• Moro diz que Bolsonaro não apoiou o combate à corrupção no governo

    Foto: Andre Coelho | Getty Images Foto: Andre Coelho | Getty Images
    Por Matheus Simoni

    25/05/2020 - 07:15


    Ex-ministro criticou a aproximação do presidente com o bloco político do 'Centrão' em troca de apoio do Congresso

    POLÍTICA

    - O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro criticou a condução do presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido), para combater a corrupção no país, uma das principais bandeiras do ex-juiz federal. Em entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, o ex-magistrado comentou o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, encontro apontado por Moro como prova da intenção do presidente de obter informações privilegiadas. "Eu tinha um compromisso com combate à corrupção, com combate à criminalidade violenta, combate ao crime organizado. E, em partes, foi realizado - especialmente à criminalidade violenta - o combate ao crime organizado. O que eu entendi, no entanto, é que essa agenda anticorrupção - e me desculpem aqui os seguidores do presidente, se essa é uma verdade inconveniente -, mas essa agenda anticorrupção não teve um impulso por parte do presidente da República pra que nós implementássemos", disse Moro. "Então, nós tivemos lá, por exemplo, a transferência do Coaf do Ministério da Justiça, não houve um empenho do Planalto pra que fosse mantido no âmbito do Ministério da Justiça. Depois houve o projeto anticrime, que não houve, a meu ver, um apoio adequado por parte do Planalto. Houve lá mudança do entendimento da execução em segunda instância, depois foi apresentado proposta de emenda constitucional para restabelecer execução em segunda instância, que é algo muito importante contra a corrupção. Não houve uma palavra do presidente da república em apoio Então, essa interferência na Polícia Federal, a meu ver, vem no âmbito de um contínuo", acrescentou. Ainda segundo Moro, por conta do "esvaziamento" da agenda anticorrupção, não fez mais sentido a permanência dele no governo Bolsonaro. Sem citar o Centrão, o ex-ministro disse que o presidente se aliou a quem jurou combater. "Recentemente, vimos essas alianças, que são realizadas com políticos que não têm não um histórico, assim, totalmente positivo dentro da história da administração pública. É certo que é preciso ter alianças no parlamento pra conseguir aprovar projetos. Então, eu acabei entendendo com essa interferência que, olha, não faz sentido eu permanecer no governo. Até porque, qual que era a minha percepção? O governo se vale da minha imagem, que eu tenho esse passado de combate firme contra a corrupção, e de fato o governo não está fazendo isso. Não é? Não está fortalecendo as instituições para um combate à corrupção", declarou. Assista a entrevista:

  • Bahia confirma 47 mortes em 24h e chega a 460 óbitos por Covid-19

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por João Brandão

    24/05/2020 - 18:30


    O Estado ainda contabilizou 3.899 casos confirmados de coronavírus, o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado

    BAHIA

    - A Bahia deu uma disparada hoje (24) no número de mortes diárias por coronavírus. Em menos de 24h, o Estado registrou 47 óbitos, batendo o recorde de 26 falecimentos por causa da doença em único dia. O número total agora é de 460. O Estado ainda contabilizou 3.899 casos confirmados de coronavírus, o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado. Cumpre ressaltar que 190 casos confirmados aguardam validação dos municípios. Considerando o número de 13.899 casos confirmados, 3.965 recuperados e 460 óbitos, 9.474 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.094 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Os casos confirmados ocorreram em 246 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,83%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.923,88), Itabuna (3.878,57), Ilhéus (3.172,61) e Salvador (2.998,59) O boletim epidemiológico registra 35.981 casos descartados e 87.847 notificações em toda a Bahia. Dos 1.475 leitos da Bahia disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 728 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 49%. O índice sobe para 61,5% para os leitos de UTI adulto e pediátrico, que possui 375 pacientes internados nos 610 leitos exclusivos para o coronavírus.

  • Guanambi confirma quatro novos casos de coronavírus e total na cidade sobe para vinte e dois

    Foto: Reprodução | Agência Brasil Foto: Reprodução | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    24/05/2020 - 18:00


    Ainda segundo o boletim 1702 pessoas estão sendo monitoradas, 121 casos foram descartados e 265 notificados.

    GUANAMBI

    - A Prefeitura de Guanambi confirmou no final da tarde deste domingo (24), quatro novos casos do novo coronavírus. Segundo o boletim epidemiológico, 22 pessoas estão infectadas com o vírus na cidade. A gestão informou que os exames que confirmaram os novos casos foram feitos por meio de testes rápidos. Ainda segundo o boletim 1702 pessoas estão sendo monitoradas, 121 casos foram descartados e 265 notificados. Até o momento não foi registrado óbito. O comitê gestor da cidade disse que o isolamento social deve ser mantido assim como os cuidados com a higiene pessoal. A orientação é que os moradores fiquem em casa e só saiam em casos de extrema necessidade usando máscaras, mesmo as confeccionadas em tecido, como forma de prevenção.  Os moradores também devem ficar atentos aos sintomas da Covid-19: febre, tosse e dificuldade respiratória. Caso apresente esses sinais, a pessoa deverá procurar atendimento médico onde habitualmente consultam, além de usar máscara e restringir os locais de circulação.

  • Conselho Nacional de Saúde pede a suspensão de documento que recomenda cloroquina em casos leves de Covid-19

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Luciana Freire

    24/05/2020 - 17:30


    CNS justificou que as orientações da pasta da Saúde não se baseiam em evidências científicas e faz referência a estudos criticados pela comunidade científica

    SAÚDE

    - O Conselho Nacional de Saúde (CNS) pediu a suspensão das orientações do Ministério da Saúde que recomendam o uso de cloroquina para casos leves de Covid-19. Em nota publicada na última sexta-feira (22), a entidade reforçou que não há eficácia comprovada para prevenção ou tratamento da doença. O Ministério divulgou quinta-feira (21) uma nova versão do documento técnico no qual recomenda que médicos receitem a cloroquina e a hidroxicloroquina mesmo em casos leves de Covid-19. O CNS justificou que as orientações da pasta da Saúde não se baseiam em evidências científicas e faz referência a estudos criticados pela comunidade científica. A entidade pediu que o “governo federal desempenhe seu papel na defesa da ciência e a redução da dependência de equipamentos e insumos, construindo uma ampla e robusta produção nacional”. Além disso, foi enviado um pedido ao Ministério Público Federal (MPF) para que o órgão fiscalizador atue em "defesa da sociedade brasileira".

  • Grupo de militares da reserva assina nota de apoio a Augusto Heleno e alerta para ‘guerra civil’

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por João Brandão

    24/05/2020 - 14:30


    Ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) falou em "consequências imprevisíveis" caso o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja obrigado a entregar seu telefone celular para perícia na investigação que apura se ele interferiu na Polícia Federal

    POLÍTICA

    - Um grupo de militares da reserva assinou uma nota de apoio ao ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, que falou em "consequências imprevisíveis" caso o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja obrigado a entregar seu telefone celular para perícia na investigação que apura se ele interferiu na Polícia Federal. Na nota, os militares, colegas de Heleno na Academia das Agulhas Negras, alertam para um cenário extremo, de "guerra civil". Dizem que falta "decência" e "patriotismo" a parte dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). "Assim, trazem ao país insegurança e instabilidade, com grave risco de crise institucional com desfecho imprevisível, quiçá, na pior hipótese, guerra civil." A nota é assinada por dezenas de militares da reserva. Um deles é o integrante da Comissão de Anistia, o general Luiz Eduardo Rocha Paiva.

  • Presidente do STF é internado para cirurgia e apresenta sinais de infecção por coronavírus

    Foto: Divulgação | STF Foto: Divulgação | STF
    24/05/2020 - 13:53


    De acordo com a secretaria de saúde do STF, o ministro passa bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos

    JUSTIÇA

    - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, foi internado ontem (24) para passar por uma cirurgia para drenagem de abscesso. Durante a internação, apresentou sinais que sugerem que ele está com coronavírus e, por isso, ficará em monitoramento. De acordo com a secretaria de saúde do STF, o ministro passa bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos. Na quarta-feira (20), o ministro havia sido submetido a um teste que deu negativo para coronavírus.

  • Líder de facção criminosa de Bom Jesus da Lapa é preso na Paraíba

    Por Juliana Rodrigues

    24/05/2020 - 09:30


    Vários crimes constam na ficha do capturado, entre eles roubo, homicídio e tráfico de drogas.

    BOM JESUS DA LAPA

    - Um homem apontado com o líder de uma facção com atuação na cidade baiana de Bom Jesus da Lapa foi preso na tarde de sábado (23) na cidade de João Pessoa, na Paraíba. Vários crimes constam na ficha do capturado, entre eles roubo, homicídio e tráfico de drogas. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Rubens Alves Gonçalves, vulgo "Sapatinho", era integrante do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, ferramenta lúdica que reúne os foragidos mais perigosos da Bahia. Com ele foi apreendida uma pistola calibre 9mm. O preso era investigado pela 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). Durante levantamentos as equipes identificaram que o foragido da Justiça se escondia na capital do estado da Paraíba. Com apoio da polícia local, o traficante foi localizado e o mandado de prisão cumprido. Além da pistola, foram apreendidos carregador e munições.

  • Com pressão alta, diabetes e câncer de pele, idosa de 94 anos vence Covid-19: 'Guerreira'

    Foto: Reprodução | Facebook Foto: Reprodução | Facebook
    Por Juliana Rodrigues

    24/05/2020 - 09:00


    Dona Maria da Mata Mussi, moradora de Nova Granada (SP), também tem marcapasso. Atualmente, ela está morando com familiares e passa bem.

    SAÚDE

    - Aos 94 anos de idade, Maria da Mata Mussi celebra ter se recuperado do novo coronavírus. A iodosa, que também tem pressão alta, câncer de pele e diabetes, ficou sete dias internada no Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo. Dona Maria, que também tem marcapasso, não precisou ser entubada. Ela já está de volta à sua casa, em Granada, no interior de São Paulo, onde passou 14 dias isolada. A advogada Mariana Mussi contou ao G1/SP que a avó foi para São Paulo em janeiro para fazer tratamento contra o câncer no Hospital das Clínicas. As consultas acabaram desmarcadas por conta da pandemia, mas a idosa seguiu na cidade na casa de um familiar. Em abril, começou a sentir falta de ar. "Então, minha tia a levou em um Pronto-Socorro da Barra Funda. Os médicos disseram que era suspeita de coronavírus e colheram o material dela no dia 28 de abril”, conta. Dois dias depois, a idosa foi levada para o hospital de campanha montado no bairro Anhembi-Morumbi. O teste rápido deu negativo para covid-19, mas como a saturação estava baixa ela recebeu oxigênio. A família resolveu levar a idosa para Rio Preto. No Hospital de Base, lá, fez outro exame que detectou o covid-19, dessa vez. Os parentes ficaram desesperados com o diagnóstico, por conta dos problemas de saúde de Dona Maria, além da idade avançada. "Até os médicos não acreditavam na recuperação dela”, conta a neta. A idosa ficou de 1º a 8 de maio internada. Quando recebeu alta, foi para casa com recomendação de cumprir isolamento de duas semanas, que acabou no dia 21 de maio. Foi quando Dona Maria refez o exame, que deu negativo para covid-19. “Foi a melhor sensação poder tê-la de volta conosco. Minha avó foi realmente uma guerreira. Atualmente ela está bem, comendo e andando. Os médicos acreditavam que ela teria dificuldades para andar pelo fato de ter um desgaste no quadril e por ter ficado muito tempo deitada, mas ela já pegou o andador e começou a caminhar no segundo dia. Está super lúcida", celebra a neta.

  • Homem morre após levar choque elétrico enquanto trabalhava em construção na zona rural de Guanambi

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia |Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia |Via WhatsApp
    23/05/2020 - 19:30


    A descarga elétrica teria ocorrido quando a régua de alumínio que ele utilizava encostou em um fio de alta tensão.

    GUANAMBI

    - Um homem morreu após receber uma descarga elétrica enquanto trabalhava em uma construção civil na tarde deste sábado (23) no distrito de Morrinhos, na zona rural de Guanambi. O caso foi registrado por volta das 17h20. De acordo com a Polícia Civil, Fernando Henrique Magalhães, estava fazendo o reboco de uma parede. A descarga elétrica teria ocorrido quando a régua de alumínio que ele utilizava encostou em um fio de alta tensão. Testemunhas chegaram a ligar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando o resgate chegou, o homem já estava morto. O espaço foi isolado para realização da perícia e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi.

  • Bahia registra 413 mortes e 13 mil casos de covid-19

    Foto: Reprodução | AFP Foto: Reprodução | AFP
    Por Juliana Rodrigues

    23/05/2020 - 19:00


    Em 24h, foram registrados 14 óbitos e 1.059 novas ocorrências da Covid-19

    BAHIA

    - A Bahia já soma 413 mortos pela covid-19 e 13 mil infectados pelo novo coronavírus. Outros 151 casos confirmados da doença aguardam validação dos municípios. As informações são do boletim mais recente da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), divulgado na noite deste sábado (23). Em 24 horas, foram registradas 1.059 novas vítimas da Covid-19 e mais 14 óbitos. Além disso, a pasta reporta 3.934 pacientes curados do vírus. O coronavírus já atingiu 240 municípios do estado. De todos os casos em território baiano, 64,21% são de Salvador. Além disso, 1.987 profissionais de saúde já foram infectados pela doença. O boletim epidemiológico registra também 33.454 casos descartados e 83.880 notificações em toda a Bahia. Na Bahia, dos 1.459 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para tratar a covid-19, 819 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 53%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 593 exclusivos para o coronavírus, 433 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 73%. 

  • Jovem morre afogado em barragem na zona rural de Ibiassucê

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia |Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia |Via WhatsApp
    23/05/2020 - 18:00


    Ele estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira

    IBIASSUCÊ

    - Um jovem de 22 anos morreu após se afogar em uma barragem no distrito de Língua de Vaca, zona rural de Ibiassucê, no sudoeste da Bahia. Ele estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira (22) e teve o corpo encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Vitória da Conquista neste sábado (23). O homem foi identificado como Damião Neves, conhecido como “Dão”, natural do município de Lagoa Real. O corpo dele foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica e encaminhado para o Instituto Médico Legal de Guanambi. Não há informações sobre o sepultamento do corpo da vítima e nem sobre as causas do afogamento.

  • Número de recuperados de coronavírus no mundo ultrapassa marca dos 2 milhões

    Foto: Evaristo Sá |AFP Foto: Evaristo Sá |AFP
    Por Lara Curcino

    23/05/2020 - 16:00


    Brasil ocupa quinta posição na lista, com 135.430 curados

    MUNDO

    - Mais de dois milhões de pessoas já estão curadas em todo o mundo após se infectarem pelo coronavírus. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, até as 16h30 de hoje (23), 2.081.303 vítimas da Covid-19 estavam recuperadas da doença. Os Estados Unidos são o país com o maior número de curados, com 350.135. Apesar disso, a nação acumula também a maior taxa de casos (1.604.879) e mortes (96.125). O Brasil ocupa a quinta posição na lista de países com mais curados (135.430), a terceira em número de casos (330.890) e a sexta em número de mortes (21.048).

  • Prefeitura realiza desinfecção de espaços públicos em Caetité

    Foto: Divulgação | Ascom PMC Foto: Divulgação | Ascom PMC
    23/05/2020 - 11:32


    CAETITÉ

    - A Prefeitura de Caetité, através da Secretaria de Saúde, iniciou na noite dessa sexta-feira (22) o serviço de desinfecção de espaços públicos do Centro, com o objetivo de intensificar o combate ao coronavírus. A medida busca higienizar locais com um maior fluxo de pessoas. "A Prefeitura está fazendo a sua parte, com diversas ações em todo o município. Esse vírus não é brincadeira e somente com a colaboração de todos podemos vencê-lo", destacou o Prefeito Municipal. A operação foi realizada na Avenida Santana em frente a bancos, lotéricas e lojas comerciais, e também na praça do Mercado. A Prefeitura de Caetité recomenda que a população permaneça em casa, evitando aglomerações. O uso de máscaras é obrigatório, caso venha a sair. Exerça a sua cidadania, cuide da sua saúde e da saúde de todos.

  • Região: três pessoas morrem e uma fica em estado grave em acidente entre três motos e um carro na BA-262

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    Por Juliana Rodrigues

    23/05/2020 - 10:30


    Acidente aconteceu no km 326 da rodovia, trecho de Anagé.

    SUDOESTE

    - Três pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida em um acidente entre um carro e três motocicletas na BA-262, trecho que interliga os municípios de Vitória da Conquista e Anagé, na região sudoeste da Bahia, na noite desta sexta-feira (22). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), trata-se de uma colisão frontal, no km 326, trecho de Anagé. As três vítimas fatais eram condutores das motos e foram identificadas como, Henrique Souza Santos, Matheus dos Santos Lemos de Oliveira e Carlos Raimundo Gonçalves de Barros. Uma mulher ficou em estado grave e foi encaminhada ao Hospital Geral de Vitória da Conquista. O motorista do carro teve apenas ferimentos leves. O Departamento de Polícia Técnica removeu os corpos ao Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista.. 

  • Dá para pegar coronavírus em casa? Cuidado com as sacolas de plástico

    Foto: Reprodução | Getty Images Foto: Reprodução | Getty Images
    Por Juliana Rodrigues

    23/05/2020 - 09:00


    SAÚDE

    - O vírus é invisível e pode estar onde menos se imagina, inclusive, pondo em risco quem está cumprindo à risca o isolamento social. Acredite: ele permanece ali naquela sacola plástica que, até então, parecia inofensiva por três dias. Na embalagem de papel, como a que trouxe a pizza do fim de semana, são 24 horas. Uma “visita” dessas, definitivamente ninguém quer em casa e nem a vassoura atrás da porta vai afastar. Só o álcool 70, a solução de água sanitária e também o sabonete líquido. Alguns podem ver como um exagero pendurar saco plástico no varal ou achar que é fim de mundo colocar eles de molho. Mas o fato, é que o risco de contaminação via este tipo de embalagem existe, como destaca a farmacêutica e professora de Virologia do curso de Medicina da UniFTC, Andrea Gusmão. “O novo coronavírus ele pode ser permanecer vivo em plásticos, papel, papelão. Por isso é preciso ter muito cuidado e fazer todo processo de higienização.  Uma pessoa infectada que tocou nesse plástico ou papel pode transferir o vírus e aí quando o indivíduo que está dentro de casa recebe esse material contaminado pode tocar nesse material, esquecer de higienizar as mãos e levá-las a boca, nariz ou olhos”, explica. O processo de higienização dos sacos plásticos pode ser feito, tanto com o álcool 70%, como com a solução de hipoclorito, a partir da água sanitária que compra se no supermercado. Porém, o produto vem na concentração de 2% a 2,5% e aí se torna necessário diluir para 0,5% (veja o modo de preparo nas dicas abaixo). Outra alternativa eficiente e mais rápida é lavar os sacos plásticos com o sabão líquido, aquele utilizado para lavar pratos. “Sempre que alguém receber algum produto em casa no delivery ou voltar do supermercado faça toda a higienização utilizando máscara. Evite também sacudir a sacola plástica, a fim de evitar espelhar as partículas”, pontua a especialista. Se a opção for utilizar o álcool 70% ou a solução de hipoclorito vale um alerta: “Nunca misture os dois. Ou você opta por uma, ou outra. A mistura de álcool com hipoclorito forma uma substancia tóxica, altamente nociva que pode acabar causando uma intoxicação por produtos de limpeza”. O processo de desinfecção é simples. Borrifa o saco, coloca uma sacola dentro da outra ainda meio úmida, fecha e espera três dias antes de utilizar como sacola de lixo. “Não vai funcionar se você não utilizar o produto na concentração adequada. Tem álcool que vende em mercado que não é 70%.  Esse tipo de álcool não serve para fazer a desinfecção dos objetos. A atenção vale ainda para a concentração do hipoclorito altamente diluído”, reforça a especialista. Dicas para higienizar as sacolas antes de reaproveitá-las.