/10/2021 - 15:30


    Em Ibotirama, equipe identificou um novo foco na Aldeia dos Índios

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Os bombeiros continuam o combate a incêndios florestais na Bahia nesta sexta-feira (1º). Apesar de o número de focos de incêndios ter diminuído em relação aos primeiros dias da semana, novos focos continuam sendo identificados. Em Ibotirama, no oeste da Bahia, os bombeiros percorreram as áreas atingidas e identificaram um novo foco na Aldeia dos Índios. Já o combate na região do Cercado também continua. Em Macaúbas, na Chapada Diamantina, foram identificados três novos focos de incêndio. Como a área é bastante íngreme, o acesso é mais difícil, de acordo com a Companhia de Bombeiros Militares da Bahia (CPMB). Os bombeiros também atuam na Eólica de Uibaí, com o apoio de dois aviões e dos brigadistas. As equipes estão sendo divididas em dois grupos de trabalho. Em algumas áreas o fogo foi extinto e em outras o monitoramento está sendo realizado através do resfriamento com mochilas costais e dos lançamentos de água com os aviões. Já em Barreiras, no povoado Vau Novo a guarnição atua através do combate indireto com a formação de aceiros ao redor da área atingida pelo incêndio com o apoio de dois aviões. Em outros municípios, como Luís Eduardo Magalhães, Riachão das Neves, Barra, Formosa do Rio Preto e Aroeiras, está sendo realizado monitoramento. Por volta das 2h desta sexta, os bombeiros encerraram o combate ao incêndio florestal que atingiu as proximidades da Pousada Pai Inácio. 

  • Caminhão tomba na serra do Pai Inácio e despeja diesel próximo a rio

    Foto: Reprodução | Redes Sociais Foto: Reprodução | Redes Sociais
    Por Juliana Rodrigues

    01/10/2021 - 08:00


    Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (1º)

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Um caminhão tombou na serra do Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina, e acabou despejando óleo diesel em um rio da região. Um motorista que passava pelo local filmou o derramamento de óleo, direto nas águas do rio. No vídeo, a testemunha ainda alerta para a possibilidade de o vazamento de combustível causar uma explosão que pode vir a queimar toda vegetação da região e criar mais um foco de incêndio. A região da Chapada Diamantina é uma das mais atingidas pelas queimadas florestais que atingem o estado da Bahia há cerca de um mês. 

  • Incêndio consome cerca de 800 hectares do Parque Nacional da Chapada Diamantina, diz ICMBio

    Foto: Divulgação | ICMBio Foto: Divulgação | ICMBio
    30/09/2021 - 21:19


    Incêndio ocorre entre as localidades de Gerais do Vieira e Calixto, próximo das trilhas que dão acesso ao Vale do Pati, pela localidade do Capão

    CHAPADA DIAMANTINA

    - O Parque Nacional da Chapada Diamantina está sendo atingido por um incêndio que já queimou cerca de 800 hectares de vegetação do local, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Ainda segundo o ICMBio, as queimadas estão entre as localidades de Gerais do Vieira e Calixto, próximo das trilhas que dão acesso ao Vale do Pati, pela localidade do Capão. Conforme a TV Bahia, cerca de 56 pessoas, entre bombeiros e brigadistas, seguem no combate ao incêndio. Além disso, 148 focos de calor foram registrados nesta quinta-feira (30) na Bahia, de acordo com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

  • Brigadistas passam noite no combate a incêndio na Chapada

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Kamille Martinho

    21/09/2021 - 10:00


    Novo foco de incêndio atingiu a região de Lençóis e Mucugê

    CHAPADA DIAMANTINA

    - O fogo que atingiu a Chapada Diamantina desde a tarde de segunda-feira (20) ainda segue sendo combatido. Brigadistas precisaram atuar durante toda a noite para tentar controlar o fogo que atinge a região das cidades de Lençóis e Mucugê. Em imagens enviadas por leitores ao Metro1, é possível ver o trabalho de combate realizado pelos brigadistas. Nesta segunda-feira (20), mais uma área de mata foi atingida por chamas. O novo foco foi observado no início da rodovia BA-142, entre Mucugê e Lençóis. O estado enfrenta uma temporada de incêndios, com outros nove pontos monitorados atualmente pelo Corpo de Bombeiros. Com o tempo muito seco e sem ventos, o fogo atingiu uma área grande da mata da região da Chapada, zona turística. Espaços devastados, com cinzas, perderam as vegetações antes presentes no local, e uma fumaça, causada pelas queimadas, se espalham pela região.

  • Chapada Diamantina tem novo foco de incêndio e brigadistas tentam conter chamas

    Foto: Reprodução | Redes Sociais Foto: Reprodução | Redes Sociais
    Por Geovana Oliveira

    17/09/2021 - 06:00


    No momento, ao menos outras cinco áreas de vegetação na Bahia apresentam queimadas

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Um novo foco de incêndio foi iniciado na região de Lençóis, na Chapada Diamantina. Um vídeo compartilhado por brigadistas voluntários mostra o fogo se espalhando por uma plantação de eucalipto. De acordo com um dos brigadistas, o foco é em uma fazenda próxima a Riachãozinho, na zona rural de Lençóis. Os bombeiros foram acionados e se encaminham para o local. Os brigadistas também já se organizam para ajudar a combater o incêndio no foco. No momento, ao menos outras cinco áreas de vegetação na Bahia apresentam queimadas. O mês de setembro, mais seco, é favorável para os incêndios no estado.

  • Bombeiros seguem combatendo incêndio na Chapada

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Adele Robichez

    15/09/2021 - 13:00


    Outros sete focos de incêndio são combatidos e monitorados no estado

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Equipes do Corpo de Bombeiros seguem combatendo incêndio florestal na Chapada de Diamantina. A equipe que atua na Chapada é composta por oito bombeiros especialistas em combates nas florestas. Um foco de incêndio próximo ao Morro do Pai Inácio foi controlado há cerca de cinco dias, mas a vegetação intensificou os riscos de novos focos. O novo foco é combatido em área próximo a uma fazenda. Além do trabalho na Chapada, equipes dos bombeiros atuam em outros seis pontos de incêndio no estado. Em Luís Eduardo Magalhães o incêndio próximo ao Recanto da Arueira, 18 bombeiros estão atuando e um caminhão pipa foi cedido pela prefeitura da cidade para dar apoio aos bombeiros. Já em Barreiras o foco na Serra da Bandeira está sendo monitorado. Focos também são controlados nos municípios de Morpará, Oliveira dos Brejinhos e Baianópolis. Os bombeiros baianos ainda dão apoio a equipes do Piaui em incêndio no município de São Raimundo Nonato.

  • Vegetação seca e queimadas intensificam riscos de novos focos de incêndios na Chapada Diamantina

    Foto: Reprodução | Dimitri Cerqueira Foto: Reprodução | Dimitri Cerqueira
    Por Luciane Freire

    14/09/2021 - 08:00


    Setembro é também o período que tradicionalmente agricultores e criadores de animais utilizam para fazer limpeza com fogo

    CHAPADA DIAMANTINA

    - O mês de setembro é o período mais crítico do ano para incêndios na Chapada Diamantina. Com clima seco, baixíssima umidade relativa do ar e ainda o vento, o fogo se espalha mais rápido na vegetação. Com isso, brigadistas voluntários e gestores da região têm atuado contra o tradicional uso do fogo para a limpeza entre agricultores. O secretário do Meio Ambiente de Mucugê, José Ernesto, afirma que setembro é também o período que tradicionalmente agricultores e criadores de animais utilizam para fazer limpeza com fogo. "Aqui em Mucugê temos atuante uma instituição de organização social: Brigada Marchas e Combates. Temos buscado meios de fortalecer esta iniciativa, pelo fato de estarem regular, atuantes e motivados, além do que tem capital humano (pessoas capacitadas) e capital material (alguns equipamentos)", afirma sobre os brigadistas voluntários. O secretário de Turismo de Ibicoara, Luan Sampaio, também reforça a atuação dos brigadistas e diz que faltam EPIs para que possam continuar auxiliando no combate aos incêndios na Chapada. Cansados com as queimadas constantes, os voluntários pedem maior conscientização no uso do fogo durante esse período. "Esses seis meses, de setembro a março, é período já recorrente de fogo. E teve um decreto, até o final de dezembro proibindo as queimadas, qualquer tipo de queimada só deve ser feita com a autorização do Inema. Porém, como o fogo para a limpeza é cultural, os mais antigos e até os jovens acabam fazendo isso", explica Sampaio. Em Ibicoara, estão desenvolvendo um projeto para a prevenção dos incêndios, com educação ambiental. "Começa no domingo um curso de capacitação de combate a incêndio nas Zonas Rurais com a associação Bicho do Mato", diz.

  • Incêndio próximo ao Morro do Pai Inácio, na Chapada, foi controlado, dizem bombeiros

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Gabriel Amorim

    11/09/2021 - 15:00


    Equipes agora atuam para identificar possíveis novos focos

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Bombeiros conseguiram controlar o incêndio que atingia uma rodovia nas proximidades do Morro do Pai Inácio, na Capada Diamantina. Segundo a assessoria da corporação divulgou na manhã deste sábado (11), um orquidário da região também foi preservado. Agora, os militares estão percorrendo toda área de vegetação atingida para identificar possíveis novos focos. Ainda não se sabe oficialmente o que pode ter provocado o incidente, que já durava ao menos dois dias. As equipes envolvidas são especialistas em prevenção e combate a incêndios florestais. Dois aviões modelo Air Tractor reforçavam os trabalhos. A ação contou com o apoio de brigadistas voluntários, de representantes do ICMBio e da comunidade local. "Esse apoio foi muito importante e conseguimos controlar o incêndio rápido, preservando áreas fundamentais para a natureza", explicou o major Márcio Jansen, do Corpo de Bombeiros. Os agentes recomendam que a população não realize queimas, já que o fogo pode sair do controle de forma rápida e atingir outras áreas. Além disso, os incêndios florestais prejudicam a fauna, a flora e podem atingir propriedades e a comunidade local.

  • Aviões reforçam combate a incêndio florestal que já dura 2 dias na Chapada Diamantina

    Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros
    Por Gabriel Amorim

    11/09/2021 - 09:00


    Ainda não se sabe oficialmente o que pode ter provocado as queimadas

    CHAPADA DIAMANTINA

    - Bombeiros e brigadistas do ICMBio retomaram na manhã deste sábado (11) a ação de combate a um incêndio que já dura pelo menos dois dias em uma rodovia próxima ao Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina. Dois aviões modelo Air Tractor atuarão na tentativa de conter as chamas. Até o momento, as equipes conseguiram proteger um orquidário que fica na região. Nesta sexta (10), o fogo avançava em direção ao Pai Inácio, mas foi controlado. Agora, os agentes trabalham para que o incêndio não se alastre e chegue ao Morro dos Brejões. Ainda não se sabe oficialmente o que provocou as queimadas. Durante o combate, os militares também orientam os moradores do entorno sobre como evitar incêndios florestais. Dentre as recomendações, pedem que a população não faça queimas em pastos, por exemplo, já que o fogo pode sair do controle de forma rápida e atingir outras áreas.

  • Incêndio avança no morro do Pai Inácio e desespera moradores na cidade de Lençóis

    Foto: Reprodução | Redes Sociais Foto: Reprodução | Redes Sociais
    Por Luciane Freire

    10/09/2021 - 16:00


    CHAPADA DIAMANTINA

    - O incêndio que atinge parte da área de vegetação da Chapada Diamantina, próximo ao Morro do Pai Inácio, se alastra rapidamente para o orquidário. Segundo informações do site Metro1, as chamas estão altas e há muita fumaça. A rapidez das chamas em tomarem o local assusta aqueles que estão no posto Pai Inácio. Cinco brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) estão no local, e oito bombeiros estão a caminho. O município de Palmeiras vai enviar um caminhão pipa para o local.

  • Fogo alto em serra preocupa moradores de região da Chapada Diamantina

    Foto: Reprodução | Metro 1 Foto: Reprodução | Metro 1
    Por Adele Robichez

    06/09/2021 - 14:00


    CHAPADA DIAMANTINA

    - Um incêndio de em ascensão está preocupando moradores da Chapada Diamantina. Segundo relatos, alguém teria colocado fogo em uma área de Iraquara, próximo ao Vale do Cercado, nesta segunda-feira (6) e há o risco de que ele se espalhe por outras áreas. “Botaram fogo há poucos minutos aqui nesse vale e o fogo está grande cada vez mais crescendo porque está ventando muito e está muito quente”, denunciou um leitor ao site Metro1 de Salvador. Há um grupo de moradores da região onde a situação está sendo discutida com receio do que pode acontecer. Segundo uma integrante do grupo, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-Ba) já foi comunicado sobre o fogo.

  • Chapada: PRF apreende 10,2 mil unidades de whisky e vodka com nota fical falsificada

    Foto: Divulgação | PRF Foto: Divulgação | PRF
    Por Gabriel Amorim

    05/09/2021 - 18:30


    Ao todo, foram apreendidos 1.800 unidades de whisky e 8.400 unidades de vodka sem comprovação legal

    CHAPADA DIAMANTINA

    - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) aprendeu uma carga ilegal de bebidas alcóolicas em um caminhão conduzido por um homem de 26 anps em Seabra, na região da Chapada Diamantina, na Bahia. A ação ocorreu após uma abordagem na estrada BR 242. Segundo a PRF, um condutor do caminhão foi parado durante uma fiscalização de rotina. Ao entregar os documentos de porte obrigatório, ele mostrou uma nota fiscal que indicava uma carga de 16 mil quilos de cenoura. A polícia desconfiou e decidiu verificar o compartimento de carga. Ao retirarem a lona, os agentes encontraram a carga irregular de whisky e vodka em vez das verduras. Ao todo, foram apreendidos 1.800 unidades de whisky e 8.400 unidades de vodka sem comprovação legal. O suspeito informou à polícia que foi contratado para realizar o transporte e levar a mercadoria de Goiás até Pernambuco. A PRF contactou o destinatário da carga, que admitiu que costuma comprar bebidas sem nota fiscal para vendê-las informalmente. A ocorrência foi encaminhada a Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ/BA).