• Policiais civis reduzem atividade em protesto ao atraso salarial

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Lara Curcino

    18/03/2019 - 18:29

    Os integrantes da medida ainda ameaçam paralisação total caso não haja resposta

    Os policiais civis da Bahia estão se mobilizando para iniciar, a partir da próxima semana, a Operação Padrão, que consiste na diminuição de atividades em protesto ao atraso salarial. Os membros que integram a ação reclamam de não ter recebido ainda pagamentos referentes a horas extras, como do Carnaval e Réveillon. Eles alegam ainda problemas para receber o salário regular e auxílios de alimentação e transporte. “Alguns policiais já acumulam perdas de quase R$ 10 mil, entre horas extras, salários e demais vantagens”, relata um dos policiais que participa da organização da medida. Os policiais ainda ameaçam a paralisação total de suas funções caso não haja retorno do Estado diante da Operação Padrão até o fim deste mês. A corporação alega estar cumprindo com a lei mesmo reduzindo as ações realizadas no dia a dia. Em nota, é afirmado que “tal procedimento garante o atendimento à população dentro do que determina a lei, isto é, seguindo rigorosamente às determinações legais para a execução de todas as tarefas”.

MAIS NOTÍCIAS