BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • Governo assina termo de acordo com Fórum das universidades estaduais após fim da greve

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Daniel Brito

    15/06/2019 - 10:00

    O acordo garante a implementação de promoções de carreira, liberação de recursos para investimento, além do pagamento dos salários suspensos durante o movimento grevista

    O Governo do Estado, através da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), com participação das secretarias da Educação (SEC) e da Administração (Saeb), assinou ontem (14), juntamente com o Fórum das Associações Docentes (ADs) das quatro universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb), um termo de acordo, após o fim da greve. Assinado pela titular da Serin, Cibele Carvalho, do titular da SEC, Jerônimo Rodrigues, e pelo Fórum, o termo garante a implementação das 900 promoções de carreira de professor do Magistério Superior, disponibilidade de 36 milhões de reais no orçamento das universidades para investimento; pagamento dos salários suspensos durante o movimento grevista, mediante a reposição de aulas; além do encaminhamento de um Projeto de Lei, validado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O encontro teve ainda a participação do secretário estadual da Administração, Edelvino Góes. Ainda segundo o Governo, também já foram agendadas as próximas reuniões com o Fórum das ADs para o mês que vem.

  • Justiça derruba liminar e restabelece cortes na Educação

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Matheus Simoni

    12/06/2019 - 18:30

    Decisão atendeu um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU)

    O Tribunal Federal da 1ª Região decidiu pela retomada dos cortes promovidos pelo governo federal, através do Ministério da Educação, nos orçamentos das instituições federais e universidades. A decisão atendeu um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) e suspendeu aquilo que havia sido decidido pela Justiça Federal na Bahia, na última sexta-feira. Segundo decisão liminar, o desembargador Carlos Moreira Alves, recorreu, entre outros argumentos, ao princípio da impessoalidade para reverter os cortes. De acordo com o magistrado, uma vez que o contingenciamento também atingiu outros ministérios, feriria o princípio constitucional da impessoalidade cancelar os cortes só na Educação. O MEC tinha o prazo de cumprir a decisão dentro do prazo de 24 horas, sob o risco de pagar indenização de R$ 100 mil por dia.

  • Após dois meses, professores da Uneb encerram greve

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Kamille Martinho

    12/06/2019 - 14:30

    As aulas serão retomada amanhã (13)

    Os professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) aceitaram hoje (12) a proposta do governo e decidiram encerrar a greve, que já durava mais de dois meses. Segundo a instituição de ensino, as aulas serão retomadas amanhã (13). A assessoria de comunicação da universidade informou que os docentes, no entanto, permanecem em "estado de mobilização" para cobrar itens do governo que ainda não foram acordados. Ou seja, em caso de divergências nas negociações, uma nova paralisação pode acontecer. Entre os pontos ainda sem acordo está a reivindicação do pagamento de 5,9% de reajuste no salário base no ano de 2019. Amanhã as discussões para tratar da reposição dos dias de aula perdido será iniciada.

  • Assembleias devem definir se greve das universidades estaduais será encerrada

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Almirante

    11/06/2019 - 11:30

    Paralisação nas instituições estaduais já dura mais de dois meses

    Os professores das universidades estaduais devem definir em assembleias, amanhã (12), se irão encerrar a greve nas instituições. O governo estadual havia divulgado que um termo de compromisso foi assinado ontem com medidas em que o Estado se compromete a adotar se a paralisação for encerrada. No entanto, segundo a categoria, o documento se trata, na verdade, de uma ata, que será levada para as assembleias na forma de uma proposta de termo de acordo. Sendo assim, apenas nas assembleias deve ser definido pelos docentes se a greve irá acabar. "Foi assinada uma ata com compromissos assumidos com o governo, que tem o que já foi amplamente divulgado. O que tem de diferente é a instalação de uma mesa de negociação. Agora a gente tem a oportunidade de continuar reivindicando a nossa pauta de reivindicações", explica Ronalda Barreto, da Associação de Docentes da Uneb (Aduneb). Os docentes das Universidade Estadual da Bahia (Uneb) se reúnem em assembleia a partir das 9h, na quadra de esportes do Campus I a instituição. Segundo Ronalda, se a categoria decidir pelo encerramento da paralisação, então será votado na assembleia um termo de acordo. Por sua vez, esse termo que deve ser levado eventualmente para ser assinado com o governo. "Temos um ponto que é o (pagamento) de salários (cortados), que ainda nao avançou. Acertamos apenas o de junho. Tem ainda de parte de abril e do mês de maio", informa Ronalda. Já a assembleia dos professores da Universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs) será no anfiteatro, Módulo 2, a partir das 14h. Os docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) se reúnem no Pavilhão Adonias Filho às 9h. O horário da assembleia na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) ainda não foi informado.

  • Prouni abre hoje inscrições para 169 mil bolsas de estudo

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    11/06/2019 - 08:00

    Nesta edição, 68 mil bolsas de estudo integrais e 101,1 mil bolsas parciais são oferecidas pelo programa

    A edição do segundo semestre do Programa Universidade para Todos (Prouni) abre hoje (11) o período de inscrições para bolsas de estudo integrais ou parciais em cursos de graduação. O Prouni oferece cerca de 169 mil vagas, sendo 68 mil de bolsas de estudo integrais e 101,1 mil para bolsas parciais, cobrindo 50% do valor da mensalidade. As inscrições estão abertas até as 23h59 desta sexta-feira (14) e podem ser feitas no site do Prouni. Podem participar candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação, e que ainda não tenham diploma do ensino superior.

  • Universidades estaduais e governo assinam termo de compromisso para o fim da greve

    Foto: Suami Dias Foto: Suami Dias
    Por Juliana Rodrigues

    11/06/2019 - 06:00

    Governo assumiu compromissos de enviar projeto que amplia número de promoções, além de garantir R$ 36 milhões para investimentos nas instituições

    O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Relações Institucionais e da Secretaria da Educação do Estado, assinou com representantes do Fórum das Associação dos Docentes das Universidades Estaduais (Fórum das AD’s – Uneb, Uefs Uesb), na noite desta segunda-feira (10), um termo de compromisso objetivando o fim da greve nas universidades estaduais. Também assinaram o documento, membros da Comissão de Educação e o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). No documento, ficaram pactuados, de forma consensual, que o Governo do Estado, após o fim da greve, enviará Projeto de Lei para a Alba com proposta de reestruturação do quadro de vagas da carreira de professor, permitindo até 900 promoções. Também serão garantidos recursos da ordem de R$ 36 milhões para que as quatro universidades apliquem em investimentos. Outro ponto acordado foi o pagamento dos salários mediante reposição das aulas, devendo o plano de reposição ser submetido a Reitoria da Instituição de Ensino e à Secretaria da Administração do Estado (SAEB). A proposta é que se a greve acabar até dia 14 de junho, o Estado garantirá o pagamento integral do salário do mês de junho/2019 e mediante execução do plano de reposição das aulas, será pago o mês de maio junto com o mês de julho, e, em sequência, os dias de greve do mês de abril serão pagos no mês de agosto mediante execução do plano de reposição de aulas. Além disso, até 72 horas após o encerramento da greve, será instalada uma nova mesa para negociação de outros pontos colocados pelas AD’S envolvendo as outras secretarias de Estado, a exemplo da Fazenda (SEFAZ) e Administração (SAEB). O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destaca os avanços da negociação. “A intermediação da ALBA foi muito importante desde o início, com a presença do líder do governo e da Comissão de Educação nesta mediação para o acordo assinado aqui. E longe da gente querer extrapolar o nosso papel, nós sabemos que as AD’s irão para as assembleias e, com toda a autonomia, irão pautar e negociar isso com seus pares. Mas, avaliamos este momento de hoje como muito positivo. Acreditamos que este período serviu para ponderar aquilo que a gente acha importante, mas não abrimos mão de reconhecer a importância das universidades para o desenvolvimento da Bahia. Em momento algum, o governador ou qualquer órgão de governo duvidou disso. E estamos confiantes com os pontos pactuados”.

  • UniFG publica resultado do Vestibular 2019.2

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    10/06/2019 - 19:00

    O Centro Universitário UniFG publicou, na última quinta-feira (6), o resultado do vestibular 2019.2. Os aprovados deverão efetuar a matrícula nos dias 10, 11 e 12/06/2019, na Secretaria Geral da UniFG, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no campus São Sebastião. São necessários os seguintes documentos para a matrícula: certificado ou diploma de conclusão do Ensino Médio; histórico escolar; cédula de identidade; título de eleitor; CPF do aluno, ou do pai ou responsável legal; certidão de nascimento ou casamento; comprovante de residência, além de outros documentos que podem ser encontrados aquiConfira o resultado do Vestibular  2019.2

  • Juíza baiana determina suspensão de cortes do MEC na Educação

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Matheus Simoni

    07/06/2019 - 21:30

    Tema foi alvo de protestos por todo o país

    A Justiça determinou hoje (7) que o Ministério da Educação suspenda os cortes promovidos nas universidades e instituições federais de todo o país. O tema foi alvo de protestos por parte de educadores, alunos e servidores. De acordo com a decisão da juíza Renata Almeida, da 7ª Vara Federal, na Bahia. Ela acolheu o pedido formulado pela Aliança pela Liberdade, chapa que comanda o Diretório Central dos Estudantes da UnB. Na justificativa da magistrada, "diversas ações populares e ações civis públicas" tiveram a mesma solicitação e comprovam que a fala do chefe do MEC, Abraham Weintraub, não condiz com a realidade. "Não se está aqui a defender a irresponsabilidade da gestão orçamentária, uma vez que é dever do administrador público dar cumprimento às metas fiscais estabelecidas em lei, mas apenas assegurando que os limites de empenho, especialmente em áreas sensíveis e fundamentais segundo a própria Constituição Federal, tenham por base critérios amparados em estudos que garantam a efetividade das normas constitucionais", escreveu a magistrada. Com isso, o MEC tem 24 horas para cumprir a ordem judicial, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

  • ProUni: Inscrições começam na próxima terça-feira

    Foto: Valter Campanato | Agência Brasil Foto: Valter Campanato | Agência Brasil
    07/06/2019 - 14:00

    Prazo para se inscrever vai até a 14 de junho

    As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2019 irão abrir na próxima terça-feira (11). As inscrições se encerrarão no dia 14 de junho, e devem ser feitas pela internet, no site do ProUni, que pode ser acessado pelo site. Podem se inscrever candidatos que não tenham concluido o curso superior e que participaram do ENEM 2018, tendo obtido uma nota mínima de 450 pontos na média das provas e não zerado a redação. Os estudantes também precisam ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou privada como bolsista integral.

  • Inscrições para o Sisu do 2º semestre terminam hoje

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    07/06/2019 - 12:30

    Resultado será divulgado na segunda (10)

    As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2019 terminam hoje (7). Ao todo, são ofertadas pouco mais de 59 mil vagas em 76 instituições públicas de ensino em todo o país. O resultado vai ser divulgado na segunda (10). Os candidatos devem se inscrever na página do programa. Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero. Os participantes ainda poderão integrar a lista de espera, entre 11 e 17 de junho.

  • Uneb: professores decidem por continuidade da greve

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Kamille Martinho

    04/06/2019 - 14:00

    Os educadores ressaltaram que, apesar dos salários cortados, o movimento resiste e segue forte

    A Assembleia dos professores da Uneb aprovou hoje (4) a continuidade da greve, além de uma nova contraproposta a ser entregue ao governo. Os educadores ressaltaram que, apesar dos salários cortados, o movimento resiste e segue forte. Segundo os professores, a contraproposta estabelece o que precisa ser atendido pelo governo ainda no período de greve e o que poderá ser levado à Mesa Permanente de Negociação, a ser instalada 24 horas após o final do protesto. A nova proposta quer o pagamento reivindica o compromisso do governo de discutir na mesa de negociação um cronograma para reposição das perdas salarias de 2015 a 2018, até o final de 2022. Entre os itens a serem negociados antes do final da greve estão os 5,9% de reajuste no salário base de 2019, estabelecer o compromisso do Governo do Estado de não alterar o Estatuto do Magistério Superior sem um acordo prévio com o Movimento Docente e enviar um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa da Bahia (alba) estabelecendo o retorno imediato do artigo 22 do Estatuto do Magistério Superior, que permite carga horária mínima de 8h em sala de aula para que docentes em regime de Dedicação Exclusiva possam atuar mais tempo em atividades de pesquisa e extensão.

  • Publicado o gabarito do Vestibular 2019.2 da UniFG

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    03/06/2019 - 22:42

    A Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos (Consultec) publicou, na tarde desta segunda-feira (3), o gabarito das provas referentes ao Vestibular 2019.2 do Centro Univesritário UniFG. O Vestibular aconteceu na tarde deste domingo (2) e centenas de inscritos concorreram a uma vaga em um dos cursos oferecidos pela UniFG. As provas constaram de questões de múltipla escolha, englobando as disciplinas de língua portuguesa, língua estrangeira (inglês ou espanhol), matemática, ciências humanas (geografia e história) e ciências da natureza (biologia, química e física), além de uma prova de redação de natureza discursiva. Confira o gabarito.

  • MEC divulga regras para Fies do 2º semestre de 2019

    Foto: Valter Campanato | Agência Brasil Foto: Valter Campanato | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    31/05/2019 - 13:15

    Inscrições acontecerão entre 25 de junho e 1º de julho

    O Ministério da Educação (MEC) publicou hoje (31) as regras para o Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019. Os interessados em solicitar o benefício devem se inscrever no site do Fies, de 25 de junho a 1° de julho. O regulamento está disponível no edital. O primeiro resultado (pré-seleção ou pré-aprovação) será divulgado no dia 9 de julho, com ordem de classificação baseada nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O prazo para contratação será entre os dias 10 e 12 de julho, enquanto a chamada da lista de espera acontecerá entre os dias 15 de julho e 23 de agosto.

  • “O único lugar que segue Paulo Freire é o Brasil”, diz ministro da Educação

    Foto: Gilberto Amendola Foto: Gilberto Amendola
    Por Catarina Lopes

    26/05/2019 - 07:00

    Professores protestaram com livros de Paulo Freire em evento com Weintraub

    O ministro Abraham Weintraub lidou com uma manifestação silenciosa a favor de Paulo Freire em evento com professores, mas disse respeitar opiniões diferentes das dele. “Ela tem o direito de dizer 'Viva Paulo Freire'. Eu também tenho o direito de dizer que o único lugar que segue Paulo Freire é o Brasil”, ele disse, apontando que a falta de adeptos do educador é sinal de fracasso de seus métodos. O evento comemorava o grupo de professores que venceu o prêmio “Professores do Brasil”. Segundo a educadora Ana Beatriz Maciel, foi uma manifestação silenciosa e respeitosa. “Pensamos em colocar a nossa posição contra o corte de recursos para as universidades. E também mostrar a importância do educador Paulo Freire”, disse a professora. O ministro aproveitou o evento para criticar o que chama de “narrativa” que o desenha como inimigo dos professores, afirmando que tudo que pede das universidades é transparência. “Eu quero saber como está sendo gasto o dinheiro, que não está indo para vocês”, disse.

  • ProUni abre inscrições no dia 11 de junho

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Catarina Lopes

    23/05/2019 - 21:30

    São ofertadas bolsas parciais e integrais

    O Programa Universidade para Todos (ProUni) irá abrir as inscrições no dia 11 de junho para bolsas do segundo semestre deste ano em instituições particulares de ensino superior. As bolsas oferecidas são parciais, de 50% de desconto, e integrais, com 100% de desconto na mensalidade. O prazo para participar da seleção é até o dia 14 de junho, e as incrições serão feitas pela internet, no site do Prouni. As bolsas integrais são para estudantes com renda familiar de até 1,5 salário mínimo, e as bolsas parciais são para candidatos com renda familiar de até 3 salários mínimos. Podem se inscrever candidatos que não tenham curso superior completo e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. O candidato precisa ter obtido uma nota mínima de 450 pontos na média aritmética das notas no Enem. Também é necessário ter cursado ensino médio em escola particular com bolsa integral ou em colégio público.

  • Estudantes já podem consultar vagas do Sisu

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Catarina Lopes

    23/05/2019 - 14:15

    Inscrições abrem no dia 4 de junho

    Está aberta a consulta de vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), já sendo possível conferir quantas vagas estarão sendo ofertadas pelas instituições públicas de ensino superior no segundo semestre deste ano. As inscrições no Sisu vão do dia 4 a 7 de junho. As vagas podem ser visualizadas por curso, instituição de ensino e município. Pode participar do Sisu quem fez a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado e obteve uma nota na redação acima de zero. O resultado da primeira lista do Sisu sai no dia 10 de junho, e as inscrições para a lista de espera são entre 11 e 17 de junho.

  • Greve nas universidades estaduais foi planejada há mais de um ano, afirma coordenadora da Aduneb

    Foto: Divulgação | Aduneb Foto: Divulgação | Aduneb
    Por Daniel Brito

    21/05/2019 - 17:00

    Em entrevista a Rádio Metrópole, Ronalda Barreto afirmou que o governo estadual não recebia os professores há pelo menos quatro anos

    A coordenadora geral da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), Ronalda Barreto, rebateu hoje (21), em entrevista ao Jornal da Cidade Segunda Edição, da Rádio Metrópole, as declarações do governador da Bahia, Rui Costa, sobre a paralisação da categoria, iniciada no mês de abril. De acordo com a representante, a categoria indicou que iniciaria o movimento há mais de um ano. “O governador não nos recebia há quatro anos. O indicativo de greve foi protocolado na Secretaria de Educação, na governadoria e nas reitorias com mais de um ano de antecedência e não havia negociações dos itens da nossa pauta. Nós fomos compelidos”, disse. Ontem (20), durante entrevista a Mário Kertész na Rádio Metrópole, Rui classificou a greve como “partidarizada”. Ronalda contestou a fala e afirmou que as universidades têm a diversidade como marca entre alunos, docentes e funcionários. “São pessoas de todos os partidos, da extrema-esquerda à extrema-direita. É perigosa essa acusação feita pelo governador, com a trajetória que ele tem. Ficamos indignados com esse tipo de discurso”, rebateu. A coordenadora-geral comentou também a afirmação de que categorias de docentes ganham mais de R$ 20 mil em salário. Segundo ela, nem todos atingem o valor. “Pouquíssimos professores chegaram a esse salário, e eles têm uma longa carreira de contribuição à universidade e à sociedade. Esperaram um longo período na fila para serem promovidos. Pegar o topo da nossa carreira para falar dos salários fica complicado porque a maioria dos docentes não chega a esse teto citado pelo governador”, argumentou. Ronalda ainda comentou sobre o possível fim da paralisação, que depende de uma resposta positiva do governador às reivindicações feitas pela categoria. “Estamos esperando o bom senso. Queremos muito que essa questão seja resolvida e estamos dependendo do governador nos atender. Lutamos por direitos que não foram atendidos e feridos, além, claro, dos salários”, finalizou.

  • Professores da Uneb decidem manter greve após Rui jogar ‘combustível em fogueira’

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Juliana Rodrigues

    21/05/2019 - 09:00

    Governador criticou grevistas e afirmou que professores baianos estão entre os que mais ganham no país

    Professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) decidiram pela manutenção da greve, em assembleia realizada na segunda-feira (20), após declarações do governador Rui Costa (PT), que serviram como “combustível em uma fogueira”, conforme nota da Seção Sindical dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb). Segundo a entidade, a fala do governador, “além do desrespeito à categoria, demonstrou que o gestor não conhece a realidade das universidades estaduais baianas”. A Aduneb reconheceu os esforços do comando de greve e dos interlocutores do governo na negociação, mas considerou que os avanços conseguidos até então não são satisfatórios. Entre as reivindicações da categoria, estão um reajuste de 25,64% no salário base, com pagamento escalonado durante o atual governo, e o retorno imediato do artigo 22 do Estatuto do Magistério Superior, que permite carga horária mínima de 8h em sala de aula para atuação maior em atividades de pesquisa e extensão.

  • Bahia registra mais de 488 mil inscritos no Enem 2019

    Foto: Juliana Andrade Foto: Juliana Andrade
    Por Daniel Brito

    21/05/2019 - 08:00

    De acordo com o MEC, 175.008 participantes ainda precisarão pagar a taxa de R$ 85

    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 registrou 488.309 inscritos na Bahia, de acordo com dados divulgados na tarde de hoje (20) pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições para a prova terminaram na última sexta-feira (17), mas os participantes têm até esta quinta-feira (23) para pagar a taxa, no valor de R$ 85. Ainda de acordo com o órgão, 175.008 participantes precisarão efetuar o pagamento dentro do prazo para confirmar a participação no exame. Em todo o país, foram registrados 6.384.957 inscritos. O número final de participantes confirmados será divulgado na próxima terça-feira (28).

  • Candidatos sem isenção no Enem, têm até quinta para pagar inscrição

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Kamille Martinho

    20/05/2019 - 17:46

    Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa, tem participação automática

    Os estudantes que não obtiveram isenção no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 têm até quinta-feira (23) para pagar a taxa de inscrição. O valor é de R$ 85 e pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas e Correios. Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa tem participação garantida. As inscrições para o Enem foram encerradas na última sexta-feira (17) com 6.384.957 de inscritos. As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.