• Psicóloga Dra. Laísa Minelli fala sobre a prevenção do suicídio na rádio 104 FM de Guanambi

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Mario Filho

    20/09/2019 - 10:37


    Setembro é marcado como o mês de prevenção ao suicídio, intitulado “Setembro Amarelo”. O objetivo é alertar a população sobre os riscos e como prevenir deste problema que afeta pessoas de diferentes gêneros, cor e classes sociais. Nesta quinta-feira (19), a Psicóloga Dra. Laísa Minelli participou de uma entrevista no programa “Radar Guanambi” da Rádio 104,9 FM de Guanambi, para falar sobre esse assunto que ainda é um tabu em muitas áreas da sociedade. De acordo com a Dra. Laisa, 90% das pessoas que cometem suicídio possuem algum tipo de doença mental não diagnosticada, os outros 10% se divide em inúmeros fatores. “A gente pensa que um suicida é uma pessoa sem sentimento, mas na verdade é alguém com muitos sentimentos. Um sentimento de muitos objetivos e não conseguir realiza-los”, completou Minelli. A Psicóloga também falou sobre as características de pessoas que têm tendências suicidas. A mudança de comportamento, de humor, muitas vezes é um indício. Laísa Minelli ressaltou a importância do tratamento através de consulta com psiquiatra e terapias com psicólogos. A superação de traumas futuros também é de extrema importância. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa a cada 40 segundos no mundo tira a vida. Só no Brasil esse número chega a uma pessoa para cada 48 minutos. Em Guanambi ainda não existe um estudo concreto sobre o número de suicídios. A psicóloga finalizou a entrevista apontando um dado bastante preocupante, de acordo com Minelli, o Brasil está entre os países com maiores índices de suicídios no mundo.

MAIS NOTÍCIAS