• Bahia e mais quatro estados do NE são os que mais perdem com novo texto da cessão onerosa

    Foto: Divulgação | Petrobras Foto: Divulgação | Petrobras
    Por Juliana Almirante

    10/10/2019 - 12:30


    Novo texto vai render R$ 1 bilhão a menos à região, em relação à versão inicial da proposta

    Uma planilha que circulou entre governadores do Nordeste ontem (9) aponta que a Bahia e mais quatro estados da região Nordeste (PE, CE, PI e AL) são os que mais perdem com a mudança nos critérios da divisão dos recursos do leilão da cessão onerosa. De acordo com a coluna Painel, da Folha, os cálculos mostram que o novo texto vai render R$ 1 bilhão a menos a esses estados, em relação à versão inicial da proposta. O governador Wellington Dias (PT-PI) diz que o Congresso resolveu “tirar dos mais pobres para pagar a conta da União aos mais ricos”. São Paulo ganharia, por exemplo, mais R$ 618 milhões. “Não é razoável”, critica o gestor do Piauí. Integrantes da equipe econômica avaliam que essas contas ainda podem enrolar o debate sobre o tema no Senado, onde os estados têm maior equilíbrio de força. Na Câmara, Sul e Sudeste têm mais parlamentares. Outra perda que já foi identificada pelos governadores nordestinos é a isenção do Imposto de Renda (IR) sobre o valor pago no leilão. O cálculo aponta que todos os estados vão levar R$ 5,7 bilhões a menos e, assim a região Nordeste é a que mais perde.

MAIS NOTÍCIAS