BUSCA PELA CATEGORIA "Política"

  • Ciro aproveita enfraquecimento da Rede e convida Marina Silva para vice de sua chapa

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    22/02/2018 - 18:25

    Dois dos pré-candidatos de esquerda mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de voto a presidente até agora, Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) podem frequentar o mesmo palanque nas eleições de 2018. Segundo informações do blog do jornalista Renato Rovai, Ciro convidou Marina para ser sua vice na chapa presidencial de outubro. A ex-senadora ficou de refletir sobre o convite e as hipóteses de aceitar são altas, já que dois deputados da Rede devem deixar a legenda e, com isso, o partido ficará com somente três deputados. Assim, Marina não teria a oportunidade de participar dos debates da TV. Alessandro Molon e Eliel Machado são os parlamentares que estão de saída. Com pouco tempo de TV e sem participação nos debates, a campanha de Marina, que já não será fácil, se tornaria uma miragem.

  • Maia vai esperar decisão do STF para pautar projeto do teto do funcionalismo

    Foto: J.Batista | Câmara dos Deputados Foto: J.Batista | Câmara dos Deputados
    22/02/2018 - 15:35

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciou nesta quinta-feira (22) uma pauta de votações para as próximas semanas na Casa. Entre os projetos que devem ser debatidos, está o que regulamenta o teto do funcionalismo público. Maia afirmou, no entanto, após reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lúcia, que vai aguardar o STF julgar o direito de juízes ao auxílio-moradia, agendado para o dia 22 de março, para pautar a proposta. “Esse tema vai ser a base do trabalho, não adianta a gente legislar de uma forma e o Supremo interpretar de outra. O STF pautou e daqui a algumas semanas a Câmara vai votar com uma parte já resolvida”, disse. O projeto está em análise na comissão especial e redefine o que deve e o que não deve ser submetido ao limite remuneratório imposto pela Constituição para todo o funcionalismo público. O texto foi proposto pela comissão do Senado que debateu o fim dos chamados “supersalários”.

  • Luciano Ribeiro presta homenagem de congratulação à Guajeru

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    21/02/2018 - 10:40

    O deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM) prestou homenagem na Assembleia Legislativa da Bahia ao município de Guajeru pela passagem do seu 33º aniversário de emancipação política, a ser comemorado no próximo dia 25. O município teve a sua origem no Povoado de Santa Rosa do Panasco, criado como distrito de Condeúba, no final do século XIX e foi emancipado pela Lei Estadual N° 4.402 de 25 de Fevereiro de 1985, assinada pelo então governador do Estado da Bahia, João Durval Carneiro. Durante muitos anos, várias famílias viveram neste lugar, trabalhavam na agricultura e na criação de animais, principalmente de gado, galinha e cabra. Relacionavam-se com os povoados vizinhos e viviam com costumes sertanejos. O deputado Luciano Ribeiro desejou desenvolvimento social aos guajeruenses e progresso a esta terra abençoada.

  • Congresso aprova crédito para auxílio financeiro a municípios

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    21/02/2018 - 07:57

    O Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira (20) projeto de lei que abre crédito de RS 2 bilhões para os Ministérios da Educação (R$ 600 mil), da Saúde (R$ 1 bilhão) e do Desenvolvimento Social (R$ 400 mil). O dinheiro deve viabilizar o auxílio financeiro aos municípios que está previsto na Medida Provisória 815/2017. A MP autoriza a União a transferir aos entes federativos que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 2018 recursos destinados à superação de dificuldades financeiras emergenciais. Pelo texto, a parcela destinada a cada ente federado será definida pelos mesmos critérios de transferências do FPM e os  municípios deverão aplicar os recursos preferencialmente em saúde e educação. De acordo com o Planalto, apenas em 2017, estima-se que os municípios tenham deixado de receber cerca de R$ 4 bilhões por meio do FPM. Segundo o Ministério da Fazenda, “as transferências da União, bem como as receitas próprias dos entes federados, vêm se realizando abaixo das expectativas e das projeções das administrações municipais desde 2015”. Na justificativa do projeto do crédito (PLN 1/2018), o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, ressaltou que as alterações não afetam a obtenção da meta de resultado primário fixada para o exercício. O crédito especial previsto no projeto aprovado pelo Congresso (PLN 1/2018) será viabilizado devido à anulação de dotações orçamentárias, inclusive de emendas de comissão e de bancadas estaduais, de execução não obrigatória. Parte dos recursos no valor de R$ 271,6 milhões, refere-se à cancelamento de despesas primárias pertencentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

  • Luciano Ribeiro opina sobre divisão territorial entre os municípios de Salvador e Lauro de Freitas

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    21/02/2018 - 07:05

    O projeto de Lei Nº 21.766/16 que visa realinhar os limites territoriais entre os municípios de Salvador e Lauro de Freitas em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia teve pedido de vista do deputado estadual Luciano Ribeiro, que pretende apresentar voto em separado a fim de adequar o mesmo à Norma Constitucional, através da qual se exige consulta prévia popular, por meio de plebiscito, para que haja a divisão pretendida. Segundo o deputado Luciano, os tribunais têm declarado inconstitucionais diversas leis aprovadas na Casa e contendo igual matéria, tendo em vista a falta de consulta prévia à população, “portanto, devemos evitar uma previsão já contida em lei”, salientou o parlamentar.

  • Igaporã: Câmara inicia os trabalhos legislativos do exercício de 2018

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    20/02/2018 - 22:47

    A Câmara Municipal de Igaporã iniciou os trabalhos legislativos referente ao primeiro período legislativo do ano de 2018, nessa segunda feira, dia 19 de fevereiro de 2018, na Sessão Ordinária realizada no Plenário da Casa, com uma pauta voltada a requerimentos e a presença de todos os Vereadores. O prefeito Suly Fagundes também participou da solenidade e durante o uso da palavra fez um balanço do seu primeiro ano de gestão, mencionando os desafios e dificuldades encontradas nesse período e afirmou ainda que seguirá em frente na busca de melhorias para o município. No mais, o prefeito desejou a todos os vereadores e vereadoras um bom ano e que eles possam trabalhar sempre em favor do povo igaporaense. Participaram ainda da Sessão, os secretários municipais: Alan Fagundes (Secretária de Governo), Fabricio Fagundes (Secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente), Rogério Batista (Secretário de Infraestrutura), Laíse Fagundes (Secretária de Saúde), Edson Mauro (Secretário de Esportes e Lazer), Marcondes Dantas (Secretário de Cultura e Turismo), Aparecida Fernandes (Secretária de Desenvolvimento Social), Elenizio Magalhães (Diretor do SAAE), Danilo Magalhães (Assessor de Comunicação) e Elpidio Sobrinho (Assessor de Planejamento do Município). 

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação

    Se fizeram presente ainda o ex-prefeito de Guanambi, Charles Fernandes e os vereadores daquela cidade: Fabricio Lopes, Fausto Azevedo e Tião Nunes. Durante a Sessão todos os vereadores fizeram o uso da palavra. Em sua fala, o Presidente Gerson Pereira Reis (Nengo), falou também das novas metas e das melhorias realizadas na estrutura da casa com fins de melhorar as condições de trabalho, a mobilidade e o acesso da população nas dependências da Câmara Municipal de Igaporã. Na ordem do dia, foram aprovadas as seguintes indicações:  Indicação nº 01/2018 de Autoria do Vereador José Pedro das Neves Filho, solicitando: Reforma da ponte localizada na comunidade de Cachoeira dos Alves; Indicação nº 02/2018 de Autoria da Vereadora Maria Romilce Lopes da Silva, solicitando: Disponibilizar crachá de identificação para os agentes comunitários de saúde e de endemias; Indicação nº 03/2018 de Autoria do Vereador Gerson Pereira Reis, solicitando: Roçagem, patrolamento e cascalhamento das estradas que ligam: Igaporã a localidade de Salão, passando pela Canabrava dos Farias; Indicação nº 04/2018 de Autoria do Vereador Diogo Carlos Alves Fernandes, solicitando: Que seja inserido no calendário do município como feriado municipal dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião; Indicação nº 05/2018 de Autoria do Vereador Marlúcio Fagundes Seixas, solicitando: Roçagem, patrolamento e cascalhamento das estradas que ligam: Igaporã a divisa com Matina, Cachoeira do Tatu a Peri Peri e Peri Peri ao Lajedo Velho; Indicação nº 06/2018 de Autoria do Vereador José Humberto de Azevedo Magalhães, solicitando: Roçagem, patrolamento e cascalhamento das estradas que ligam: Canabrava, Tamboril, Taboquinha, Salininha, Lagoa Grande e Gurunga. Por fim, o presidente encerrou a sessão convidando a todos para a próxima que será realizada na segunda-feira, dia 26 de fevereiro, às 19:00 horas.

  • Luciano Ribeiro pode ser o novo líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    20/02/2018 - 13:02

    Nesta terça-feira (20), uma reunião da bancada da oposição pode definir o novo líder do grupo que faz oposição ao governador Rui Costa na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA). O deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM) é um dos nomes cotados para o cargo desde o ano passado para substituir o então líder, deputado Leur Lomanto Junior (PMDB). Questionado sobre a possibilidade de assumir o cargo, Ribeiro nega que esta seja uma decisão acertada e que será decidida em consenso com o grupo. “As decisões são tomadas de acordo com a vontade de uma maioria. É preciso extrair o posicionamento de cada parlamentar, avaliar o que é melhor para o grupo e decidirmos pela vontade da maioria, como sempre acontece”, salientou.

  • Prefeito de Vitória da Conquista defende Nilo Coelho na chapa de ACM Neto

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    20/02/2018 - 11:00

    Com o enfraquecimento do MDB na Bahia, o PSDB continua correndo solto na disputa pelas vagas para vice-governador e senador (a) na provável chapa de ACM Neto (DEM) neste ano. O nível de força dos dois partidos é tão díspar que o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, do MDB, defende abertamente o nome do ex-governador tucano Nilo Coelho para integrar a chapa do Democratas contra Rui Costa (PT). “Tenho o dever como prefeito da terceira maior cidade do Estado de tomar uma posição capaz de fortalecer politicamente o interior da Bahia. Nilo Coelho é o nome capaz de robustecer a ideia politica e atrair as atenções do Governo para regiões esquecidas pelo PT. Conversas foram iniciadas. Nilo não disse que sim, mas também não disse que não aceita”, disse Herzem ao Blog da Resenha Geral.

  • Otto sugere que Neto não deixe prefeitura para disputar governo: 'Isso é fome de poder'

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Rodrigo Daniel Silva

    19/02/2018 - 09:01

    O senador Otto Alencar (PSD) aconselhou, na manhã desta segunda-feira (19), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a ficar no cargo e não deixar o Palácio Thomé de Souza para disputar o governo da Bahia no pleito deste ano. “Não deixe seu mandato no meio caminho para buscar outro mandato. […] Assumiu o mandato vá até o fim”, afirmou, em entrevista à rádio Metrópole. Na avaliação do parlamentar, quando se deixa o posto para disputar outro cargo, a sociedade acredita que o político tem “fome de poder”. Otto lembrou, também, que Waldir Pires e José Serra, que renunciaram cargos para concorrer em eleições, foram mal sucedidos. Apesar de ser do mesmo partido, Otto Alencar disse ainda discordar do ministro da Fazenda, Henrique Meireles, e ressaltou que não irá apoiá-lo caso dispute Planalto.

  • Com negativa de Wagner, PT mira em Fernando Haddad à Presidência

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    18/02/2018 - 20:42

    Com grande possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e ficar de fora da eleição presidencial de outubro, o PT estaria se mobilizando para escolher um substituto na corrida pelo Palácio do Planalto. De acordo com a coluna Radar, da revista “Veja”, Jaques Wagner está praticamente descartado como postulante à disputa presidencial. Com isso, resta ao partido somente o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Wagner está empenhado em se eleger senador da República  e teria dito a um amigo próximo, de acordo com a publicação, que prefere disputar o Senado do que ir ao “sacrifício”.

  • Eleições 2018: governadores do PT serão liberados para fechar alianças

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Gabriel Nascimento

    18/02/2018 - 17:17

    A partir da próxima sexta-feira (23), os cinco governadores do PT – entre eles, Rui Costa – estarão livres para fechar alianças em seus estados. É o que diz a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, neste domingo (18). Segundo a publicação, a reunião que dará início as articulações está marcada para o dia 23. Ainda segundo a publicação, a presidente da legenda, senadora Gleisi Hoffmann, também pretende atuar em busca de alianças onde o PT não governa para garantir mais palanques para o ex-presidente Lula, que vai tentar voltar ao Palácio do Planalto.

  • Gleisi recebeu R$ 23 milhões em propinas, aponta revista

    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    16/02/2018 - 11:51

    A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, teria recebido cerca de R$ 23 milhões em propinas, segundo relatório da Polícia Federal. De acordo com a publicação do site da revista Veja, somente em recursos desviados do Ministério do Planejamento, o montante chegou a R$ 7 milhões.Propinas recebidas da Odebrecht somaram R$ 5 milhões, enquanto da JBS os valores chegaram a R$ 10 milhões.Ainda segundo a revista, a senadora petista recebeu R$ 1 milhão diretamente da Petrobras.

  • Wagner não quer ser o plano B de Lula, diz coluna

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    15/02/2018 - 19:30

    Apontado como um dos principais nomes do PT para substituir Lula nas eleições, caso o ex-presidente não consiga concorrer ao Planalto, o ex-governador Jaques Wagner quer deixar o assunto de lado. Ele aparece bem nas pesquisas para o Senado e começa a articular sua candidatura. Investigado na Lava Jato, Wagner quer, também, contar com a prerrogativa do foro privilegiado. As informações são da coluna Expresso, da revista Época.

  • Vice-líder do governo diz que Previdência começa a ser debatida na próxima semana

    Foto: Alex Ferreira | Câmara dos Deputados Foto: Alex Ferreira | Câmara dos Deputados
    Por Clara Rellstab

    15/02/2018 - 18:15

    O vice-líder do governo na Câmara, deputado Beto Mansur (PRB), afirmou que a reforma da Previdência deve começar a ser discutida a partir da próxima segunda-feira (19). O parlamentar garantiu ao Estadão que a intenção do governo, vocalizada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, é de que o projeto seja votado e aprovado no dia 19 ou 20 deste mês. No entanto, ele não descarta totalmente a possibilidade de a matéria ser votada na próxima semana, desde que "todos os que apoiam a reforma da Previdência trabalhem e lutem por ela".

  • Maia prepara discurso para engavetar reforma da Previdência

    Foto: Antônio Cruz | Agência Brasil Foto: Antônio Cruz | Agência Brasil
    15/02/2018 - 06:01

    Ciente de que não tem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), já prepara o discurso para engavetar o texto. Segundo o jornal o Estado de São Paulo, para evitar que o ônus do anúncio recaia sobre o Congresso Nacional e, muito menos, sobre ele, Maia deve responsabilizar o Palácio do Planalto por não ter obtido apoio suficiente à proposta. O grupo de Maia avalia que o anúncio de engavetamento pode favorecer a candidatura do democrata à Presidência da República, pois, o descolaria de uma pauta impopular.

  • Rui reconhece que quadros fora do PT podem substituir Lula

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    14/02/2018 - 07:00

    O governador da Bahia, Rui Costa (PT), reconheceu em entrevista à Folha que Lula pode ser substituído na disputa eleitoral. Segundo o petista, até um nome de fora da legenda pode vir a ser o nome do partido na eleição presidencial deste ano. "Há sim. E o nome não precisa ser do PT. Pode ser uma pessoa que tenha a mesma concepção de distribuição de renda e desenvolvimento", disse, segundo a publicação. Durante a entrevista, Rui, no entanto, não quis citar um exemplo. O governador reclamou do acirramento de "questões técnicas" com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). "As pessoas estão transformando questões puramente técnicas em um debate político. O que justifica atrasar um alvará de paisagismo do metrô em dez meses? Ou atrasar a ordem de serviço de dezenas de passarelas em 11 meses?", questiona. Ainda na entrevista, ele criticou setores do Ministério Público e do Judiciário. "Está cada vez mais expressa a militância político-partidária daqueles que não deveriam ter preferência nem militância na política, como os procuradores e juízes".

  • PPS vai negociar candidatura com Huck após carnaval, diz presidente nacional

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Laura Lorenzo

    11/02/2018 - 17:39

    O deputado Roberto Freire, presidente nacional do PPS, afirmou que após o Carnaval vai negociar com o apresentador Luciano Huck sobre uma possível candidatura do apresentador à eleição presidencial pelo partido. "As negociações estão mais do que abertas. Falamos por telefone quando ele estava em Paris (semana passada) e ficamos de falar novamente logo depois do Carnaval", disse Freire. "Essa decisão (de ser candidato à Presidência) é muito solitária, mas deixamos claro que ele teria aqui no partido protagonismo no processo decisório das eleições", disse Freire ao jornal O Globo. No entendimento do deputado, as condições oferecidas pelo PPS são melhores do que Huck encontraria no PSDB, onde o governador paulista é pré-candidato à eleição presidencial. "O Huck tem percebido o quanto o PSDB enfrenta esse problema de falta de unidade em prol de uma candidatura", completou.

  • Três motivos pesam na decisão de Neto concorrer ao governo, diz coluna

    Foto: Divulgação | Secom Foto: Divulgação | Secom
    Por Mateus Soares

    10/02/2018 - 11:20

    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem avaliado a possibilidade de não disputar a eleição para o governo da Bahia por três motivos, conforme publicou o jornal Estadão neste sábado (10). De acordo com a publicação, a primeira razão pela qual o gestor estuda não entrar na briga eleitoral é que ele teria de renunciar em abril para concorrer, enquanto seu principal adversário, o governador Rui Costa (PT), deve tentar a reeleição no cargo. Outro motivo é que, se o democrata não vencer a disputa, a legislação eleitoral o impede de tentar voltar à prefeitura em 2020, porque isso seria considerado um terceiro mandato consecutivo. Portanto, Neto ficaria sem mandato até 2022. Ainda segundo o impresso, a outra condicionante é que, se Rui conseguir a reeleição, o PT vai para 16 anos de poder consecutivo e sofrerá o desgaste natural do tempo, enquanto Neto tem grandes chances de terminar o mandato de prefeito bem avaliado. O Estadão procurou o prefeito soteropolitano, que afirmou que não comenta sobre o assunto.

  • Com Neto no trio, Márcio Victor rasga elogio a Rui; veja

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Alexandre Galvão e Evilásio Júnior

    10/02/2018 - 08:59

    A presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), no trio do cantor Márcio Victor não inibiu o artista de elogiar o governador Rui Costa (PT), adversário do democrata. Em passagem em frente ao camarote da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o cantor de “Popa da Bunda” pediu que o petista “continue com o cuidado com o povo da nossa terra”. “Rui, muito obrigado pelo cuidado com o povo da nossa terra. Que sejam eternas as coisas que você vem fazendo pelo povo. Quando a gente faz pelo povo, nada apaga”, disse. Apesar do afago no petista, o cantor é responsável por, em diversas oportunidades, pedir publicamente que o prefeito de Salvador seja candidato a presidente da República. Os dois – Neto e Márcio Victor – nutrem amizade de muitos anos.

  • Temer assinou projeto que libera R$ 2 bi para prefeituras, informa Eunício

    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    Por Laura Lorenzo

    09/02/2018 - 21:05

    O presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse nesta sexta-feira (9) que o presidente Michel Temer assinou o projeto de lei que garante a abertura do Orçamento para liberação de auxílio de R$ 2 bilhões para as prefeituras. Após se reunir com Temer, o senador informou pelas redes sociais que vai pautar a votação do projeto para o dia 20 de fevereiro, em sessão do Congresso Nacional. “Acabo de sair do Palácio do Planalto com uma grande notícia para os municípios de todo o país. Conseguimos, junto à Presidência da República, a assinatura do PLN [Projeto de Lei do Congresso Nacional] que prevê a liberação R$ 2 bilhões em auxílio financeiro para as prefeituras. Conforme me comprometi com os prefeitos, o projeto será votado no próximo dia 20, em sessão do Congresso Nacional”, disse Eunício. O projeto assinado por Temer prevê a destinação de R$ 2 bilhões para as áreas de saúde, educação e desenvolvimento social. O repasse do montante deverá ser feito de acordo com os critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que considera o número de habitantes de cada cidade.