voltar ao topo

Sudoeste Bahia

últimas notícias:

Acusado de agressão e furtos em Caculé é preso pela Polícia Militar

Jaques Wagner vai assumir Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Matrícula na rede estadual começa na próxima terça-feira

UPB: Comissão eleitoral rejeita pedidos de impugnações

Três assaltos ocorreram em menos de duas horas em Caetité

Educação: Bahia tem 12 mil vagas no Sisu 2017

Temer é pressionado a indicar Moro para o STF

Fotos: Luciano Ribeiro em compromissos do mandato

Rodovias federais na Bahia tiveram 1,6 morte por dia em 2016, diz PRF

Palmas de Monte Alto: Denunciados pela PF e MPF são nomeados para cargos públicos

Empossada nova diretoria do Consórcio do Alto Sertão

Relator da Lava Jato, ministro Teori Zavascki morre em acidente aéreo

Três pessoas morrem em queda de avião em Paraty; Teori Zavascki estava a bordo

PM confirma que há mortos em Alcaçuz após confronto de facções

Guanambi: Polícia Civil apreende menor de idade com armas e quase meio quilo de crack

Em consulta on-line, MEC cogita fazer Enem em 1 dia e pelo computador

Criminosos assaltam supermercado no bairro Pedro Cruz, em Caetité

Caetité: Matrícula na rede municipal começa amanhã (19), mas desde hoje pais já formam filas em frente às escolas

Barranco cede e caminhão Munck tomba em construção de posto de combustível em Bom Jesus da Lapa

Saúde: Minas Gerais confirma sete mortes por febre amarela

Prefeitura confirma morte de vítima de H1N1 em Vitória da Conquista

Sexta / 23 Ago 2013 / 00h00

Após divulgação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab do Alerta Epidemiológico do vírus Influenza A, também conhecido como H1N1, confirmando uma morte pela doença na cidade, a prefeitura de Vitória da Conquista confirmou que o caso foi registrado no município. Uma nota de esclarecimento foi enviada à imprensa nesta sexta-feira (23).

Segundo a nota enviada pela Secretaria de Saúde do município, a paciente que contraiu  H1N1 tinha mais de 80 anos. A nota diz ainda que a paciente recebeu todos os cuidados médicos necessários e afirma que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Ainda de acordo com a nota, a Vigilância Epidemiológica segue o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde e disponibiliza medicação desde que o paciente apresente receita e relatório médico.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme foi divulgado no site oficial da Prefeitura nessa quinta-feira, 22, houve no município a confirmação de um caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), H1N1, no último dia 20 de agosto. A paciente, uma pessoa idosa com mais de 80 anos, recebeu todo atendimento e acompanhamento necessários, mas veio a óbito em decorrência de insuficiência cardíaca.

A Secretaria informa ainda que a Vigilância Epidemiológica do município segue rigorosamente o Protocolo do Ministério da Saúde e disponibiliza medicação mediante a apresentação de receita e relatório médico.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave é uma doença de notificação compulsória, portanto os serviços públicos e privados de saúde devem comunicar à Vigilância Epidemiológica do Município, em todos os casos suspeitos ou confirmados.