• Abrigo da Associação Senhoras de Caridade de Caetité completa 100 anos e apresenta exposição

    Assista a reportagem - Foto: Leonardo Fernandes | Sudoeste Bahia
    Por Marcos Oliveira & Mauri Oliveira

    18/10/2019 - 18:35


    A partir deste sábado (19), até o dia 31 de outubro, a Associação Senhoras de Caridade de Caetité, responsável pelo abrigo que realiza trabalho voluntário, sem fins lucrativos, celebra o centenário da instituição através da exposição "100 anos acolhendo e abrigando". A ação visa dar publicidade a trajetória da instituição, a qual se mobilizou com fontes impressas, manuscritos, iconográficas e pesquisas acadêmicas cujos temas versaram sobre a entidade. Além disso, a exposição baseia-se na memória social (individual e coletiva) dos sujeitos que frequentaram a Associação, construindo cotidianamente múltiplos sentidos de sua existência neste centenário. "Esta exposição foi um pedido de Dona Iara e Dona Ieda, porque o abrigo está completando 100 anos e havia a necessidade de divulgar a história do abrigo. O que me motivou foi o fato de ser uma história muito bonita, carregada de emoção. As pessoas, ao verem o que está exposto, vão se emocionar, porque é muito interessante", disse em entrevista ao Sudoeste Bahia, Aloisio Gomes, curador da exposição. A Coordenadora do arquivo público de Caetité, Rosália Junqueira falou sobre o surgimento do abrigo na cidade. "Pelas pesquisas que realizamos, o abrigo surgiu a partir de vinte e seis senhoras da sociedade de Caetité, que estavam querendo fazer um benefício a cidade, por verem muitas pessoas em estado vulnerável. Caetité só contava com um posto de higiene na época e elas pensavam em fazer um hospital para acolher as pessoas melhor. Deste modo, do hospital, veio a criação do abrigo, em 19 de janeiro 1919", contou. Para a vice-presidente da associação, Iara Silveira "é muito importante uma instituição durar 100 anos e funcionar perfeitamente bem. A gente agradece a comunidade este funcionamento, sem fins lucrativos, sem governo, somente a ajuda de doações dos caetiteenses"

  • Igaporã: empresa diz que atraso no pagamento de funcionários de limpeza se deve a falta de repasses da prefeitura

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    18/10/2019 - 16:30


    Trabalhadores da Lig Lixo, empresa terceirizada que presta serviço de limpeza à prefeitura de Igaporã, denunciaram que, há mais de 02 meses, estão sem receber salários. Em nota enviada ao Sudoeste Bahia, a empresa informou que "está havendo irregularidade no pagamento das faturas por parte da Prefeitura Municipal a empresa Lig Lixo, que já somam dois meses, o que prejudica no repasse (e no pagamento), em dias, para os nossos colaboradores (funcionários). O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia reconhece que os serviços de limpeza e coleta de lixo de um município são essenciais e contínuos, motivo pelo qual gozam da prioridade nos pagamento por parte das prefeituras municipais. Estamos há muito tempo envidando esforços junto a Prefeitura de Igaporã, mas sem o sucesso esperado para a regularização dos pagamentos. A Lig Lixo literalmente fica entre a “cruz e a espada” por, de um lado, entender das dificuldades que as Prefeituras estão enfrentando com a drástica redução na arrecadação e nos repasses e, por outro lado, entender que os colaboradores devem receber seus pagamentos em dias, pois estamos lidando com verba alimentar. Não é uma situação fácil para a empresa que buscará todos os meios para solução do problema. Estamos buscando uma solução para a problemática que também muito nos afligem, pois somos uma empresa comprometida com os serviços de qualidade, valorizamos os nossos colaboradores e temos compromisso social com os municípios em que atuamos".

  • MEC anuncia liberação de todo orçamento bloqueado de universidades

    Foto: Valter Campanato | Agência Brasil Foto: Valter Campanato | Agência Brasil
    Por Alexandre Galvão

    18/10/2019 - 16:13


    Os valores foram liberados agora, segundo o ministério, para que haja tempo de as universidades empenharem os recursos ainda neste ano e garantirem sua execução

    O Ministério da Educação anunciou hoje (18) que vai liberar todo orçamento das universidades e institutos federais que estavam bloqueados. De acordo com a Folha, a informação foi confirmada pelo ministro Abraham Weintraub. Somados, os valores passam de R$ 1 bilhão de reais e virão de  de remanejamentos internos do MEC e devem garantir a execução integral dos recursos discricionários das instituições. Não fazem parte, portanto, de um novo descontingenciamento do orçamento. A pasta da Educação do governo Jair Bolsonaro (PSL) ainda sofre um bloqueio de recursos, atualmente de R$ 2,9 bilhões, que atinge ações que vão da educação básica à pós-graduação. Os valores foram liberados agora, segundo o ministério, para que haja tempo de as universidades empenharem os recursos ainda neste ano e garantirem sua execução.

  • Às vésperas do impeachment de Dilma, Lava Jato rejeitou delação que prenderia Temer

    Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    18/10/2019 - 15:55


    Conversas no Telegram mostram que procuradoria não viu interesse público nas acusações contra  o emedebista

    Duas semanas antes de o ex-presidente da República, Michel Temer (MDB), assumir o cargo após o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), em 17 abril de 2016, a Operação Lava Jato recebeu um “anexo-bomba” de uma delação premiada que, se aceito, poderia ter mudado os rumos da história recente do país. Segundo conversas entre procuradores da Lava Jato no Telegram, obtidas pelo The Intercept e analisadas em conjunto com o El País, a procuradoria teve em mãos informações que poderiam levar a uma investigação do então vice-presidente por suspeita de corrupção. A delação do empresário José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix, foi rejeitada em abril de 2016, com anuência da Procuradoria-Geral da República Na época, os procuradores consideraram que as declarações não atendiam ao “interesse público” e não aceitaram a proposta de delação. Antunes relatou um pagamento de propina para Temer. As conversas no chat “Acordos Engevix” no Telegram mostram que os procuradores de Curitiba, Rio e Brasília receberam a proposta de Antunes em 4 de abril de 2016. A menção a Temer, que viria a ser chamada de “anexo-bomba” mais tarde, dizia que Antunes fez um pagamento de 1 milhão de reais para atender a interesses de Temer, como compensação por um contrato na usina nuclear Angra 3, da estatal de energia Eletronuclear. O pagamento, segundo Antunes, foi entregue a um amigo do ex-presidente, o coronel João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima. O dinheiro não saiu direto dos cofres da Engevix para Temer, mas de uma companhia prestadora de serviço do Aeroporto de Brasília, que era controlado pela Engevix. A empresa em questão era a Alúmi. O relato não convenceu os procuradores. Três anos depois, essa mesma delação foi utilizada pela Lava Jato para uma ação penal contra Temer e para pedir a prisão preventiva dele, já na condição de ex-presidente.

  • Bahia: Governo abre inscrições do processo seletivo para professor

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    18/10/2019 - 12:30


    Os candidatos devem ter formação de nível superior em Licenciatura Plena

    O governo do Estado anunciou a abertura das inscrições do processo seletivo sob o Regime de Direito Administrativo da Bahia (REDA) para professores da rede estadual de ensino nesta sexta-feira (18). São ofertadas 2.491 vagas para a função temporária de Professor Padrão P – Grau III, com carga horária 20 horas semanais. As vagas são direcionadas para toda a Bahia e englobam os municípios componentes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). Os candidatos devem ter formação de nível superior em Licenciatura Plena. As inscrições serão realizadas até o dia 4 de novembro, exclusivamente pela internet, no site www.selecao.uneb.br/educbasicasec.

  • Deputado que prometeu 'implodir' presidente volta atrás: 'Somos Bolsonaro'

    Foto: Luis Macedo | Câmara dos Deputados Foto: Luis Macedo | Câmara dos Deputados
    Por Juliana Almirante

    18/10/2019 - 09:30


    "Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego"

    O líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), voltou atrás após dizer que queria "implodir" o presidente Jair Bolsonaro. A declaração havia sido gravada durante reunião, na noite de anteontem (17), com outros deputados do PSL. Segundo o G1, Waldir comentou que, a declaração que fez aos correligionários, em meio à crise que atinge o PSL, foi em um "momento de emoção". "O que o senhor tem para implodir o presidente?",perguntou um jornalista ao deputado. "Nada. É só questão de... É uma fala de emoção, né? Um momento de sentimento", respondeu. "É uma fala num momento de emoção, né? É uma fala quando você percebe a ingratidão. Tenho que buscar as palavras. Tenho que buscar as palavras", completou. Em seguida, ele foi questionado se a crise passou e respondeu: "Nós somos Bolsonaro. Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego". O deputado ainda disse que seria possível "pacificar" a bancada do PSL. Ele afirmou que os 53 parlamentares votarão "integralmente" segundo os interesses do governo. "Não tem nenhuma ruptura, não tem nenhuma perseguição, não tem nada", acrescentou.

  • Carinhanha: Justiça anula eleição para mesa diretora da Câmara de Vereadores

    Foto: Reprodução | Folha do Vale Foto: Reprodução | Folha do Vale
    18/10/2019 - 08:00


    A eleição que elegeu a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Carinhanha foi anulada pelo juiz da Comarca de Carinhanha Eldsamir da Silva Mascarenhas. O pleito, que ocorreu no dia 18 de dezembro de 2018 – elegendo o presidente Adirlan Soares Cardoso, Pí do Luana (PP) – foi anulado na última quarta-feira (16). De acordo com o Folha do Vale, o juiz aceitou o argumento do vereador Valdir Moreira Gonçalves (PCdoB), afirmando que Adirlan não havia protocolado sua chapa em tempo hábil, como determinava o Regimento Interno. O prazo final era às 17h00, mas ele teria registrado a chapa às 17h05. Ainda segundo a publicação, a defesa de Pí do Luana alega que a decisão de primeira instância não afasta o presidente imediatamente.

  • Homem que reside em Tanque Novo é detido em Caetité acusado de associação ao tráfico

    18/10/2019 - 07:30


    O suspeito foi identificado como João Paulo Santos, conhecido como "Paulo Tropeiro"

    Nesta quinta-feira (17), por volta das 10h, a guarnição PETO da 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) realizava rondas no bairro Nossa Senhora da Paz, em Caetité, quando avistou um indivíduo em atitude suspeita próximo a um local conhecido como “ponto de tráfico”. De acordo com informações repassadas pela polícia à redação do Sudoeste Bahia, ao realizar abordagem ao referido foi encontrado com o mesmo certa quantidade de maconha. O suspeito foi identificado como João Paulo Santos, conhecido como "Paulo Tropeiro", residente na cidade de Tanque Novo. A guarnição apresentou o indivíduo, bem como o material apreendido na Delegacia Territorial local, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

  • MPF pede a absolvição de Lula e Dilma no caso do 'quadrilhão do PT'

    Foto: José Cruz | Agência Brasil Foto: José Cruz | Agência Brasil
    Por Juliana Almirante

    18/10/2019 - 07:00


    Ex-ministros Guido Mantega, Antonio Palocci e o ex-tesoureiro João Vaccari Neto também não tiveram culpa apontada pelo MPF

    Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, tiveram o pedido de absolvição sumária feito pelo Ministério Público Federal (MPF), no caso apelidado de “quadrilhão do PT”. Os ex-ministros Guido Mantega, Antonio Palocci e o ex-tesoureiro João Vaccari Neto também não tiveram culpa apontada pelo MPF. A informação foi divulgada pela coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. Em pedido de absolvição apresentado à Justiça, a procuradora Marcia Zollinger defende que não há domínio deles sobre os atos ocorridos na Petrobras. “Não há o pretendido domínio por parte dos denunciados, especialmente os ex-presidentes da República, a respeito dos atos criminosos, que obviamente merecem apuração e responsabilização e são objeto de ações penais autônomas, cometidos no interior das Diretorias da Petrobras e de outras empresas públicas”, disse. Apresentada em setembro de 2017, a deúncia era de que haviam sido pagas vantagens, em propina, da ordem de R$ 1,484 bilhão, em contratos da Petrobras com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).

  • Funcionários de empresa contratada pela prefeitura de Igaporã denunciam atrasos de salários

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    17/10/2019 - 20:01


    Funcionários dizem estar há mais de dois meses sem receber salários.

    Nesta quinta-feira (17), o Sudoeste Bahia recebeu uma denúncia de funcionários da empresa Lig-Lixo, terceirizada que presta serviço de limpeza à prefeitura de Igaporã. Os funcionários relatam que estão há mais de 2 meses sem receber qualquer tipo de pagamento ou benefício. À reportagem um trabalhador, que preferiu não se identificar, relatou que a empresa não informou quando os salários serão atualizados. Disse, ainda, que a informação é que um dos meses vencidos será pago nesta sexta-feira (17), porém não há confirmação. Ainda de acordo com o funcionário, o último pagamento foi realizado no mês de julho, e até o momento nenhum outro repasse foi realizado. “A última vez que recebemos foi no mês de julho, de lá pra cá só tivemos promessa e nós já estamos com 17 dias trabalhados de outubro, ou seja, breve iremos para o terceiro mês trabalhado sem receber. Falamos com o encarregado e ele nos disse que estão esperando o repasse da prefeitura e que provavelmente irá pagar um mês nesta sexta-feira. É uma situação que não estamos mais aguentando, temos contas a pagar, filhos para sustentar e ninguém nos dá previsão de pagamento", desabafou o funcionário. Em contato com a Lig-Lixo, o Sudoeste Bahia foi informado de que somente o diretor poderia comentar a denúncia, mas que ele não se encontrava na empresa no momento. A reportagem também entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Igaporã que não atendeu nem retornou as ligações.

  • Em áudio, deputado do PSL chama Bolsonaro de ‘vagabundo’ e diz vai que ‘implodir’ o presidente

    Foto: Antonio Augusto | Agência Câmara Foto: Antonio Augusto | Agência Câmara
    Por Lara Curcino

    17/10/2019 - 16:30


    Delegado Waldir disse ainda ser o mais fiel ao chefe do Executivo

    Em áudio divulgado hoje (17) pelo site O Antagonista, o deputado Delegado Waldir chamou o presidente Jair Bolsonaro de vagabundo e falou em “implodir” o chefe do Executivo durante reunião, na noite de ontem, com outros deputados do PSL. “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Eu tenho a gravação. Não tem conversa, não tem conversa. Eu implodo o presidente. Acabou o cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo.” Ainda de acordo com O Antagonista, o parlamentar confirmou a veracidade do áudio, mas voltou atrás na sua fala e disse que o momento deve ser de “pacificação”. “Confirmo, com certeza. Tudo o que eu falei é verdadeiro. Confirmo, sim, essa fala, mas não é o momento de trazer nada. O momento é de pacificação”, disse ele.

  • Prefeitura de Guanambi entregará espaço para os empreendedores do município

    Foto: Divulgação | Ascom PMG Foto: Divulgação | Ascom PMG
    17/10/2019 - 15:01


    Através da Secretaria de Indústria e Comércio, cuja nomenclatura será mudada para Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Prefeitura Municipal de Guanambi tem adotado ações de incentivo às pequenas empresas com novas legislações, parcerias, qualificações e incentivos. Para centralizar e facilitar o atendimento, o Prefeito Jairo Magalhães entregará, no próximo dia 25 (sexta-feira), a Casa do Empreendedor, um amplo espaço que servirá de sede para diversos órgãos, além de auditório para eventos empresariais.

  • Mulher é atropelada por motociclista que foge sem prestar socorro a vítima em Guanambi

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    17/10/2019 - 09:13


    O condutor do veículo fugiu sem prestar socorro.

    Uma mulher identificada como Marinalva Veronica da Conceição, 31 anos, foi atropelada na Avenida Tiradentes, bairro lagoinha, em Guanambi, na noite desta quarta-feira (16). De acordo com informações obtidas pela reportagem do Sudoeste Bahia, a vítima sofre com problemas mentais. Ela atravessava a via para entrar em um supermercado, quando foi atingida por uma motocicleta, cujos dados não foram identificados. O condutor do veículo fugiu sem prestar socorro. Populares ainda tentaram interceptar o motociclista, mas este fugiu rapidamente. Marinalva sofreu diversas escoriações pelo corpo, inclusive, forte pancada na cabeça, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e encaminhada para o Hospital Regional de Guanambi (HRG), onde permanece internada. Não há informações sobre seu atual estado de saúde. A Polícia Civil investiga o caso.

  • Candiba: ex-jogador profissional de futebol é encontrado morto; suspeita inicial é de suicídio

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    17/10/2019 - 08:30


    Ainda não informações sobre o que pode ter motivado o ato.

    O ex-jogador profissional de futebol, Cristiano Francisco Soares, de 31 anos, que já integrou times do Vitória e Bahia, conhecido como “Baby”, foi encontrado morto dentro da casa onde morava em Candiba, situada na Rua Padre Moreira, na madrugada desta quinta-feira (17). O corpo apresentava sinal de perfuração ocasionada por arma de fogo e a suspeita inicial é de suicídio. De acordo com informações obtidas pelo Sudoeste Bahia, por volta das 2h, populares teriam escutado os tiros e correram para o local. A vítima teria também gravado um vídeo anunciando que cometeria o ato suicida. Uma pistola 380 foi encontrada nas proximidades do corpo. A Polícia Militar esteve no local para a adoção dos procedimentos necessários. O corpo foi removido por equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi, onde será necropsiado. Ainda não informações sobre o que pode ter motivado o ato.

  • Esposa de vereador de Malhada é condenada por receber benefício do Bolsa Família

    Foto: Reprodução | Agência Sertão Foto: Reprodução | Agência Sertão
    17/10/2019 - 08:00


    A pena privativa de liberdade foi convertida em pena alternativa, determinando que a ré preste serviços comunitários em órgãos públicos

    Em decorrência de denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), em 2013, a qual indicava que Lindinalva Frota Aragão – esposa do vereador Jorge Aragão (PT), do município de Malhada – estaria recebendo de janeiro 2005 a março de 2009, o benefício do Bolsa Família sem se enquadrar nos critérios do programa, a ação foi julgada e a referida condenada em primeira instância a um ano e quatro meses de prisão, por ter obtido vantagem ilícita, mediante utilização de fraude. “Lindinalva, na condição de mãe/responsável legal da família, prestou informações para a atualização do Cadastro de Programas Sociais do Governo Federal em março de 2008 e, nessa ocasião (quando seu esposo já era vereador), afirmou que a renda familiar seria de R$200,00, o que não condizia com a realidade”, observou o juiz federal Felipe Aquino Pessôa de Oliveira, do Tribunal Federal da Primeira Região (Subseção Judiciária de Guanambi). O magistrado converteu a pena privativa de liberdade em pena alternativa, determinando que a ré preste serviços comunitários em órgãos públicos, além de pagar multa de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente à época do fato, durante 39 dias, fixando a devolução da quantia apurada no ofício e Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor de R$ 3.246,29. No mesmo processo, o parlamentar Jorge Aragão também foi denunciado, no entanto, o magistrado, entendeu que havia dúvidas acerca da autoria e da existência de dolo para a prática da conduta imputada. De acordo com o Folha do Vale, há mais de quatro meses, Lindinalva vem cumprindo a pena em um colégio no distrito de Parateca, zona rural de Malhada. Confira a íntegra da sentença.