BUSCA PELA CATEGORIA "Economia"

  • Petrobras anuncia redução de 2% no preço da gasolina nas refinarias

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    22/10/2018 - 15:00

    Essa é a sétima queda consecutiva do preço, que desde 22 de setembro, quando custava R$ 2,2514 por litro, já recuou 8,33%

    A Petrobras anunciou hoje (22) uma redução de 2% no preço da gasolina comercializada em suas refinarias. A partir de amanhã (23), o litro do combustível passará a ser negociado a R$ 2,0639, segundo informou a estatal. Essa é a sétima queda consecutiva do preço, que desde 22 de setembro, quando custava R$ 2,2514 por litro, já recuou 8,33%.

  • Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    19/10/2018 - 15:30

    A última movimentação no preço do produto se deu no último dia 12 de outubro

    A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o país a partir de amanhã (20). Com a decisão, valor cairá de R$ 2,1490 – preço que vigorava desde o último dia 12 – para os R$ 2,1060 anunciado pela estatal para vigorar neste sábado. O preço do litro do combustível atingiu maior valor nas refinarias no dia 14 de setembro último, quando a estatal passou a cobrar pelo litro da gasolina R$ 2,2514, preço que se manteve por 12 dias, até o dia 22 do mesmo mês, portanto por doze dias consecutivos. A partir de então, o preço do litro da gasolina passou a registrar quedas consecutivas. No dia 25 de setembro, a estatal reduziu o preço do litro do procuto para R$ 2,2381, mantendo desde então uma tendência de queda no preço do litro da gasolina. A última movimentação no preço do produto se deu no último dia 12 de outubro, quando o preço médio do litro nas refinarias passou a custar R$ 2,1490, preço que ficou estável por quatro dias consecutivos até o aumento anunciado hoje e que passará a vigorar a partir de amanhã. O óleo diesel cobrado nas refinarias está em R$ 2,3606, o litro, desde o dia 30 de setembro, quando foi reajustado. Antes custava R$ 2,2964.

  • Dólar sobe e bolsa cai com declarações de Bolsonaro

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Marina Hortélio

    10/10/2018 - 19:25

    O mercado financeiro não recebeu bem os posicionamentos do presidenciável do PSL sobre as privatizações e a reforma da Previdência

    Os posicionamentos do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) sobre as privatizações e a reforma da Previdência não foram bem recebidos pelo mercado financeiro, o que derrubou a Bolsa de valores e levou o dólar para o patamar de R$ 3,75. Hoje (10), a Bolsa brasileira recuou 2,79%, a 83.679 pontos, com destaque para a queda acentuada nas ações das empresas estatais. O volume financeiro fechou a R$ 14,7 bilhões, abaixo dos números dos últimos dias, mas acima da média diária do ano, que é de R$ 11 bilhões. Em entrevista concedida na noite de ontem (9) à TV Bandeirantes, Bolsonaro afirmou ser contrário à privatização de ativos na área de geração de energia elétrica e que gostaria de manter o "miolo" da Petrobras sob o controle do Estado. Em resposta às declarações, as ações das empresas do setor despencaram. A Eletrobras perdeu quase 10% nesta quarta. Já os papéis da Petrobras recuaram perto de 3%, e os do Banco do Brasil, mais de 4%. Ontem (9), o deputado disse ainda que não pretende aprovar a reforma da Previdência proposta pelo governo Temer (MDB).

  • Conta de luz segue com taxa extra no mês de outubro

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Daniel Brito

    30/09/2018 - 08:00

    Tarifa continua com um adicional de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos; Aneel diz que decisão se deve a baixo nível de armazenamento nas usinas hidrelétricas

    A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou ontem (28) que as contas de luz vão permanecer com bandeira vermelha em seu segundo nível no mês de outubro. Com isso, a tarifa vai continuar, pelo quinto mês seguido, com um adicional de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Desde o mês de junho, a medida está em vigor. Segundo a agência reguladora, a manutenção da bandeira vermelha acontece por causa das condições hidrológicas desfavoráveis e da redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios das usinas hidrelétricas do país, resultado das chuvas mais fracas que o esperado para esse período.

    O sistema de bandeiras tarifárias considera o nível dos reservatórios das hidrelétricas e o preço da energia no mercado à vista. Na bandeira verde, não há cobrança de taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa é de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Já no primeiro nível da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 3 a cada 100 kWh e, no segundo nível, a cobrança é de R$ 5 a cada 100 kWh.

  • Petrobras reduz em 0,59% preço da gasolina nas refinarias

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Matheus Morais

    24/09/2018 - 11:25

    Apesar da queda do preço, o combustível acumula uma alta de 4,7% em setembro

    A Petrobras reduziu em 0,59% o preço da gasolina em suas refinarias, depois de manter o preço estável por mais de uma semana. Com o reajuste, que entra em vigor amanhã (25), o litro do combustível recuará de R$ 2,2514 para R$ 2,2381. Apesar da queda do preço, o combustível acumula uma alta de 4,7% em setembro, o que significa um aumento acumulado de 10 centavos por litro.

  • Principais candidatos à Presidência não registram propostas para salário mínimo

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Alexandre Galvão

    24/09/2018 - 10:30

    Haddad registrou no TSE que manterá a atual política para o mínimo, acrescentando que garantirá aumento real mesmo quando não houver crescimento do PIB

    Os cinco candidatos mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de votos não mencionam nas propostas que registraram no TSE as propostas para reajuste do salário mínimo. Jair Bolsonaro (PSL), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) ignoram o tema. Fernando Haddad (PT) reservou apenas um parágrafo no programa de governo. A lei que estabelece o aumento do mínimo com base na inflação e no crescimento do PIB perde a validade em 1º de janeiro. Assim, o próximo presidente poderá escolher se e como vai reeditar a política. De acordo com o Estadão, a campanha de Alckmin diz apenas que o salário mínimo será "prioridade". O grupo de Ciro Gomes (PDT) vai pelo mesmo caminho. Haddad registrou no TSE que vai manter a atual política para o mínimo, com o acréscimo de que vai garantir aumento real, mesmo quando não houver crescimento do PIB. Só não explica como. A campanha de Bolsonaro não respondeu.

  • Bahia tem a gasolina mais cara do Nordeste, segundo ANP

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    20/09/2018 - 11:00

    Levantamento da agência também aponta que o estado tem o sexto maior preço do combustível em todo o Brasil

    A Bahia tem a gasolina mais cara do Nordeste, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo. No estado, o combustível vale em média R$ 4,807. O preço também é o sexto maior do país e está quase R$ 0,20 acima da média nacional, que é de R$ 4,628. Foram pesquisados 330 postos baianos, no período entre os dias 8 e 15 de setembro. A gasolina mais cara está em Porto Seguro, onde o litro custa R$ 5,249. Já o município que tem o combustível mais barato é Lauro de Freitas, com valor médio de R$ 4,403. O preço da gasolina na Bahia pode estar ligado à alta margem de lucro média, que corresponde à diferença entre o preço pelo qual o combustível é vendido ao consumidor e o valor pelo qual ele é comprado pelos postos. A margem média do estado é a segunda maior do Brasil, com lucro de R$ 0,615 por litro de combustível. Além de aparecer em primeiro lugar na margem de lucro média, com R$ 0,734 por litro, o Acre é também o estado com a gasolina mais cara do país. Lá, o litro é vendido a uma média de R$ 5,129. Já no Amapá, o combustível pode ser encontrado pelo valor mais barato: R$ 4,129.

  • Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    13/09/2018 - 16:00

    Nos últimos dez dias, o preço do litro da gasolina nas refinarias já subiu R$ 0,08. Em 30 dias, subiu R$ 0,33

    A Petrobras elevou em R$ 0,02 o litro da gasolina nas refinarias, nesta quinta-feira (13), para as distribuidoras. O novo valor, de R$ 2,2514, vigora a partir da meia-noite de sexta-feira (14). O diesel, por sua vez, não teve aumento, ficando em R$ 2,2964 o litro, mesmo valor praticado desde o dia 31 de agosto. Nos últimos dez dias, o preço do litro da gasolina nas refinarias já subiu R$ 0,08. Em 30 dias, subiu R$ 0,33, quando o litro era vendido a R$ 1,9173. O valor é menor do que o praticado nos postos, que têm liberdade para estipular o preço e incluem custos com mão de obra, operacionais e impostos. Segundo a Petrobras, a política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias. De acordo com a Petrobras, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. “São os combustíveis tipo A, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol, e diesel também sem adição de biodiesel. Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis.”

  • Novo aumento! Gasolina nas refinarias da Petrobras sobe 1,02%

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    12/09/2018 - 11:00

    A partir desta quinta-feira (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro

    Depois de uma semana sem reajustes no preço da gasolina, a Petrobras anunciou hoje (12) aumento de 1,02% no preço do combustível comercializado em suas refinarias. A partir desta quinta-feira (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro. No mês, o litro do combustível já subiu nove centavos, ou seja, 4,3% a mais do que custava no fim de agosto (R$ 2,1375).

  • Governo decide recompor orçamento do Bolsa Família para 2019

    Foto: Elza Fiúza | Agência Brasil Foto: Elza Fiúza | Agência Brasil
    Por Marina Hortélio

    05/09/2018 - 18:00

    O valor assegurado ao programa social vai ficar em R$ 30 bilhões; proposta original era de R$ 15 bilhões

    O presidente Michel Temer determinou a recomposição do orçamento do Bolsa Família no projeto de lei orçamentária de 2019, informou hoje (5) o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. O valor assegurado ao programa social na proposta vai ficar em R$ 30 bilhões. No final de agosto, o governo enviou ao Congresso Nacional o projeto de lei com o orçamento de 2019. De acordo com Beltrame, a proposta original previa que R$ 15 bilhões fossem destinados ao Bolsa Família – o valor é o suficiente para custear seis meses do programa. Com a antiga proposta, o próximo governo teria que pedir autorização ao Congresso para suplementar o orçamento e viabilizar a medida no restante de 2019. O ministro disse que explicou a situação ao presidente e solicitou a mudança da proposta.

  • Petrobras anuncia alta de 1,68% na gasolina nas refinarias e valor chega a novo recorde

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    04/09/2018 - 13:00

    A decisão de repassar o aumento do valor da combustível cobrado pela Petrobras para o consumidor final é dos postos

    A Petrobras anunciou hoje (4) um aumento de 1,68% nos preços da gasolina nas refinarias. Com a medida, o valor passará de R$ 2,1704 para R$ 2,2069 o litro a partir de amanhã (5). Com o incremento, o novo valor vai atingir uma máxima dentro da política de reajustes diários, iniciada há mais de um ano. No acumulado em um mês, a alta chega a 13,38%. A decisão de repassar o aumento do valor cobrado pela Petrobras para o consumidor final é dos postos de combustível.

  • Governo propõe salário mínimo de R$ 1.006 em 2019

    Foto: Marcos Santos | USP Imagens Foto: Marcos Santos | USP Imagens
    Por Luiza Leão

    31/08/2018 - 18:00

    O valor, porém, poderá ser alterado caso haja mudança na previsão para a inflação deste ano

    A proposta do governo federal ao Congresso Nacional é de que o salário mínimo seja de R$ 1.006 no ano que vem. O crescimento do Produto Interno Bruto foi estimado em 2,5%. Os valores, tanto do mínimo quanto do PIB, foram encaminhados hoje (31) ao Legislativo e constam na proposta do orçamento do ano que vem. Atualmente, o salário está em R$ 954. Em abril, a perspectiva era de que o mínimo chegasse a R$ 1.002 no ano que vem. Se aprovado no Congresso, passará a valer em janeiro, com pagamento a partir de fevereiro. O valor, porém, poderá ser alterado caso haja mudança na previsão para a inflação deste ano.

  • Petrobras faz reajuste de 13% em preço do diesel nas refinarias

    Foto: Reprodução | TV Sudoeste Foto: Reprodução | TV Sudoeste
    Por Matheus Simoni

    31/08/2018 - 10:30

    Este é o primeiro aumento no combustível desde junho

    A Petrobras anunciou hoje (31) o reajuste de 13% no preço médio do diesel praticado pela estatal nas refinarias. Com a mudança, o preço do litro sobe de R$ 2,0316 para R$ 2,2964. Este é o primeiro aumento no combustível desde junho. Segundo a estatal, o reajuste acontece depois de a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) ter publicado novos valores de referência para comercialização do produto. Os novos preços entram em vigor já nesta sexta-feira e devem acabar impactando no valor pago pelos consumidores nas bombas. 

  • Petrobras anuncia alta da gasolina nas refinarias a partir de hoje e valor chega a recorde

    Foto: Tania Regô | Agência Brasil Foto: Tania Regô | Agência Brasil
    Por Clara Rellstab

    30/08/2018 - 08:30

    O diesel, por sua vez, congelado desde junho por conta dos subsídios oferecidos pelo governo após a paralisação dos caminhoneiros, será alterada com a aplicação de uma nova fórmula a partir de 1º de setembro

    O preço médio da gasolina praticado pela Petrobras nas refinarias será elevado ao maior patamar da era de reajustes diários hoje (30) – ainda com a política de seguir as cotações do mercado internacional e as oscilações do câmbio. Conforme informado no site da estatal, o preço da gasolina irá a R$ 2,1079 por litro na quinta-feira, alta de 1,2% ante o registrado atualmente. O cálculo do diesel, por sua vez, congelado desde junho por conta dos subsídios oferecidos pelo governo após a paralisação dos caminhoneiros, será alterado com a aplicação de uma nova fórmula a partir de 1º de setembro.

  • Governo diz que ICMS da gasolina não aumentou, e aciona Procon contra postos

    Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Por Luiza Leão

    16/08/2018 - 20:00

    Levantamento realizado pela Secretaria da Fazenda aposta que os estabelecimentos do estado têm a 3ª maior margem de lucro do país na venda da gasolina

    Devido à estabilidade da alíquota do ICMS para os combustíveis desde 2015, o governo do Estado acionou o Procon pelo aumento da gasolina em postos baianos. O objetivo é combater possíveis distorções, em especial, no que diz respeito a indícios de cobrança abusiva e combinada. O levantamento realizado pela Secretaria da Fazenda foi baseado na pesquisa de preços da Agência Nacional do Petróleo, que identificou que os estabelecimentos do estado têm a terceira maior margem de lucro do país na venda da gasolina. O imposto é cobrado na saída da refinaria da Petrobras e incide sobre o preço de bomba. A alíquota é aplicada sobre a média de preços do combustível ao consumidor final, a chamada pauta fiscal. A margem é definida pela diferença entre os preços médios registrados nas bombas de gasolina e nas distribuidoras, o que constatou que a Bahia fica atrás apenas do Amazonas e do Acre.

  • Saques de PIS/Pasep são liberados hoje

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    14/08/2018 - 10:43

    Clientes da Caixa, que paga o PIS, e do Banco do Brasil, responsável pelo Pasep, já receberam as cotas automaticamente na semana passada

    Trabalhadores de todas as idades com dinheiro no fundo PIS/Pasep poderão sacar o valor a partir de hoje (14). Clientes da Caixa, que paga o PIS, e do Banco do Brasil, responsável pelo Pasep, já receberam as cotas automaticamente na semana passada. Cerca de 20,2 milhões de pessoas têm dinheiro para receber. Deles, a maioria tem menos de 60 anos de idade – e, portanto, só tem até o dia 28 de setembro para fazer o saque.

  • Novo decreto deve manter desconto de R$ 0,46 ao litro do diesel até dezembro

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    31/07/2018 - 09:30

    A União reservou R$ 9,5 bilhões para bancar parte do pacote, que ficou conhecida como “bolsa caminhoneiro” após a greve no setor

    O decreto que será editado pelo governo para regulamentar a subvenção ao preço do diesel a partir de agosto deve manter o subsídio de R$ 0,30 por litro – o valor é o mesmo da medida baixada no início de junho e que vigora até hoje. Segundo o Estadão, o novo decreto deve dispor sobre o benefício até dezembro deste ano. Essa é a parcela do subsídio pelo qual o governo precisa ressarcir a Petrobras e os demais fornecedores do combustível. A União reservou R$ 9,5 bilhões para bancar parte do pacote, que ficou conhecida como “bolsa caminhoneiro” após a greve no setor. Os outros R$ 0,16 por litro de desconto são concedidos por meio da desoneração de tributos que incidem sobre o diesel, já em vigor – a parcela vai custar R$ 4 bilhões aos cofres da União até o fim do ano.

  • Bandeira tarifária seguirá no patamar mais caro em agosto, informa Aneel

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Clara Rellstab

    28/07/2018 - 11:00

    Com a mudança, para cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumida, haverá cobrança extra de R$ 5 na conta de luz

    A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta ontem (27) que manterá no mês de agosto a bandeira tarifária no patamar dois da cor vermelha – o mais caro. Com a mudança, para cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumida, haverá cobrança extra de R$ 5 na conta de luz. Agosto será o terceiro mês seguido com a bandeira tarifária no patamar mais caro. A cobrança extra de R$ 5 para cada 100 kWh começou em junho – em maio, a bandeira tarifária estava na cor amarela, cuja cobrança extra é de R$ 1 para cada 100 kWh.

  • Começa o pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2018-2019

    Foto: Rafael Neddermeyer | Fotos Públicas Foto: Rafael Neddermeyer | Fotos Públicas
    Por Clara Rellstab

    26/07/2018 - 12:00

    O valor do abono varia de R$ 80 a R$ 954, a depender do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017

    O pagamento do abono salarial PIS-Pasep calendário 2018-2019 (ano-base 2017) começa hoje (26). No caso do PIS, o depósito será para trabalhadores da iniciativa privada nascidos em julho, e no do Pasep é para servidores públicos com final da inscrição 0. O valor do abono varia de R$ 80 a R$ 954, a depender do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017. Tem direito ao benefício quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017.  

  • Preço da gasolina vai subir 0,39% nas refinarias a partir de quinta (26)

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    Por Marina Hortélio

    25/07/2018 - 15:47

    O valor do litro do combustível vai passar para R$ 1,9502

    O preço da gasolina nas refinarias vai aumentar 0,39% amanhã (26), informou hoje (25) a Petrobras. Na primeira elevação desde 12 de julho, o valor do litro vai passar para R$ 1,9502. Ontem (24), o preço do combustível havia sido reduzido em 0,94%, menor patamar desde o dia 29 de junho. No dia, o litro da gasolina custava R$ 1,9426 por litro. O valor do diesel segue a R$ 2,0316 o litro. O preço do combustível é parte de uma subvenção econômica oferecida pelo governo nas negociações durante a greve dos caminhoneiros.