BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • Uneb abre inscrições para vestibular 2018

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    10/10/2017 - 08:59

    As inscrições para o vestibular 2018 da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) estão abertas. São mais de 4 mil vagas para diferentes cursos de graduação, com ingresso em 2018.1 e 2018.2. O prazo começa nesta terça (10), e se encerra no dia 29 de outubro. Os interessados devem se inscrever através do site. A taxa é de R$85 e deve ser paga preferencialmente no Banco do Brasil. Todas as informações são encontradas no edital, inclusive sobre o perfil do candidato para solicitar a isenção do pagamento. A Uneb reserva 40% das vagas para candidatos negros que atendam aos requisitos específicos, e 5% de sobrevagas são reservadas a candidatos indígenas. As provas vão acontece nos dias 17 e 18 de dezembro, e o horário e local serão divulgados em outro momento, no Cartão de Informação do Candidato. Ao todo, 4.069 vagas são destinadas a quem participar do Processo Seletivo Vestibular 2018, e outros 1.9686 candidatos entrarão pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

  • Em assembleia, professores da Uneb aprovam indicativo de greve

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    09/10/2017 - 22:56

    Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) realizaram uma assembleia geral nesta segunda-feira (09/10) onde foi aprovado um indicativo de greve da categoria. Além da Uneb, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) já tinham indicativo de greve deliberado por suas respectivas categorias. As reivindicações do docentes são: destinação depelo menos 7% da Receita Líquida de Impostos (R.L.I.) do estado ao orçamento anual das universidades estaduais, com revisão do percentual a cada dois anos; recomposição salarial de 30,5%; cumprimento dos direitos trabalhistas dos docentes, como promoções na carreira, adicional de insalubridade, mudança de regime de trabalho, reimplantação da licença sabática; e ampliação e desvinculação de vaga/classe do quadro de cargos de provimento permanente do Magistério Público às Universidades Estaduais da Bahia (Ueba). De acordo com os professores da universidade, as reivindicações são fruto da falta de comprometimento do governo Rui Costa, com as Ueba, que "nega direitos trabalhistas e orçamento digno às universidades e divulga à imprensa que as finanças do estado estão saudáveis". "Mais de 440 professores das Ueba, sendo 299 na Uneb, permanecem com seus direitos à promoções e alterações de regime de trabalho negados. Além disso, faltam recursos à infraestrutura da universidade, à criação de restaurantes universitários e postos de atendimento médico, atrasos em bolsas de pesquisa e permanência estudantil, entre outros problemas”, afirmou Vamberto Ferreira, diretor da Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb). Além do indicativo de greve, uma paralisação de 24h, com portões fechados, foi agendada para o dia 28 de novembro em todas as unidades da Uneb. Neste dia, deverão ser realizados protestos locais em todos os 24 campi da universidade, na capital e no interior. A expectativa é que a paralisação aconteça nas quatro Ueba. A coordenação do Fórum das ADs, que reúne representações docentes de Uneb, Uefs, Uesc e Uesb, também encaminhou nesta tarde uma nova solicitação de reunião aos representantes das secretarias da Educação (SEC) e Administração (Saeb). De acordo com a categoria, a pauta de reivindicações 2017 está protocolada junto ao governo desde 19 de dezembro do ano passado.

  • Comunidade da Uneb vota para Reitoria e Vice-Reitoria nesta terça-feira (03/10)

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    02/10/2017 - 20:05

    A comunidade da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) vai às urnas, nesta terça-feira (03/10), para o processo de votação da eleição direta para os cargos de Reitor e Vice-Reitor da instituição, equivalente ao quadriênio 2018-2021. Para participar, basta que o votante se dirija a mesa receptora referente ao seu setor ou departamento, entre 8h e 21h, ou de acordo com o horário de funcionamento das unidades administrativas e dos polos Parfor e EaD. Podem votar docentes e técnicos administrativos do quadro permanente; discentes de graduação, pós-graduação e programas especiais, regularmente matriculados; docentes e técnicos administrativos contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda); os ocupantes de cargos de provimento temporário, ingressos na Universidade há mais de 04 (quatro) anos ininterruptos. Os votos têm o peso de 1/3 para cada segmento, garantindo, assim, o voto paritário.

  • Palmas de Monte Alto: Filho de Plínio Moura lança seu 4º livro voltado para a ‘Magistratura do Trabalho’

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Vílson Nunes

    12/09/2017 - 12:27

    O professor Plínio Rebouças de Moura, 38 anos, filho do veterinário montealtense, Plínio Laranjeira de Moura e da dentista, Ana Lúcia Haje Rebouças de Moura, lançou no último mês de agosto de 2017, o seu 4º livro intitulado ‘Revisão Final – Magistratura do Trabalho’, com a participação de vários especialistas do direito em diversas disciplinas. Lançado pela Editora JusPodivm, o candidato encontrará neste livro as matérias exigidas no edital do I Concurso público nacional unificado para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho. Aliás, os autores escolhidos são professores conhecidos nacionalmente e adequaram as dicas de acordo com o perfil exigido nas provas realizadas pela FCC. Conforme o próprio nome sugere, o livro oferece uma revisão total das matérias, com dicas, esquemas e quadrinhos, aprofundando os pontos principais, sem deixar de abordar outros temas acessórios e correlatos ao conteúdo programático do edital. Neste livro específico para Magistratura do Trabalho, houve separação das matérias em 4 blocos, conforme previsto em edital. O montealtense Plínio Moura ficou responsável em abordar sobre Direito Civil e Direito Empresarial. História: Plínio Rebouças de Moura estudou em Palmas de Monte Alto até os 13 anos de idade e sempre foi considerado um aluno muito dedicado aos estudos, tanto na Escola José Mauro de Vasconcelos, como também no Colégio Municipal Eliza Teixeira de Moura. Nos anos 90, a família foi morar no município de Guanambi, em decorrência de Plínio Moura (pai) assumir a diretoria da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag). Lá, Plínio Moura (filho), concluiu o colegial no Nóbrega. Posteriormente, ele seguiu para Salvador, onde se formou em direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Hoje, ele reside em Aracajú (SE). Atualmente ele trabalha como advogado do Banco do Nordeste do Brasil e leciona em cursos preparatórios para concursos. Além deste último livro, Plínio já integrou outros três: Revisaço – Questões comentadas e organizadas por Assunto; Revisão Final – TRE/BA e Revisão Final TRT/MS. Ao site Sudoeste Bahia, o pai Plínio Laranjeira de Moura externou que o trabalho desenvolvido pelo filho é um orgulho para a família.

  • Uneb inscreve gratuitamente para cursos de pós-graduação à distância

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    29/08/2017 - 20:55

    A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) está com inscrições abertas, até o dia 4 de setembro, para o processo seletivo para ingresso na pós-graduação Lato Sensu na modalidade à distância, em parceria com a Secretaria da Educação do Estado. São ofertadas 885 vagas para os cursos de Especialização em Gestão Pública; Gestão Pública Municipal; Gestão em Saúde; Educação à Distância; Interdisciplinar em Estudos Sociais e Humanidades e em Formação de Professores em Letras/Libras, em conformidade com o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB/CAPES/MEC). As inscrições são realizadas, exclusivamente, via internet. A homologação das inscrições será publicada no site www.campusvirtual.uneb.br, assim como o horário e pólo onde os candidatos realizarão as provas, que estão previstas para o dia 23 de setembro, de acordo com o número de inscritos. O resultado final será divulgado a partir do dia 17 de outubro de 2017.

  • Rui Costa anuncia concurso com 3,4 mil vagas para professores

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    14/08/2017 - 23:05

    O governador Rui Costa (PT) anunciou, nesta segunda-feira (14/08), um  concurso público para contratação de 2.796 professores e 664 coordenadores pedagógicos – as vagas serão municipalizadas e distribuídas por 365 cidades baianas. A data de realização do processo, no entanto, ainda não foi divulgada. O Governo também aumentou para 70% o percentual de gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) de todos os diretores escolares da rede de ensino. Ainda como resultado da reunião com a APLB, foi autorizada a ampliação da jornada de trabalho para aqueles educadores que trabalham 20h semanais e desejam passar para o regime de 40h, recebendo o dobro do salário. Os concursos para os educadores e o aumento de carga horária têm o objetivo de suprir a vacância deixada pelo grande volume de aposentadorias e garantir a prestação dos serviços da rede pública de ensino, composta por 1.297 unidades escolares.

  • MPF investiga Ufba por suspeita de fraude em sistema de cotas

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    03/08/2017 - 07:11

    O Ministério Público Federal (MPF) apura uma possível fraude no sistema de cotas do processo seletivo da Universidade Federal da Bahia (Ufba). A informação foi divulgada pelo órgão fiscalizador nesta quarta-feira (03/08). Embora tenha anunciado o início das investigações, o MPF não informou qual brecha foi utilizada para burlar as regras, mas afirmou que o fato ocorreu no curso de Direito. Em nota, o centro acadêmico admitiu que as denúncias são averiguadas por uma comissão interna. Ainda de acordo com a Ufba, um grupo de trabalho foi criado para desenvolver mecanismos de fiscalização mais eficazes, além de criar métodos de autodeclaração que estejam menos suscetíveis a delitos. Pioneira entre as instituições que oferecem ingresso por meio da política de cotas, a universidade tem prazo de 20 dias, a partir de 18 de julho, para responder ao ofício encaminhado pelo MPF com pedido de esclarecimentos acerca do tema.

  • Uneb supera Ufba e está entre as 100 melhores da América Latina

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    Por Matheus Fortes

    31/07/2017 - 09:10

    Com uma relevância sem igual para estado, a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) trilha um caminho de cada vez mais destaque, acumulando conquistas e referências, e se consolidando como um modelo vitorioso de educação, servindo como modelo para outras instituições de ensino superior do país. Mais recentemente, a universidade alcançou o 71º lugar no ranking das 100 melhores universidades da América Latina, se tornando também a única oriunda da Bahia na lista. Fundada em 1983, a Uneb possui campus em 26 municípios baianos, atualmente, e a mais de três décadas, é, ao lado da Universidade Federal da Bahia (Ufba), a principal instituição de ensino superior pública presente no estado. Na última semana, a Times Higher Education Latin America University Ranking (THE) divulgou o ranking das mais bem avaliadas instituições de ensino superior. Das 81 instituições baianas avaliadas, apenas a Uneb ficou entre as cem primeiras colocadas. Um mérito que coloca a universidade em um novo patamar. A liderança da Uneb na Bahia também evidencia um trabalho de consolidação de marcas institucionais importantes, como a formação de professores, políticas de ações afirmativas, e a interiorização da educação superior. Em relação a qualificação dos professores, a universidade tem hoje quase 800 professores doutores, entre os 2267 profissionais – o que equivale 40% do corpo docente.

  • Fies: inscrições começam nesta terça-feira

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    23/07/2017 - 13:26

    Poderá ser consultada, a partir desta segunda-feira (24), a lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), na página eletrônica do Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam na próxima terça-feira (25/07) e vão até sexta-feira (28/07) . Serão oferecidas 75 mil novas vagas para estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera. Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero poderão se inscrever, O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

  • Proposta proíbe funcionamento de cursos mal avaliados pelo MEC

    Senador Fernando Bezerra - Foto: Pedro França | Agência Senado Senador Fernando Bezerra - Foto: Pedro França | Agência Senado
    20/07/2017 - 11:06

    Cursos de nível superior mal avaliados pelo Ministério da Educação (MEC), mas que estejam funcionando por decisão judicial podem ser proibidos de continuarem suas atividades. Está em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) o Projeto de Lei do Senado (PLS) 195/2017, que veda a concessão de tutela antecipada a cursos nessa condição. Dados do Conceito Preliminar de Curso (CPC) divulgados em março mostraram que mais de 11% dos cursos de graduação avaliados em 2015 tiveram desempenho insatisfatório na pesquisa do MEC. O estudo analisou mais de 8.100 cursos de instituições públicas e privadas do Brasil, desse total 893 foram considerados deficientes. Apresentada pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), a proposta tem a intenção de evitar a autorização indiscriminada de liminares para o funcionamento desses cursos, e que alunos matriculados em cursos mal avaliados sejam prejudicados ao se formarem. “Essa atitude gera insegurança jurídica, na medida em que os alunos matriculados não têm a garantia de que o curso será autorizado. Além disso, entendemos que a concessão de liminar não deve suprir o controle de qualidade feito pelo Ministério da Educação”, disse Bezerra. Quem faz a relatoria do PLS é o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), que ainda não apresentou parecer sobre a matéria. Depois de analisado na CE, o projeto segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) onde tramitará em decisão terminativa.

  • Estudantes de Lagoa Real e Malhada são pré-selecionados para o Parlamento Jovem 2017

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    07/07/2017 - 13:52

    O Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) anunciou a lista dos estudantes pré-selecionados para a 14ª edição. Foram pré-selecionados cinco estudantes da rede estadual, de colégios localizados em Lagoa Real, Malhada, Adustina, Catu e Feira de Santana. O PJB selecionará 78 jovens em todo o país do Ensino Médio de escolas públicas e particulares que vivenciarão o processo democrático, mediante a participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. O evento acontece de 25 a 29 de setembro, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Com o projeto “A implantação de playgrounds em parquinhos para crianças com deficiência física”, a estudante do 3º ano, Beatriz da Silva Souza, do Colégio Estadual Prisco Viana, no município de Lagoa Real, foi uma das baianas pré-selecionadas. “Estou em uma expectativa muito grande de estar entre as selecionadas. Sei que é uma responsabilidade enorme estar representando a minha cidade e fico feliz do meu projeto estar sendo reconhecido, pois pode contribuir para ajuda crianças em todo o Brasil”, explicou. Outro selecionado foi Túlio dos Santos de Souza, do Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, no municipio de Malhada. A realização de todas as etapas do programa conta com a parceria das secretarias estaduais de Educação de todo o Brasil e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED). O processo seletivo do PJB é composto de duas etapas: a pré-seleção, realizada pelas secretarias de Educação de cada Estado e do Distrito Federal, e a seleção final realizada pela Câmara dos Deputados. Os 78 alunos que serão empossados como deputados jovens terão a oportunidade de desenvolver habilidades de argumentação e respeito à diversidade de opiniões, além de construir um olhar mais crítico sobre sua realidade. O PJB visa potencializar a atuação mais democrática dos jovens e o seu protagonismo político. Como acontece: O Parlamento Jovem Brasileiro simula uma jornada parlamentar, através da qual os jovens estudantes vão atuar como deputados jovens, vivenciando o trabalho de um parlamentar federal, por meio de debates e votações. A experiência possibilita a formação de um conceito positivo acerca do Poder Legislativo, informa sobre o processo legislativo e educa para a participação da cidadania. Para participar, o aluno deve ter entre 16 e 22 anos e estar cursando a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio ou o 4º ano da Educação Profissional na modalidade Ensino Médio de escolas públicas e particulares de todo o Brasil.

  • Universidades estaduais podem entrar em greve

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    06/07/2017 - 08:12

    O Fórum das Associações de Docentes (ADs) das Universidades Estaduais Baianas encaminhou avaliação de indicativo de greve para a próxima rodada de assembleias da categoria. Frente à intransigência do governador Rui Costa, os professores afirmam que é necessário intensificar o enfrentamento em defesa da carreira docente e das Universidades Estaduais Baianas. Para a categoria, só a greve e a luta irão garantir os direitos da classe docente. “A situação é dramática e o governo assume a postura de simplesmente ignorá-la. Pela tradição do Movimento Docente, a resposta será a radicalidade e o enfrentamento. Os representantes do Fórum das ADs apontam para o próximo período a preparação da greve e rodadas de assembleias que pautem o indicativo de greve na primeira quinzena do mês de julho”, afirma nota publicada no site da Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Adusb). Conforme os professores, “a situação nas Universidades Estaduais Baianas é de crise em todas as esferas e categorias. Além dos ataques aos direitos trabalhistas docentes, uma crise orçamentária atinge as universidades estaduais, custeadas com apenas 5% da Receita Líquida de Impostos (R.L.I.), valor insuficiente para a manutenção e o custeio das Instituições. Os estudantes também passam por problemas, devido a uma política precária de assistência e permanência estudantil”.

  • Servidores da Universidade Estadual da Bahia entram em greve

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    26/06/2017 - 11:10

    Os servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) entraram em greve nesta segunda-feira (26/04). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado da Bahia (Sintest), a paralisação segue até sexta-feira (30/06) e afeta os 29 departamentos da instituição. Segundo o Sindicato a categoria reclama da suposta falta de interesse da direção da entidade de ensino em negociar. A última reunião entre diretores e representantes dos colaboradores para tratar do tema teria ocorrido no dia 3 de abril. Além do reajuste nos salários, a pauta dos trabalhadores prevê, entre outras coisas, a revisão das progressões e promoções relativas a 2016, extensão de carga horária de 30 para 40 horas, incentivo à produção científica e aumento no auxílio-alimentação.

  • Câmara aprova incluir direitos humanos nas diretrizes da educação básica

    Foto: Gabriela Korossy | Câmara dos Deputados Foto: Gabriela Korossy | Câmara dos Deputados
    23/06/2017 - 11:12

    A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 256/11, do deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), que inclui os direitos humanos como diretriz a ser observada pela educação básica (ensinos fundamental e médio). O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei 9.394/96). O projeto segue para o Senado a não ser que haja recurso para análise pelo Plenário. Segundo Jordy, os princípios fundamentos dos direitos humanos não são suficientemente conhecidos, em parte porque a LDB não determina com clareza que os conteúdos curriculares da educação básica devem ter por diretriz sua difusão. A comissão acompanhou o voto do relator, deputado Luiz Couto (PT-PB), pela constitucionalidade e juridicidade do texto. Segundo Couto, a proposta em nenhum momento atropela os princípios gerais do Direito brasileiro.

  • Secretaria da Educação do Estado divulga lista de contemplados para o cursinho Universidade para Todos

    Foto: Geraldo Carvalho Foto: Geraldo Carvalho
    14/06/2017 - 11:42

    A Secretaria da Educação do Estado divulgou, nesta quarta-feira (14), a lista dos estudantes contemplados para o curso Universidade Para Todos (UPT), que é preparatório para o vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). São ofertadas 16.400 vagas para Salvador e mais 228 localidades da Bahia, nos 27 Territórios de Identidade. A ação é desenvolvida em parceria com as universidades estaduais UNEB, UEFS, UESB e UESC. A lista está disponível no Portal da Educação. A seleção foi feita através das médias de Português e de Matemática que foram lançadas pelos candidatos no ato da inscrição e que serão conferidas no ato da matrícula. A matrícula será realizada entre os dias 3 a 7 de julho, no local e turno que o aluno optou para estudar. Para se matricular, é preciso apresentar cópia e original do CPF, RG, comprovante de residência, além do Histórico Escolar do Ensino Médio e do Ensino Fundamental II. As aulas começam no dia 3 de julho e vão até dezembro de 2017. O curso é voltado para egressos do Ensino Médio das redes estadual ou municipal do Estado da Bahia e para estudantes das redes públicas estadual ou municipal matriculados, em 2017, nas seguintes situações:  3º ano do Ensino Médio Regular ou suas modalidades correspondes, do 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio ou suas modalidades correspondentes. Todos estes estudantes precisam ter concluído o Ensino Fundamental II (5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes), e a 1ª e 2ª séries do Ensino Médio Regular ou modalidades correspondentes nas redes estadual ou municipal no Estado da Bahia. 

  • Reda da Uneb é suspenso pelo MP após ação de sindicato

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    09/06/2017 - 15:37

    O processo para a Seleção Simplificada Reda Uneb – 2017 foi suspenso pelo Ministério Público Estadual na última quinta-feira (08/06). A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado da Bahia (Sintest-BA) por entender que o processo seletivo em questão, “viola a ordem constitucional, bem como o principio da moralidade e impessoalidade, uma vez que visa à contratação de pessoal para o exercício de funções típicas de servidores públicos efetivos”. Em seu site, a Uneb comunicou aos candidatos que efetuaram o pagamento e aos que ainda não o fizeram que “tão logo sejam atendidas as recomendações, novas orientações serão disponibilizadas neste ambiente de inscrição”. O edital foi aberto no dia 26 de maio e receberia inscrições até o próximo dia 15. Ainda não há previsão de nova data para fechamento do certame.

  • UNEB: Em assembleia Sintest aprova paralisação de 26 a 30 de junho

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    08/06/2017 - 12:20

    A fim de reivindicar a implementação das progressões em folha de pagamento, a publicação da Instrução Normativa para abertura do processo de progressão e promoção funcional de 2017, extensão da carga horária de 30h para 40h e, direito ao servidor técnico ao incentivo à produção científica, os Servidores Técnicos da Uneb paralisarão as atividades de 26 a 30 de junho, em todas as unidades da Uneb. A decisão foi tomada em assembleia realizada na terça-feira (06/06) e durante a reunião foi proposto um calendário de paralisação até o mês de dezembro e, após proposições para fechamento ou não de um calendário fixo, a mais votada foi a de não fechar calendário. Ficou definido também que cada unidade deverá definir um formato de mobilizações para a semana com portões fechados.

  • Educação: MP constata crime de falsidade ideológica em sistema de cotas

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    07/06/2017 - 15:07

    O Ministério Público do Estado da Bahia (MPE-BA) constatou crime de falsidade ideológica na declaração de 13 estudantes das universidades Federal da Bahia (Ufba), Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Estadual de Feira de Santana (Uefs) que tiveram acesso às instituições por meio do sistema de cotas. De acordo com o promotor de Justiça Millen Castro, a presidente da Associação do Desenvolvimento Comunitário, Cultural, Educacional e Social do Quilombo da Rocinha e Região (Acooped), Maria Regina Bonfim, sabia que os documentos de declaração inseridos eram falsos e também será indiciada. Ainda segundo Castro, as declarações falsas foram colocadas nos atestados entre os anos de 2011 e 2015. Uma das denunciadas, Maiara Aparecida Oliveira Freire, já havia sido denunciada pelo MP à Justiça, em 2014, o que resultou em sua expulsão da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), mas recorreu.Logo depois, ela foi para a Uesb. A autodeclaração, conforme a promotora Lívia Sant’Anna, “não é critério absoluto de definição da pertença étnico-racial de um indivíduo, devendo, notadamente no caso da política de cotas, ser complementado por mecanismos heterônomos de verificação de veracidade das informações declaradas”.

  • Secretaria da Educação do Estado divulga resultado da seleção REDA para professores e profissionais da área

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    07/06/2017 - 10:22

    A Secretaria da Educação do Estado publicou, nesta quarta-feira (07/06), no Diário Oficial do Estado, o resultado final e a homologação do resultado final dos Processos Seletivos Simplificado para a contratação de professores e profissionais da Educação, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). As provas foram realizadas no dia 7 de maio por mais de 30 mil candidatos.O resultado pode ser visualizado no Portal da Educação. Com este processo, mais de sete mil professores e profissionais da Educação passarão a atuar nas escolas estaduais, a partir deste semestre, em substituição aos contratos emergenciais realizados no ano de 2016. A seleção prevê a contratação de 2.485 professores da Educação Básica e do Campo. Somados a estes, mais 211 professores substitutos serão convocados imediatamente de um total autorizado de 2.243, que deverão ser convocados na medida em que forem surgindo as vagas, ao longo do ano letivo ou enquanto durar a validade do processo seletivo. O processo seletivo também contempla 215 vagas para professores indígenas e 961 para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec). Deverão ser convocados, também, 519 professores da Educação Profissional e Tecnológica e 157 preceptores de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica. Outras 655 vagas são da Educação Especial, destinadas a técnicos de Atendimento Educacional Especializado, tradutor/intérprete de Libras, cuidador educacional, braillista e instrutor de Libras. Convocação – A Secretaria da Educação do Estado iniciará a convocação no decorrer do mês de junho e o processo se estenderá até a vigência do processo seletivo. Os convocados serão encaminhados de forma imediata para assumirem as suas funções. 

  • MEC suspende autorização para FIP-MOC executar curso de medicina em Guanambi

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Vílson Nunes

    06/06/2017 - 09:46

    Após determinar abertura de sindicância para apurar suspeita de fraude na seleção de uma instituição privada para oferecer curso de Medicina na Bahia, por meio do Programa Mais Médicos, durante o governo de Dilma Rousseff, o Ministério da Educação (MEC) resolveu suspender a autorização para que as Faculdades Integradas Pitágoras oferte curso de medicina no município de Guanambi (BA). A decisão tomada pela Portaria nº 549/2017 foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (06/06). Na denúncia, veiculada anteriormente no Jornal O Estado de São Paulo, aparecem documentos que mostram que a referida instituição teria sido beneficiada por uma troca de pareceres na véspera do lançamento do Edital. Na ocasião, a Faculdade Guanambi foi desclassificada e a FIP-MOC venceu o edital.