BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

  • Segurança Pública Baiana: delegados desistem de entregar cargos e aguardam negociações

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    15/12/2018 - 07:00

    Após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (14), os delegados da Polícia Civil do Estado da Bahia decidiram suspender a entrega dos cargos anunciada na terça-feira (11). O mais de 300 delegados iriam entregar os cargos por não concordarem com medida do projeto de reforma administrativa, proposto pelo governo do estado, que fixa os ganhos do governador, que é de R$ 22 mil, como o teto salarial para todos os servidores. De acordo com o presidente da Sindicato dos Delegados de Polícia da Bahia (ADPEB), Fábio Lordello, a decisão tomada na assembleia desta sexta é um voto de confiança na negociação entre o governo do estado e o delegado-geral da Polícia Civil, Bernadino Brito Filho. Segundo o delegado-geral, na negociação foi apresentada uma nova proposta de texto à emenda constitucional que trata sobre o teto salarial. Esse texto diz que, para os delegados diretores da Polícia Civil, o teto salarial seria o dos desembargadores do poder judiciário. O presidente da ADPEB destacou que a assembleia permanente da categoria continua, e que ela só será suspensa depois que eles tiverem acesso à redação da nova proposta.

  • Saúde: Estado busca ampliar repasses federais para saúde em mais R$520 milhões

    Foto: Divulgação | Sesab Foto: Divulgação | Sesab
    Por Juliana Rodrigues

    13/12/2018 - 08:00

    Secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas se reuniu com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em Brasília

    O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, se reuniu nesta quarta-feira (12), em Brasília, com o ministro da Saúde Gilberto Occhi, acompanhado dos deputados Cacá Leão e Mário Negromonte Jr, a fim de ampliar os repasses federais para saúde da Bahia em mais de R$ 520 milhões por ano. Os recursos adicionais referem-se a operação de novas unidades hospitalares estaduais e policlínicas, a ampliação de leitos e serviços de diagnóstico, bem como a recomposição do custeio de instituições federais como o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes). De acordo com o secretário, o Ministério da Saúde reconhece o esforço do Governo da Bahia para ampliar e descentralizar a assistência à saúde, sobretudo, em um momento de restrições orçamentárias e financeiras. “O tesouro estadual vem mantendo unidades hospitalares operacionais, como o HGE 2, Hospital da Mulher e Instituto Couto Maia, todos em Salvador, além do Hospital da Chapada, em Seabra, e o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. Neste cenário, o governo federal deveria aportar, no mínimo, R$ 241 milhões”, ressalta Vilas-Boas. Com mais de 270 mil atendimentos nas regiões de Irecê, Guanambi, Jequié, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus e Teixeira de Freitas, as oito policlínicas inauguradas entre o final de 2017 e o primeiro semestre de 2018, devem receber o aporte de R$ 89,8 milhões do Governo Federal para cobrir parte dos custos da operação, visto a ampliação de serviços especializados e exames de alta complexidade como ressonância magnética. Com as habilitações de serviços e a ampliação dos recursos destinados ao teto de média e alta complexidade (MAC) do Estado da Bahia, o governo estadual avançará ainda mais na missão de expandir e descentralizar o atendimento a saúde da população.

  • Secretário da Fazenda compreende protestos, mas defende reformas na Bahia

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Matheus Simoni

    12/12/2018 - 08:00

    Na tarde de ontem (11), a votação das propostas na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) não aconteceu por conta dos protestos de servidores na Casa

    O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, defendeu as reformas administrativas propostas pelo governador Rui Costa (PT), que trata do aumento da alíquota da aposentadoria, que vai passar de 12% para 14%. Em entrevista à Rádio Metrópole durante o Jornal da Bahia no Ar de hoje (12), o gestor defendeu os reajustes e disse compreender os protestos dos servidores. Na tarde de ontem (11), a votação das propostas na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) não aconteceu por conta dos protestos de servidores na Casa. "O que se pode fazer numa situação em que o país se encontra, em que existe uma tendência de déficit fiscal, é que tem uma natureza estrutural e que não é passageira, que se agrava com a crise econômica. Só há duas saídas: ou você aumenta impostos e divide a carga com a população total, que a gente sabe que essas pessoas estão numa situação difícil, ou você faz o ajuste da máquina", afirmou Vitório. "Tenho ouvido dos servidores que eles não são responsáveis pela situação fiscal e eles têm razão. Mas, por outro lado, se não fizermos nada e a administração pública se omitir, iremos entrar numa situação como o Rio de Janeiro e outros estados. A medida às vezes não é compreendida, a gente entende a aspiração e ansiedade das pessoas. É um momento difícil para a vida brasileira e baiana também. Mas precisamos manter o estado funcionando e a prestação de serviços. Acho que não há outra alternativa", declarou o secretário. Questionado sobre o pagamento de salários e 13º no fim do ano, o secretário declarou que os vencimentos estão garantidos no estado. "Os ajustes são profundos, mas acho que estaremos preparados para conduzir as finanças da Bahia e os rumos do estado, continuar os investimentos e pagando em dia. Não sei qual dos estados vai pagar em dia e o décimo terceiro, mas a Bahia vai pagar", finalizou.

  • Municípios recebem repasse extra de R$ 377 milhões da União

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    09/12/2018 - 10:30

    Valor é referente a uma fatia extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

    Os municípios baianos vão iniciar a próxima semana com mais recursos  para fechar as contas do ano, depois do repasse de cerca de R$ 377,9 milhões às 417 cidades do estado, nesta sexta-feira (7). O levantamento é da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O valor é referente a uma fatia extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Em todo o País, a União encaminhou R$ 4,1 bilhões aos mais. A informação é do Correio. Na Bahia, os valores destinados a cada cidade varia de acordo com o tamanho da localidade. O recurso extra é oriundo da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR), contabilizada entre o início de dezembro do ano passado até o final de novembro de 2018.

  • Candidatos do concurso da Polícia Civil são convocados para realizar teste de aptidão física

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    06/12/2018 - 12:30

    Candidatos aprovados na 3ª Etapa (exames biomédicos) do Concurso da Polícia Civil da Bahia (Edital Saeb/01/2018) devem comparecer, neste domingo (09), para realização do Teste de Aptidão Física (TAF), no Estádio de Pituaçu, situado na região da Avenida Pinto de Aguiar, no bairro de Pituaçu. Esta convocação corresponde a 4ª Etapa do certame, conforme Edital Saeb/01/2018, para os cargos de delegado, escrivães e investigadores de Polícia. O Teste de Aptidão Física será realizado das 7h às 14h30 de domingo (9). Candidatos devem comparecer ao local dos TAF com uma hora de antecedência em relação ao horário indicado na convocação e no cartão informativo, disponível no site da empresa realizadora do concurso e no Portal do Servidor. Teste tem caráter eliminatório e visa avaliar o desempenho físico dos candidatos, que deverá obedecer aos padrões exigidos para os cargos. Os candidatos devem se apresentar vestidos com trajes e calçados apropriados, como calção, shorts ou bermuda térmica; ou agasalho e camiseta; meias e calçando algum tipo de tênis ou sapatilhas. Para o teste de natação, o candidato deverá usar sunga (sexo masculino) e maiô peça única (sexo feminino). Conforme estabelecido disposto no item 10.10 do Capítulo 10 do Edital de Abertura de Inscrições (SAEB/01/2018), os candidatos também devem se apresentar portando um documento de identificação. Não serão admitidos retardatários, sob pretexto algum, após o fechamento dos portões. Também não haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato. No local de realização do Teste de Aptidão Física, os candidatos devem assinar o um termo de responsabilidade, além de entregar atestado médico específico, em original, proveniente de órgão de saúde ou de clínica de saúde ou de médico, emitido em período não superior a 30 (trinta) dias a contar da data da aplicação deste TAF. Nele, deverá constar que o candidato está apto para realizar a 4ª Etapa, além de conter local, data, nome e número do CRM do profissional médico que elaborou o atestado, os quais deverão ser apresentados com assinatura e carimbo do médico, conforme Anexo III deste Edital. A próxima fase do concurso está prevista para janeiro, com a realização da 5ª Etapa: Exame Psicotécnico, dirigidos àqueles candidatos aprovados nos Teste de Aptidão Física (TAF).

  • Comandante da PM-BA espera que governo Bolsonaro endureça leis

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Alexandre Galvão

    06/12/2018 - 08:30

    O chefe da PM falou também da redução de morte de PMs. “Não gosto de comemorar [os dados]. Deixou de morrer, mas morreu alguém"

    Comandante da Polícia Militar da Bahia, o comandante Anselmo Brandão espera que o governo Bolsonaro endureça as leis para presos no Brasil. “As leis são muito frágeis. Tem ladrão de carro que já prendemos dezenas de vezes. Roubo de veículo é uma queixa nossa. Os elementos pensam que vão roubar e não vão ser presos. Espero que o novo governo mude as regras”, disse, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole. O coronel lamentou ainda o aumento do consumo de drogas na capital. De acordo com ele, o tráfico é um “negócio bom”. “Infelizmente, o consumo tem aumentado muito. Eu faço esse balizador pelos bairros. Tem bairros em Salvador que eu trabalhei muito tempo na área e tinha só um grupo que vendia. Hoje tem 4 e 5. O negócio é bom, tem muito consumidor”, ironizou. O chefe da PM falou também da redução de morte de PMs. “Não gosto de comemorar [os dados]. Deixou de morrer, mas morreu alguém. Esse ano estamos em 15 [mortos]. O bom era que não morresse ninguém. Nosso policial morre, pois está na linha da violência”.

  • Bahia: Inema emite alerta máximo para chuvas em 149 municípios; veja lista

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    06/12/2018 - 07:00

    De acordo com o órgão, a previsão para as próximas horas é de chuva intensa, acompanhada de trovoadas e rajadas de vento

    O Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (Inema) emitiu, no final da tarde de ontem (5), um alerta máximo de chuva para as próximas horas em Salvador e outros 148 municípios da Chapada Diamantina, Recôncavo e parte do Sul do estado. De acordo com o órgão, a previsão é de chuva intensa, acompanhada de trovoadas e rajadas de vento. Entre os municípios em estado de alerta máximo, estão Amélia Rodrigues, Jequié, Camaçari, Conceição do Jacuípe, Dias D'Ávila, Feira de Santana, Ilhéus, Itacaré e Santo Antônio de Jesus. Veja a lista completa.

  • Bahia tem quase metade da população abaixo da linha da pobreza, diz IBGE

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    05/12/2018 - 12:30

    Índice é maior do que a média nacional e cresceu em comparação com 2016

    A Bahia tinha cerca de 6,9 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza em 2017, de acordo com dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número corresponde a 44,8% da população. A avaliação do IBGE se baseia no critério definido pelo Banco Mundial para países de renda média, de US$ 5,50 por dia em paridade de poder de compra (PPC), o que equivalia, em 2017, a cerca de R$ 406 mensais. O índice atingido pela Bahia é bem maior do que a média nacional. No ano passado, em todo o país, cerca de 55 milhões de pessoas (26,5% da população) estavam abaixo da linha da pobreza. Desse total, a maior parte - 25 milhões - se concentra na região Nordeste. O porcentual da Bahia é equivalente ao de toda a região e ocupa a 8ª posição entre todos os estados. As unidades federativas do Maranhão (54,1%), Alagoas (48,9%) e Amazonas (47,9%) tinham, em 2017, os maiores porcentuais de pessoas abaixo da linha de pobreza, enquanto Santa Catarina (8,5%), Rio Grande do Sul (13,5%) e Distrito Federal (13,9%) tinham os menores. Quando se considera apenas a capital baiana, a proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza é quase metade da encontrada em todo o estado, correspondendo a 24,2% da população municipal (cerca de 715 mil pessoas). O índice é um pouco menor do que a média nacional e é o 13º mais alto entre as capitais. Ainda segundo o IBGE, em relação a 2016, o porcentual de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza cresceu tanto no país como um todo (de 25,7% para 26,5%), quanto na Bahia (de 42,8% para 44,8%) e em Salvador (de 22,9% para 24,2%).

  • Rui anuncia aumento de auxílio alimentação para servidores do Estado

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Lara Ferreira

    04/12/2018 - 17:00

    O reajuste passa a valer a partir de janeiro

    O governador Rui Costa anunciou, na tarde de hoje (4), o aumento no auxílio alimentação recebido pelos servidores do Estado. “Autorizei o reajuste no auxílio alimentação para todos os servidores do Poder Executivo do Estado que trabalham no regime de 40 horas semanais. O valor do auxílio vai subir de R$ 9 para R$ 12 diários. Estamos adotando medidas amargas para manter as finanças equilibradas, mas com muito esforço conseguimos assegurar o aumento desse benefício”, escreveu ele em sua conta no Twitter. O aumento já havia sido aprovado pelo Conselho de Política de Recursos Humanos, mas dependia da aprovação do governador, que autorizou a publicação da resolução número 540/2018 no Diário Oficial do Estado de amanhã (5). De acordo com a Secretaria da Administração, o reajuste do benefício resulta em impacto de R$ 77 milhões nas contas públicas do Estado no próximo ano. O aumento já passa a valer a partir de janeiro.

  • Polícia encontra corpos de dois pescadores desaparecidos no Rio São Francisco

    Foto: Divulgação | Polícia Militar Foto: Divulgação | Polícia Militar
    Por Juliana Rodrigues

    03/12/2018 - 10:00

    Equipes continuam com com as buscas; Marinha foi acionada para ajudar

    Os corpos dos pescadores Jebson Luiz dos Santos, 29 anos, Washington Bispo dos Santos, 39, foram resgatados na manhã desta segunda-feira (3), no Rio São Francisco, na cidade de Xique-Xique, por unidades da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe). Os homens pescavam com amigos em uma canoa, quando o barco virou, no domingo (2). Os policiais continuam realizando as buscas de outras duas pessoas. Dois homens, que também estavam na canoa e conseguiram nadar até as margens, contaram a polícia que haviam quatro homens no barco. De acordo com o responsável pela operação,  major PM Carlos Maltez, as buscas foram retomadas nas primeiras horas da manhã de hoje e a Marinha já foi acionada. Além da unidade especializada, equipes do 7° Batalhão da Polícia Militar e pescadores ajudam nas buscas.

  • PRF tem 17 vagas para Bahia; inscrições começam nesta segunda (3)

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    03/12/2018 - 07:00

    Provas serão aplicadas em fevereiro; prazo vai até o próximo 18

    A  inscrições para o novo concurso da  Polícia Rodoviária Federal começam nesta segunda-feira (3). O prazo vai até  até o próximo dia 18. A taxa é de R$ 150. As provas serão aplicadas em fevereiro, na data provável de 3 de fevereiro, conforme edital publicado na última quarta (28). A seleção da PRF é uma das mais esperadas do ano pelo número de vagas e pela remuneraçao ofertada, inical de R$ 9.473,57. Ao todo são 500 oportunidades, todas para nível superior. Desse total, 17 são para a Bahia: 13 na ampla concorrência, 3 reservadas para negros e 1 para portadores de deficiência. O estado conta ainda com 834 vagas no Mais Médicos, 77 de Reda para a Defensoria Pública estadual e 59 para a Prefeitura de Santa Cruz Cabrália, somando, então, 987 oportunidades. Para a PRF, os estados com mais vagas são Pará, 81, Rondônia, 74, e Mato Grosso, 57. Os com menos são Minas Gerais, 9, Rio de Janeiro, 10, e Roraima, 15.

  • Bahia tem até 17 de dezembro para adotar placa do Mercosul

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Lara Ferreira

    01/12/2018 - 10:00

    Contran definiu um prazo específico para cada estado

    O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) anunciou ontem (30) que as placas padrão Mercosul para veículos vão entrar em circulação a partir de dezembro, tendo cada estado um prazo específico para adotar a regra. Para a Bahia, a medida só precisa começar a valer a partir do dia 17 de dezembro, assim como para os estados do Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. É importante ressaltar que o novo padrão só precisa ser adotado se for o primeiro emplacamento ou em caso de troca de município ou propriedade.

  • Policlínicas abrirão 220 vagas; salários chegam a R$ 10 mil

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    30/11/2018 - 13:37

    Edital do processo seletivo será lançado nos próximos dias

    As policlínicas das regiões de Vitória da Conquista, Juazeiro, Jacobina e Paulo Afonso irão contratar cerca de 220 profissionais. A informação é da coluna Cartão de Ponto, do jornal Correio*. As oportunidades são para médicos de áreas diferentes, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos, assistentes administrativos, assessores técnicos e técnicos em radiologia. Os salários chegam a R$ 10 mil. O processo seletivo, cujo edital será lançado nos próximos dias, será feito pela Fundação de Apoio à Educação e Desenvolvimento Tecnológico (Cefet). As novas policlínicas serão inauguradas no primeiro semestre de 2019.

  • Morre sétima vítima de acidente entre carreta e ônibus na BR-116

    Foto: Divulgação | SSP/BA Foto: Divulgação | SSP/BA
    Por Juliana Rodrigues

    27/11/2018 - 10:30

    Motorista do veículo, que transportava integrantes da fanfarra escolar, teve a morte confirmada na manhã de hoje

    A prefeitura de Euclides da Cunha, no nordeste baiano, confirmou hoje (27) a morte da sétima vítima da batida entre uma carreta e um ônibus que transportava integrantes de uma fanfarra escolar. O motorista Orlando Mota Ferreira estava internado no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, desde o domingo (25), e morreu na noite de ontem (26). Orlando dirigia o ônibus que levava estudantes com idades entre 14 e 25 anos do município de Euclides da Cunha até Antônio Cardoso, cidade vizinha a Feira de Santana, onde aconteceria uma competição de fanfarras. Ontem, foi realizado o sepultamento de cinco das seis vítimas confirmadas até então. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), onze pessoas seguem internadas em hospitais da região.

  • Cidades baianas recebem 12 inscritos no Mais Médicos

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    27/11/2018 - 09:15

    Profissionais que fazem parte da nova leva do programa estão distribuídos entre dez municípios

    A Bahia já recebeu doze médicos que se inscreveram no programa Mais Médicos na última semana, de acordo com dados divulgados ontem (26) pelo Ministério da Saúde. Os profissionais, que já apresentaram os documentos necessários para começar a atuar, foram alocados nas cidades de América Dourada, Central, Feira da Mata, Itabuna, Jequié, João Dourado, Santa Maria da Vitória, Santo Estevão, Seabra e Uauá, em substituição aos médicos cubanos que atuavam nas regiões. À exceção de Central, que recebeu três médicos, cada um dos outros municípios têm um profissional da nova leva do programa em atuação. As inscrições para o programa seguem até o dia 7 de dezembro. Na Bahia, 853 vagas são ofertadas.

  • Bahia: acidente entre ônibus escolar e carreta mata cinco pessoas na BR-116

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    26/11/2018 - 08:00

    Caso aconteceu ontem pela manhã; via ficou bloqueada por cinco horas

    Pelo menos cinco pessoas morreram em um acidente entre um ônibus escolar e uma carreta na manhã de ontem (25), na BR-116, perto de Santa Bárbara, no nordeste do estado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o ônibus saiu de Euclides da Cunha, também no nordeste do estado, e levava estudantes com idades entre 14 e 25 anos que iriam participar de um concurso de fanfarras em Antônio Cardoso, cidade próxima a Feira de Santana. Por volta das 10h50, o veículo se chocou com a carreta. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a via ficou interditada por cerca de cinco horas para que as vítimas pudessem ser socorridas. A frente do ônibus e a cabine da carreta ficaram destruídas após o acidente. Das cinco vítimas, três morreram no local. As outras duas chegaram a ser socorridas para o Hospital de Santa Bárbara, mas não resistiram.

  • Governo do Estado contesta multa milionária concedida pelo TJ a militares baianos

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Lis Grassi

    25/11/2018 - 09:00

    “É um dinheiro vocacionado a atender às necessidades do povo da Bahia e não à quitação de um precatório que não é devido”

    O Governo do Estado, por meio da Procuradoria Geral do Estado, está contestando no Superior Tribunal de Justiça uma multa recebida no valor de R$ 70 milhões. A punição é por conta de uma ação ajuizada por cinco policiais militares, em 1998, cuja sentença garantiu o direito aos honorário por atividades de ensino em um valor que somava, ao todo, R$ 2 milhões. O acréscimo da multa seria pelo não pagamento do valor, acrescido ainda dos honorários advocatícios. Segundo o procurador do Estado, Miguel Calmon Dantas, o Poder Judiciário entendeu que as vantagens são devidas e condenou o Estado a fazer o pagamento. O procurador-chefe da Judicial, Rui Deiró, informa que em 2015 o Estado apresentou um pedido de tutela de urgência que visa suspender a exigibilidade do precatório, por conter uma multa embutida no seu valor com a qual o Estado não se conforma. “Especialmente neste momento de escassez de recursos amplamente noticiada, de crise prolongada, são R$ 70 milhões do contribuinte baiano. É um dinheiro vocacionado a atender às necessidades do povo da Bahia e não à quitação de um precatório que não é devido”, reforçou Deiró.

  • Detran-BA recorre de liminar que proíbe apreensão de veículos com IPVA atrasado

    Foto: Elói Corrêa | GOVBA Foto: Elói Corrêa | GOVBA
    Por Marina Hortélio

    19/11/2018 - 17:45

    De acordo com o órgão, o licenciamento atesta se os veículos tem condições de trafegar nas ruas e a atualização do documento é obrigatória

    O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia acionou a Procuradoria Geral do Estado para recorrer da liminar que suspendeu a remoção de veículos em operações de fiscalização, devido ao atraso no pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). As informações são do Bahia Notícias. O órgão de trânsito argumenta que a quitação do IPVA, tributo de competência da Secretaria da Fazenda do Estado, é uma das exigências legais para o licenciamento anual do veículo. De acordo com o Detran, o licenciamento atesta se os veículos tem condições de trafegar nas ruas e, como determina o Código de Trânsito Brasileiro, a atualização do documento é obrigatória.

  • Bahia tem maior número de barragens ameaçadas; Zabumbão esta na lista

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    19/11/2018 - 10:10

    Construções de Zabumbão, Tábua 2, Luiz Vieira, Apertado, Cipó, Afligidos, RS1, RS2, Araci e Pinhões estão em situação de vulnerabilidade

    A Bahia, de acordo com um  relatório da Agência Nacional das Águas (ANA), é o estado com maior número barragens em situação de vulnerabilidade. No Brasil, 45 construções estão ameaçadas. De acordo com uma reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo, os problemas apontados no estudo são rachaduras, infiltrações, buracos, medidores da vazão da água quebrados e falta de documentação que comprove a segurança do reservatório. No relatório mais recente, foi constatado que em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), árvores e formigueiros comprometiam a barragem no município. Na Bahia, são consideradas em situação vulnerável as barragens: Zabumbão – com capacidade de armazenamento de cerca de 104 milhões de metros cúbicos de água potável, abastece os municípios de Paramirim, Caturama, Tanque Novo e Botuporã, Tábua 2, Luiz Vieira, Apertado, Cipó, Afligidos, RS1, RS2, Araci e Pinhões.

  • Saída do Mais Médicos do país reflete grande perda na área da saúde para a Bahia, diz Sesab

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Lara Ferreira

    14/11/2018 - 19:30

    O secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, apresentou hoje dados dos benefícios recebidos no estado

    Em reunião  da Comissão Intergestores Biparte, que aconteceu na sede da União dos Municípios da Bahia, em Salvador, hoje (14), o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, apresentou dados dos benefícios recebidos pela Bahia por meio do Programa Mais Médicos. De acordo com o secretário, ao longo dos cincos anos da iniciativa, mais de 5,6 milhões de pessoas foram atendidas, com cerca de 800 mil consultas realizadas por mês e uma cobertura de 72% de Atenção Básica. Estes são os números alcançados pela Bahia após a implantação do Programa Mais Médicos no país. Atualmente, o estado possui 1.522 médicos do Programa, sendo 846 cubanos, que estão alocados em 363 municípios. De acordo com Vilas-Boas, o programa prestava serviço extremamente relevante, sobretudo para moradores de cidades distantes dos grandes centros, que antes tinham grande dificuldade de acessar redes de saúde. “Além de possibilitar o acesso ao atendimento, o Mais Médicos vinha oferecendo atendimento de qualidade, mais humanizado à população”, explicou. O governo de Cuba anunciou hoje o fim do programa Mais Médicos no Brasil e a retirada dos profissionais de saúde do país, após eleição de Jair Bolsonaro para a Presidência da República. Criado em 2013, durante o governo de Dilma Rousseff (PT), o programa teve como objetivo ampliar o número desses profissionais no interior do país.