BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • Processo Seletivo 2019 do IFBA campus Brumado é prorrogado

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    10/08/2018 - 17:00

    Foram prorrogadas as inscrições do Processo Seletivo 2019 para os cursos técnicos nas modalidades integrada e subsequente do IFBA, campus Brumado. Fique atento às novas datas: 16/08 (Quinta-feira) – Prazo máximo para solicitação de isenção parcial 17/08 (Sexta-feira) – Prazo máximo para entrega da documentação da isenção no IFBA 24/08 (Sexta-feira) –  Término das Inscrições.

  • Uneb inicia semestre com paralisação de docentes

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    06/08/2018 - 07:00

    Apesar de possuir aproximadamente 30 mil estudantes, 2 mil professores e 1,5 mil técnicos, nenhuma das 24 unidades da instituição possui restaurantes universitários

    Os professores da Universidade Estadual da Bahia iniciaram o semestre com uma paralisação de cinco dias. Segundo o sindicato, os professores protestam contra falta de infraestrutura, por passagem docente e maior orçamento. No primeiro dia do protesto, hoje (6), às 8h, professores farão panfletagem e ato público em frente à Uneb de Salvador, localizada no bairro do Cabula. A atividade começará com um café da manhã aos manifestantes. Posteriormente, acontecerão falas dos docentes sobre a crise da universidade. Apresentações cultuais durante toda a manhã também estão previstas. A expectativa é que o protesto conte com o apoio de representações estudantis e de servidores técnicos. O "sucateamento da Uneb", gerado pela falta de orçamento adequado, traz também vários outros problemas. Apesar de possuir aproximadamente 30 mil estudantes, 2 mil professores e 1,5 mil técnicos, nenhuma das 24 unidades da instituição possui restaurantes universitários; apenas o campus de Salvador tem ambulatório médico. Além disso, ainda faltam equipamentos em laboratórios; o déficit de professores e técnicos gera a sobrecarga de trabalho; e a ineficaz política de permanência estudantil obriga muitos alunos a abandonarem os cursos no meio. 

  • Uneb paralisa aulas por uma semana a partir do dia 11

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    03/08/2018 - 17:00

    Os professores da Universidade do Estado da Bahia decidiram realizar paralisação na próxima semana, de segunda-feira (6) a sábado (11). A orientação é de que o protesto aconteça nas 24 unidades espalhadas por todo o território baiano. Segundo a coordenação da Associação dos Docentes da Uneb, durante a paralisação, vários problemas serão denunciados à sociedade. Apesar das inúmeras questões, o fato que levouà mobilização foi a ameaça do corte das passagens intermunicipais aos professores, que trabalham nos campi do interior. De acordo com o coordenador geral da Aduneb, Milton Pinheiro, a reivindicação da categoria é a alteração do Decreto de Lei 6.192/97, que limita a compra de passagens, por parte da reitoria, a apenas 72 km do local de moradia do professor. Por meio de uma orientação do Tribunal de Contas do Estado, o corte das passagens na Uneb deverá ocorrer em outubro deste ano. 

  • Prorrogadas as inscrições para o Processo Seletivo do IFBA Campus Brumado

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    02/08/2018 - 20:00

    O prazo para solicitação de isenção parcial da taxa de inscrição do processo seletivo do IFBA 2019 foi prorrogado. Os alunos que cursaram do 5º ao 9º ano em escola pública e pretendem fazer o Ensino Médio Técnico no IFBA Campus e os alunos que já concluíram ou são concluintes do ensino médio em escola pública  que pretendem fazer os cursos técnicos na modalidade Subsequente têm até o dia 09 de Agosto para realizar suas inscrições pagando a taxa de apenas R$3,50. Após a solicitação da isenção no ato da inscrição, é necessário que o aluno vá até o IFBA com: Original e xerox do RG e uma declaração ou o histórico escolar que comprove os requisitos para isenção, O IFBA Campus Brumado oferta 120 vagas de Ensino Médio Técnico distribuídas entre os cursos de Edificações e Informática e 120 vagas para os cursos técnicos na modalidade Subsequente distribuídas entre os cursos de Mineração e Edificações. As provas estão previstas para 21 de outubro com questões de Português, Matemática, História e Geografia, para os candidatos aos cursos de Ensino Médio. Para os candidatos aos cursos técnicos na modalidade subsequente, a prova constará questões de Português, Matemática e Atualidades. Este ano, não haverá prova de redação. As inscrições são feitas exclusivamente através do site selecao.ifba.edu.br e vão até o dia 16 de Agosto. Os interessados com dificuldade de acesso à internet podem ir até o IFBA  fazer sua inscrição.

  • Sudoeste: Estudante conquista 1º lugar em campeonato nacional de cubo mágico

    Foto: Divulgação | SEC/BA Foto: Divulgação | SEC/BA
    Por Tayane Rodrigues

    30/07/2018 - 20:00

    Gabriel atingiu um novo recorde ao obter o terceiro melhor tempo da história do país, com 41 segundos

    Gabriel Bergue, de 17 anos, estudante do 2° ano do Colégio Estadual Eurides Santana, em Poções, no sudoeste da Bahia, conquistou o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro de Cubo Mágico 2018, na categoria “cubo com os pés”. O concurso, que é reconhecido pela Associação Mundial de Cubo Mágico, aconteceu na semana passada, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais. O baiano atingiu um novo recorde na competição ao obter o terceiro melhor tempo da história do país, com 41 segundos. O recorde anterior na categoria era de 44 segundos. No ano passado, o jovem ficou com o segundo lugar na mesma categoria. Ainda este ano, o estudante vai participar de mais três competições: o Campeonato Vila 2018, em Salvador; Brasília Springs 2018, em Brasília, e o Campeonato Sul-Americano 2018, em São Paulo.

  • Atuação das secretarias de Educação é desaprovada pela maioria dos professores

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Marina Hortélio

    30/07/2018 - 19:00

    Para 66% dos docentes, os programas do órgão não estão alinhados com a realidade das escolas

    Os dados da pesquisa Profissão Docente, encomendada pelo Movimento Todos pela Educação e Itaú Social e divulgada hoje (30), apontam que o comprometimento das secretarias de Educação com a aprendizagem dos alunos é questionado pela maioria dos professores das escolas públicas do Brasil. Para 66% dos docentes entrevistados, os programas do órgão não estão alinhados com a realidade das unidades de ensino. Já 63% dos professores que responderam à pesquisa apostam que as secretarias falham em dar continuidade a bons programas. No geral, a insatisfação com as a pastas dos governos estaduais e municipais chega a ser superior ao descontentamento com as condições de trabalho.

  • Fies 2018: resultados serão divulgados hoje

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    30/07/2018 - 08:00

    Para concorrer pela modalidade de financiamento do Fies, é preciso ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos

    Os resultados do Financiamento Estudantil do segundo semestre de 2018 saem hoje (30). Os nomes dos candidatos pré-selecionados serão divulgados no site do programa. Na atual edição são ofertadas 155 mil vagas de financiamento, entre elas 50 mil com juro zero. Participaram da seleção estudantes que fizeram o Enem a partir da edição de 2010 e obtiveram média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. Para concorrer pela modalidade de financiamento do Fies, é preciso ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Já na modalidade P-Fies (quando o agente financeiro é o banco), a renda familiar mensal bruta per capita deve ser de de três a cinco salários mínimos.

  • Assinado termo de convênio para instalação de campus do IFBA em Caculé

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    26/07/2018 - 13:00

    A fim de consolidar o projeto de instalação de um campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia‎ (Ifba) no município de Caculé, o prefeito José Roberto Neves (DEM), o Beto Maradona, o vice-prefeito José Ferreira Cruz Neto e sua equipe de governo, estiveram reunidos na manhã de quarta-feira (25), na sede da prefeitura para assinatura do termo de convênio para instalação do instituto. A unidade de ensino, que beneficiará os caculeenses e demais estudantes da região, foi viabilizada através dos mandatos dos deputados Luciano Ribeiro (DEM) e Paulo Azi (DEM) e tem como objetivo a cooperação pedagógica, técnico-científica e cultural entre os convenentes, o desenvolvimento de projetos e atividades voltadas para o treinamento de recursos humanos, ao desenvolvimento e difusão de tecnologias, ao planejamento e desenvolvimento institucional nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

  • Uneb cria cota para transgêneros, ciganos e autistas em todos os cursos

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    Por Tayane Rodrigues

    21/07/2018 - 09:00

    Porcentagem para cada um desses grupo será de 5% das sobrevagas, além das 40% destinadas para negros e 5% para indígenas, que já estavam em vigência

    A Uneb (Universidade Estadual da Bahia) vai disponibilizar vagas com cotas para transexuais, travestis, transgêneros, quilombolas, ciganos, pessoas com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades. A porcentagem para cada um desses grupo será de 5% das sobrevagas, além das 40% destinadas para negros e 5% para indígenas, que já estavam em vigência. As cotas começam a valer para todos os processos seletivos, tanto para graduação ou para pós-graduação, de 2019. Do total de vagas, 60% ficam reservadas a candidatos não-cotistas. O candidato que está dentro desses perfis também precisa ter cursado o ensino fundamental e médio em escola pública e possuir renda familiar mensal de até quatro salários mínimos. "Esta é mais uma deliberação histórica do Conselho Universitário, aprovando proposta de nossa gestão. A medida vem consolidar a UNEB como uma grande universidade pública inclusiva e popular, presente em praticamente todo o estado da Bahia", disse o reitor José Bites, durante a reunião do Consu (Conselho Universitário). 

  • Sob pressão, Temer mudará base curricular para o ensino médio

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    18/07/2018 - 11:00

    Ajustes serão feitos para atenuar as resistências à proposta – a meta do governo é de que medida seja aprovada ainda em 2018

    O Ministério da Educação decidiu alterar e ampliar a Base Nacional Comum Curricular referente ao ensino médio, alvo de críticas desde a apresentação do texto que seria definitivo, em abril. Segundo o G1, os ajustes serão feitos para atenuar as resistências à proposta – a meta do governo Michel Temer (MDB) é que ela seja aprovada ainda em 2018. A base define aquilo que os alunos de escolas públicas e particulares devem aprender na educação básica. Ao ser aprovada, será definido um prazo para tirar a medida do papel. A tendência, no entanto, é de que os estados tenham dois anos para adaptar os currículos.

  • Lista de selecionados da segunda chamada do ProUni já está na internet

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Alexandre Galvão

    17/07/2018 - 07:00

    Os estudantes que estão na lista têm até o próximo dia 23 para comprovar as informações prestadas na inscrição

    Está disponível na internet a lista dos selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos. O ProUni concede bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Os estudantes que estão na lista têm até o próximo dia 23 para comprovar as informações prestadas na inscrição. Eles devem comparecer às instituições selecionadas com os documentos exigidos. O aluno pode conferir a lista de selecionados e de documentos no site do programa. Na atual edição, o programa oferece mais de 174 mil bolsas, das quais 68 mil integrais e 105 mil parciais, em mais de 1,4 mil instituições de ensino superior.

  • Estudantes da Uneb e Uesb têm até sexta-feira para se inscrever no Mais Futuro

    13/07/2018 - 09:00

    Mais de 8,3 mil estudantes já foram beneficiados pelo Programa Mais Futuro, implementado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação. O objetivo do Mais Futuro é garantir a permanência na universidade dos jovens que se encontram em vulnerabilidade socioeconômica, com uma bolsa-auxílio mensal. Voltado para as universidade estaduais, o programa tem inscrições abertas para os alunos da Uneb (Universidade do Estado da Bahia) e Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) até esta sexta-feira, 13 de julho. Entre 7 e 17 de agosto, as inscrições estarão disponíveis para os estudantes da Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana) e Uesc (Universidade Estadual da Santa Cruz). Para participar do Mais Futuro, é preciso estar regularmente matriculado em curso de graduação presencial nas universidades públicas estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc). Outro critério é que o estudante esteja, comprovadamente, em situação de vulnerabilidade socioeconômica e não tenha concluído outro curso de nível superior. O valor da bolsa é de R$ 300 para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, ou de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior.  No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado. Para mais informações e inscrições, os interessados devem acessar o seguinte endereço: maisfuturo.educacao.ba.gov.br/permanencia.

  • Professores poderão receber bônus e aperfeiçoamento continuado

    Foto: Edilson Rodrigues | Agência Senado Foto: Edilson Rodrigues | Agência Senado
    05/07/2018 - 21:00

    Professores de escolas públicas com desempenho acima da média nas avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) poderão receber bônus salarial. O benefício está previsto em projeto aprovado na terça-feira (03) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O texto, um substitutivo do senador Cristovam Buarque (PPS-DF) ao PLS 294/2014, também garante prioridade no acesso ao aperfeiçoamento profissional continuado aos docentes de escolas com baixo desempenho no Inep. Para o senador, ambas as medidas promovem a valorização do professor e, consequentemente, da educação. "Creio que é um modo barato de incentivar os professores, sem criar uma disputa entre eles, o que é muito criticado por sindicatos. Haverá ainda algo interessante: os professores vão se fiscalizar, se incentivar, pois, se um não for eficiente na melhoria da performance da escola, os outros perdem também. Haverá um incentivo coletivo aos professores da instituição" explicou Cristovam.

  • Uma em cada três escolas particulares tem nota abaixo do esperado no Enem, diz jornal

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    29/06/2018 - 12:00

    Nas unidades públicas com alunos mais ricos, o índice chega a 51%, embora não haja autonomia para resolver lacunas estruturais, como a falta de professores

    Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) costumam confirmar, anualmente, o abismo entre o desempenho dos estudantes de escolas públicas e privadas. Um levantamento da Folha de São Paulo, no entanto, mostra que, apesar de as unidades particulares terem melhores resultados em geral, a situação entre elas também é desigual, mesmo quando atendem a alunos de mesmo perfil. Uma em cada três escolas particulares do país com estudantes de alto nível socioeconômico não atingiu a nota que seria esperada no Enem do ano passado para tais colégios. O estudo aponta que das 1.163 escolas privadas com alunos de nível socioeconômico “muito alto”, “alto” e “médio alto”, 418 (36%) não alcançaram patamares que os grupos precisariam atingir, conforme estimativas estatísticas calculadas pela reportagem. Nas unidades públicas com estudantes mais ricos, o índice chega a 51%, embora os centros de ensino não tenham autonomia para resolver lacunas estruturais, como a falta de professores.

  • Estudantes têm até hoje para se inscrever no ProUni

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Alexandre Galvão

    29/06/2018 - 08:00

    Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio de 2017, alcançado no mínimo 450 pontos e tido nota superior a zero na redação

    Terminam hoje (29) as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni). Os cadastros são feitos exclusivamente pela internet, na página do programa. O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, no atual processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, das quais 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. Os benefícios são para o segundo semestre. De acordo com a Agência Brasil, para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, alcançado no mínimo 450 pontos e tido nota superior a zero na redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Estudantes que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública, também podem solicitar o pecúnio. O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem consegui-la, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis também na página do ProUni, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.

  • Vagas do ProUni estão disponíveis para consulta

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Matheus Simoni

    20/06/2018 - 21:00

    Estudantes interessados em concorrer a bolsas de estudo em instituições de ensino superior privadas podem consultar as vagas disponíveis na página do Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas de 26 a 29 de junho. Ao todo, serão ofertadas 174.289 vagas, das quais 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As opções podem ser consultadas por curso, por instituição ou por município. Para se candidatar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, com um mínimo de 450 pontos e nota superior a zero na redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros que não possuem diploma superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Também podem solicitar uma bolsa os alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública. O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter uma renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.431. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm uma renda familiar per capita de até três salários mínimos, R$ 2.862. Quem conseguir uma bolsa parcial, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do ProUni na internet, a partir do dia 2 de julho, para a primeira chamada, e de 16 de julho, para a segunda. Quem não for selecionado, poderá participar da lista de espera, nos dias 30 e 31 de julho.

  • Estado divulga resultado do concurso para professor e coordenador pedagógico

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    19/06/2018 - 12:00

    O Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação e Administração, publicou no Diário Oficial desta terça-feira (19), o resultado final e homologação do concurso público para suprimento de 3.760 vagas na rede estadual de ensino, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e em outros 26 municípios do estado. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo local (NTE). Do total de vagas, 30% são reservadas para negros e 5% para pessoas com deficiência. Professores terão remuneração total de R$ 2.814,28, enquanto que coordenadores pedagógicos receberão R$ 2.890,87. As vagas de professor são para lecionar Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia. O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período. A nomeação dos aprovados será realizada pela Secretaria da Educação, conforme a conveniência da administração pública.

  • Resultado do Sisu do segundo semestre é divulgado pelo MEC

    Foto: Reprodução | Fotos Públicas Foto: Reprodução | Fotos Públicas
    18/06/2018 - 11:00

    O Ministério da Educação divulgou nesta segunda-feira (18) o resultado da chamada regular da edição do segundo semestre do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) – confira aqui as listas de aprovados no site do programa. Neste semestre, 68 instituições aderiram ao método: 30 universidades federais, 27 institutos federais, dois centros de educação tecnológica federais, além de sete universidades estaduais e um centro universitário público estadual. As inscrições foram encerradas às 23h59 da última sexta (15).

  • Inscrições para Sisu começam nesta terça-feira (12)

    Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia
    12/06/2018 - 00:00

    Os estudantes que desejam ingressar no ensino superior em instituições públicas podem consultar as vagas disponíveis no site do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e se inscrever a partir de amanhã (12). As vagas podem ser consultadas por curso, instituição de ensino e por município. As inscrições para o segundo semestre vão até o dia 15 de junho. Na Bahia, são ofertados 216 cursos, em sete instituições espalhadas por 34 cidades. Em todo país, o Sisu vai oferecer 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior, de acordo com o Ministério da Educação. Podem concorrer às vagas aqueles que realizaram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2017 e alcançaram nota superior a zero na redação. Todo o processo de inscrição é feito exclusivamente pela internet, na página do Sisu. O resultado da primeira lista de selecionados está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 até 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho. Confira a lista de universidades e a quantidade de vagas ofertadas em cada uma: Universidade do Estado da Bahia (Uneb) - 88; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Ifbaiano) - 4; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) - 25; Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) - 23; Universidade Federal da Bahia (Ufba) - 36; Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) - 1; Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) - 39

  • Comissão aprova método de ensino diferenciado para os jovens do meio rural

    Foto: Geraldo Magela | Agência Senado Foto: Geraldo Magela | Agência Senado
    06/06/2018 - 07:00

    A Comissão de Educação (CE) aprovou nesta terça-feira (5) o parecer do senador Pedro Chaves (PRB-MS) favorável ao projeto (PLC 184/2017) que inclui a Pedagogia da Alternância na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB - Lei 9.394), como uma das metodologias a serem adotadas pelas escolas em áreas rurais. A Pedagogia da Alternância, desenvolvida primeiramente na França, busca compatibilizar as atividades teóricas da educação escolar com as atividades práticas do campo. A proposta segue agora para votação do Plenário do Senado. O método prevê que durante duas semanas os jovens aprendam na escola conhecimentos gerais e técnicos voltados para a realidade agrícola. Na quinzena seguinte, o estudante tem a oportunidade de aplicar esses conhecimentos no campo, geralmente em propriedades familiares ou nos arredores da escola. O método foi estabelecido por educadores e camponeses franceses em 1935, tendo chegado ao Brasil em 1969.