BUSCA PELA CATEGORIA "Política"

  • Previdência: Governo negocia com PR cargos de Geddel para aprovar reforma

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Matheus Morais

    12/12/2017 - 10:00

    Em busca de votos para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (PMDB) já negocia os cargos de indicações políticas dos irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima na Bahia ao líder do PR na Câmara, deputado José Rocha, se a bancada do partido garantir votos pela reforma da Previdência. Ainda segundo a publicação, o peemedebista pretende atender a um pleito do republicano por indicações na Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), que cuida dos portos de Salvador, Aratu e Ilhéus. Alguns aliados de Geddel e Lúcio ocupam cargos no órgão, embora o presidente da estatal, Pedro Dantas, tenha pedido exoneração há poucos dias. O Planalto estaria disposto a dividir a área. Geddel Vieira Lima está preso na Papuda devido à investigações da Lava Jato e Lúcio Vieira Lima é alvo de um pedido de recolhimento noturno da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que não foi aprovado pelo Supremo Tribunal Federal.

  • ‘Intimada’ pelo PSB a disputar Senado em 2018, Lídice minimiza: ‘É uma ideia’

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    11/12/2017 - 18:29

    A senadora Lídice da Mata (PSB) tentou minimizar a “exigência”, feita pelo presidente nacional do partido, de que dispute a reeleição no próximo ano. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (11/12), Carlos Siqueira defendeu a candidatura de Lídice ao Senado em 2018 independentemente de compor chapa encabeçada pelo governador Rui Costa (PT). “Isso é uma coisa que está sendo discutida. O presidente do partido trouxe uma ideia para ser discutida. Não há decisão inabalável”, afirmou a socialista, que disse ter sido “comunicada agora” pelo dirigente nacional sobre a posição partidária. De acordo com a parlamentar, portanto, não ocorreu até então nenhuma conversa com Rui sobre o assunto.

  • Lula e Ciro fazem acordo para 2018

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    11/12/2017 - 08:10

    Pré-candidatos à Presidência, Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) fizeram acordo para a eleição de 2018, segundo a coluna do Estadão. Depois de conversas com petistas, Ciro concluiu que não terá o apoio do ex-presidente Lula. Interlocutores dos dois presidenciáveis dizem que estabeleceu-se um acordo: quem passar para o 2° turno apoia o outro. Na última pesquisa Datafolha, o pedetista aparece em quinto lugar, com 6% das intenções de votos, contra 34% de Lula. No seu melhor cenário, sem o petista, perde apenas para Jair Bolsonaro.

  • Bancada por dinheiro público, convenção nacional do PSDB custou R$ 1,5 mi

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Laura Lorenzo

    08/12/2017 - 07:00

    Foram gastos R$ 1,5 milhão para realizar a convenção nacional do PSDB, que acontece neste sábado (09/12) em Brasília. Além da estrutura da organização do evento, todos os mais de 200 delegados tiveram passagem e hospedagem custeadas. Foi determinado que a despesas de todos seriam pagas para evitar acusação de privilégio à ala tucana liderada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que deverá ser eleito presidente nacional do partido pelos próximos dois anos. Todo o evento, com verba milionária, é bancado por dinheiro público, que saiu do fundo partidário, recurso que pode ser usado para isso. Por ano, o PSDB recebe R$ 81 milhões.

  • Votos de Tiririca farão falta, avalia José Rocha

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    07/12/2017 - 09:19

    Líder do PR na Câmara dos Deputados, o deputado José Rocha (BA) avalia que os votos do deputado-palhaço Tiririca (PR-SP) farão falta à legenda. “O Tiririca fará falta ao PR nas eleições, mas vamos compensar o volume de votos com outros candidatos competitivos”, previu o baiano. Nesta quarta-feira (06/12), o deputado mais votado do Brasil anunciou que não deve concorrer à reeleição por desgosto com a vida política em Brasília. Com informações do Estadão.

  • Senado aprova aumento do repasse da União para os municípios

    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    06/12/2017 - 21:44

    O Senado aprovou nesta quarta-feira (06/12) a proposta de emenda à Constituição que aumenta o repasse da União às prefeituras por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Após acordo, a votação da PEC foi realizada em dois turnos, e segue agora para análise da Câmara dos Deputados. A PEC determina a elevação de um ponto percentual no repasse entregue aos estados e municípios, oriundo das arrecadações do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A distribuição dos recursos será alterada de 49% para 50%, e o novo repasse será feito em setembro de cada ano. De acordo com os defensores da proposta, os municípios, historicamente, recebem os menores valores em setembro e outubro devido à restituição do Imposto de Renda dos contribuintes. No relatório em que defende a PEC, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) citou as razões do aumento das despesas e da queda real na transferência do FPM para os municípios, como pisos salariais de determinadas categorias e a retração do Produto Interno Bruto entre 2014 e 2016. “A sazonalidade dos repasses do fundo prejudica a gestão administrativa dos municípios, que não sabem se podem expandir a prestação de serviços públicos na ausência de fontes estáveis de financiamento. A dificuldade em atender à demanda da sociedade por mais e melhores serviços é ainda mais acentuada na atual conjuntura econômica, na qual, em face da redução da renda familiar, as famílias têm trocado a escola particular pela pública e os planos de saúde pelos postos de saúde das prefeituras”. A expectativa do relator é de que o repasse seja de R$ 5,6 bilhões em 2021, ao fim do aumento gradativo do fundo. Em 2016, a transferência aos municípios no mês de setembro foi de R$ 4,1 bilhões.

  • Tiririca anuncia saída da política: 'Totalmente com vergonha'

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Paloma Morais

    06/12/2017 - 16:10

    Depois de dois mandatos, o deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecida como Tiririca (PR-SP), anunciou, nesta quarta-feira (06/12), que vai deixar a política. "O que eu vi nos sete anos aqui, eu saio totalmente com vergonha. Não vou generalizar, não são todos. Tem gente boa aqui dentro", criticou em seu primeiro e último discurso na Câmara, que durou cerca de 8 minutos. "Estou saindo triste para caramba. Muito chateado, muito chateado mesmo com a nossa política, com o nosso Parlamento. [...] Eu ando de cabeça erguida porque não fiz nada de errado. Mas muitos dos senhores não têm essa coragem, andam até disfarçados de dizer que são parlamentares porque é uma vergonha. Está vergonhoso", continuou o deputado, ao finalizar com a afirmação de que não é "o abestado que a galera acha que é". Em outubro, o parlamentar já havia garantido ao jornal Folha de S. Paulo que não iria tentar reeleição por estar "totalmente decepcionado" com a política, mas o anúncio oficial foi feito nesta tarde. Ele foi o candidato ao Legislativo mais bem votado nas eleições de 2010, com 1,3 milhão de votos. Em 2014, Tiririca foi reeleito com 1,016 milhão de votos. De acordo com a assessoria de imprensa do humorista, ele terminará o seu mandato em 2018. O deputado havia voltado a realizar shows como palhaço nos últimos cinco meses. Agora, de acordo com Tiririca, ele vai se dedicar totalmente à vida de ator.

  • TCU aponta responsabilidade de Lula em prejuízo de R$ 1,3 bilhões na Petrobras

    Foto: André Dusek | Estadão Conteúdo Foto: André Dusek | Estadão Conteúdo
    Por Matheus Simoni

    06/12/2017 - 10:32

    Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) indicou responsabilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em prejuízos nas obras da Petrobras investigadas no âmbito da Operação Lava Jato. O relatório da Corte, obtido pelo jornal Folha de S. Paulo, afirma que o petista liberou, durante o exercício do mandato em 2010, o repasse de recursos para empreendimentos que já havia irregularidades graves na época. De acordo com o TCU, as intervenções iam de encontro ao que a então lei orçamentária aprovada pelo Congresso versava e ressaltou que elas deveriam ter sido paralisadas. Segundo o tribunal, a continuidade dos serviços teria causado "dano ao erário". A lista inclui obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e das refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná. As obras eram tocadas por empreiteiras acusadas, a partir de 2014, de envolvimento no esquema de corrupção descoberto pela Lava Jato. Só na Repar, o relatório aponta um prejuízo de R$ 1,3 bilhão. O caso será julgado pelo TCU nesta quarta-feira (6). Procurada pela Folha, a defesa de Lula não se manifestou sobre o caso.

  • Deputado Luciano Ribeiro aborda falta de segurança pública na Bahia

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    05/12/2017 - 20:46

    Sempre preocupado com o bem-estar da população do interior, o deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM), durante seu pronunciamento em 04 de dezembro, na tribuna da Assembleia Legislativa, abordou sobre a questão da violência que vem atingindo o Estado da Bahia, inclusive nas cidades pequenas, que eram consideradas pacatas. “Estamos a assistir em cidades pequenas, pacatas, uma violência assustadora. As pessoas que saem do sudoeste em direção à capital já sabem qual é o trecho que comumente tem assaltos, e viajam temerosos”, ressaltou, reafirmando que o governo nada faz diante da triste realidade. “O desgoverno do PT, na questão da segurança pública, nada soluciona. É triste presenciar as pequenas cidades serem vítimas de assaltos, assaltos elitizados, de homicídios, de todo tipo de violência possível. Os baianos andam assustados, esperamos que o governador se sensibilize e tome uma atitude efetiva”, salientou.

  • Deputado Luciano Ribeiro se posiciona sobre extinção do TCM

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    05/12/2017 - 14:02

    Sobre a atual questão referente a extinção do TCM, o deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM) entende que as posições do governador, Rui Costa, e do presidente da Assembleia Legislativa, Dep. Ângelo Coronel, se resumem em uma análise simplória sobre um tema complexo. “Os municípios não podem viver sem um instrumento de controle externo, hipótese que faz cair por terra o argumento de falta de recurso, defendida pelo governador. Por sua vez, entendo que o TCM deva sim, ser aperfeiçoado para garantir a ampla defesa e o contraditório; ser adaptado ao Código do Processo Civil; além de criar uma jurisprudência uniforme a fim de evitar surpresas aos prefeitos”, defende o deputado. Neste sentido, existe em tramitação na ALBA, desde 2016, um Projeto de Lei de autoria de Luciano Ribeiro tratando de tais matérias.

  • Deputado Luciano Ribeiro solicita a transferência da zona eleitoral de Licínio de Almeida para Jacaraci

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    05/12/2017 - 10:51

    O deputado estadual Luciano Ribeiro esteve no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), com o presidente Dr. José Edivaldo Rotondano, para tratar de assunto referente à Comissão de Divisão Territorial. Na oportunidade, o deputado solicitou a transferência da zona eleitoral do município de Licínio de Almeida para Jacaraci, visando maior comodidade aos licinienses, tendo em vista a dificuldade de acesso. “A mudança facilitará o acesso à justiça, já que a estrada entre Licínio e Urandi está intransitável, sendo a recuperação desta estrada uma das nossas mais importantes reivindicações desde o início do mandado”, lembrou o deputado.

  • Em articulação pró-reforma da Previdência, governo promete R$ 3 bi a municípios

    Foto: Ueslei Marcelino | Reuters Foto: Ueslei Marcelino | Reuters
    Por Paloma Morais

    04/12/2017 - 19:08

    Na tentativa de conseguir angariar votos para aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, o governo anunciou que, quando as mudanças propostas entrarem em vigor, haverá uma folga orçamentária em 2018 e, com isso, será possível ampliar os investimentos públicos nos municípios em R$ 3 bilhões. Do total, metade deve ser destinada à área da Saúde. De acordo com a colunista do portal G1, Cristiana Lôbo, o assunto foi o tema de uma reunião, na manhã desta segunda-feira (4), entre o peemedebista, integrantes da equipe econômica e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). "Estamos seguros da retomada do crescimento da economia e, com isso, da arrecadação, o que nos dará folga para ampliar os investimentos públicos no país", afirmou o ministro Moreira Franco. Com a promessa de ampliação de investimentos nos municípios, o governo prevê despertar o interesse de prefeitos e dos parlamentares, uma vez que 2018 é ano eleitoral, momento em que os candidatos vão em busca de apoio dos gestores municipais para a sua reeleição.

  • Wagner tem 63% de rejeição para ser plano B do PT, aponta Datafolha

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    04/12/2017 - 07:00

    Os eleitores brasileiros são mais aceitáveis a uma indicação feita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para disputar o Planalto do que a sugestões de outras figuras públicas, mas reprovam os dois nomes colocados até agora para a hipótese de o petista não concorrer: Segundo o Datafolha, 29% dizem que votariam “com certeza” num nome apoiado por Lula. Outros 21% estariam inclinados a isso e 48% não votariam “de jeito nenhum” – 2% não souberam dizer. Mas confrontados com o nome do ex-prefeito paulistano Fernando Haddad e do ex-governador da Bahia Jaques Wagner, opções do PT a Lula, eles os rejeitam: 61% e 63%, respectivamente.

  • Reforma da previdência volta a ser discutida na Câmara dos Deputados nesta semana

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Matheus Morais

    04/12/2017 - 07:00

    Próximo ao fim do ano e das sessões legislativas, a Câmara dos Deputados voltará a debater nesta semana a reforma da previdência. Os aliados da base governista, favoráveis à aprovação da reforma neste ano, continuam insistindo no convencimento dos deputados para votar a favor da reforma, os contrários à proposta atuam em caminho diverso. Por sua vez, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, vem defendendo que só colocará a matéria em votação quando os votos forem suficientes para a aprovação. O democrata já admitiu que, se não for possível aprovar a PEC ainda este ano, a votação poderá ficar para depois do carnaval de 2018.

  • Lula lidera intenções de voto em 2018 e Bolsonaro aparece em segundo lugar, aponta Datafolha

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Luiza Leão

    02/12/2017 - 17:00

    O ex-presidente Lula (PT), cotado para disputar a presidência em 2018, apareceu na liderança em pesquisa divulgada neste sábado (02/12) pelo instituto Datafolha. Os dados surgem no momento em que o PSDB tenta alavancar a candidatura de Geraldo Alckimin, governador de São Paulo, como um nome que se contrapõe aos extremos que Lula e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) representam. O apresentador Luciano Huck, cotado para o pleito, já descartou a possibilidade de concorrer em 2018. Encomendado pela Folha de São Paulo, o levantamento entrevistou 2.765 pessoas nos dias 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro é de dois pontos. A pesquisa considerou nove cenários distintos, confira.

  • Charles Fernandes se filia ao PSD; Confira a entrevista que ele concedeu ao Sudoeste Bahia

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Marcos Oliveira & Vílson Nunes

    01/12/2017 - 21:00

    Os diretórios estadual e municipal do PSD oficializaram a filiação do ex-prefeito de Guanambi Charles Fernandes à legenda. O evento foi realizado na noite do dia 23 de novembro, no auditório Lino Teixeira da Câmara de Vereadores de Guanambi. Estiveram presentes, o senador Otto Alencar, a deputada Ivana Bastos, o governador Rui Costa, o presidente da Assembleia, Ângelo Coronel, prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região. “Considero esta filiação um marco em minha carreira política. Não entro no PSD com pretensões pessoais, mas me colocando à disposição da região, para debater um projeto de renovação, um projeto que pense na região, mas, sobretudo, um projeto aliançado no nosso estilo de fazer política, ouvindo o povo, convivendo com o povo, com humildade, com diálogo, com muita força e determinação de servir a Bahia, minha região”, destacou Charles. Em entrevista exclusiva ao site Sudoeste Bahia, Fernandes falou sobre a sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). Veja o vídeo:

  • Rui provoca Neto: ‘Tem gente com mentalidade velha e cabeça nova’

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Matheus Morais

    01/12/2017 - 19:00

    Presente em Seabra, nesta sexta-feira (01/12), para a inauguração o Hospital Regional da Chapada, primeira unidade de alta complexidade da região, o governador Rui Costa (PT) provocou o prefeito ACM Neto (DEM) sobre os resultados da Saúde de Salvador. Durante discurso no evento, sem citar nomes, o petista voltou a criticar a gestão da capital baiana no segmento. "Tem gente com a mentalidade velha e a cabeça nova. Queria que outros prefeitos fizessem sua parte, a começar pela capital. Salvador não tem uma casa de parto, não tem uma maternidade. As crianças de Salvador nascem nas maternidades do governo do Estado", alfinetou o chefe do Executivo baiano. "Seabra não é a pior cidade em número de postos de saúde, a pior é Salvador, que tem 32% de postos de saúde", completou.

  • Incra reabre escritório em Vitória da Conquista por indicação do deputado Luciano Ribeiro

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    01/12/2017 - 14:49

    Por indicação do deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM), o escritório do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é reaberto no município de Vitória da Conquista. O ex-vereador Arlindo Rebouças será o coordenador do local, que atenderá Vitória da Conquista e região. Para Luciano Ribeiro, a reabertura traz importantes ganhos na regionalização da administração de terras públicas e no cadastro de imóveis rurais. “Será possível uma gestão mais organizada e justa da estrutura fundiária na região, contribuindo para um desenvolvimento sustentável”, pontuou o parlamentar.

  • Comissão de Constituição de Justiça do Senado aprova PEC que amplia fundo dos municípios

    Foto: Divulgação | UPB Foto: Divulgação | UPB
    Por Luiza Leão

    29/11/2017 - 21:10

    Foi aprovada na manhã desta quarta-feira (29/11) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 29/2017, que aumenta 1% a mais ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) a ser entregue nos primeiros dez dias do mês de setembro de cada ano. A aprovação ocorreu na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. Segundo a União dos Prefeitos da Bahia (UPB), também foi aprovado o requerimento de regime de urgência para que a proposta entre na ordem do dia de votações no Plenário. Isso implica dizer que a PEC pode ser aprovada ainda nesta quarta. Os prefeitos que fazem parte da UPB tiveram influência nessa decisão, após pressão que teve início em outubro. Além dos gestores dos municípios baianos, outros prefeitos brasileiros participaram do ato. Ao todo, mais de 3 mil prefeitos estiveram em Brasília para pressionar essa decisão. O presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, representou os baianos no movimento.

  • Após pedido de Vitor Bonfim, governador anuncia pavimentação asfáltica da estrada Urandi - Licínio de Almeida

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Vílson Nunes

    28/11/2017 - 17:15

    Em visita ao município de Guanambi, na última sexta-feira (24/11), o governador da Bahia, Rui Costa (PT), gravou um vídeo anunciando que já determinou ao Secretário Estadual de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti, para que faça o projeto de pavimentação asfáltica do trecho da rodovia, BA 263, que interliga o município de Urandi ao entroncamento da BA 156, entre os municípios de Licínio de Almeida e Jacaraci, numa extensão de aproximadamente 20 km. Segundo Rui, assim que o projeto for concluído, ele autorizará a licitação. “Eu já determinei que o nosso secretário Marcos Cavalcanti, faça o projeto dessa estrada, e assim que o projeto tiver pronto eu vou licitar para facilitar a vida das pessoas e ligar mais rapidamente a Policlínica, ou seja, ano que vem a gente inicia essa estrada para atender a população”, disse o governador, que foi aplaudido pelos prefeitos presentes. O anúncio do governador atende à solicitação do secretário estadual de agricultura da BA e deputado estadual licenciado, Vitor Bonfim (PDT), que representando os municípios beneficiados, encaminhou ofício ao chefe do poder executivo estadual, no último dia 10 de novembro de 2017, onde requereu o mencionado pleito. Segundo Vitor, a obra é necessária em virtude das péssimas condições em que se encontra a rodovia, considerada o pior trecho de estrada dentre todas que formam a malha viária estadual. Ainda conforme o parlamentar, a execução da obra vai favorecer diretamente o desenvolvimento da região, especialmente o Vale do Gavião, que compreende os municípios de Licínio de Almeida, Jacaraci, Caculé, Guajerú, Condeúba, Mortugaba e Urandi, alavancando os setores produtivos do comércio, indústria, serviços e agropecuária, proporcionando a geração de mais emprego e renda, principalmente para a população de menor poder aquisitivo. Veja o vídeo: