• Deputados desistem da reeleição e abrem espaço a parentes, diz coluna

    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    Por Clara Rellstab

    14/08/2018 - 13:58

    Levantamento identificou que 10% dos parlamentares não vão disputar a reeleição; parte vai dar lugar a parentes, outra vai concorrer a novo cargo

    Levantamento do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) identificou que parte dos políticos que desistiram de disputar a reeleição em outubro registrou parentes para substituí-los nas urnas. Segundo a Coluna do Estadão de hoje (14), o levantamento identificou que 10% dos deputados não vão disputar a reeleição. Parte deles vai dar lugar aos parentes, outra vai concorrer a novo cargo e há os que desistiram. No Rio Grande do Norte, por exemplo, dois parlamentares federais abriram mão de tentar a reeleição: Felipe Maia (DEM) vai ceder lugar ao pai, o senador Agripino Maia (DEM). Zenaide Maia (PHS) vai apoiar o irmão para a Câmara e concorrer ao Senado. No Ceará, por sua vez, o deputado federal Macedão (PP) desistiu da reeleição e vai apoiar a mulher, Poliana Macedão.

MAIS NOTÍCIAS