voltar ao topo

Sudoeste Bahia

últimas notícias:

Alpha Vestibular e Cursos realiza simuladão de inverno

Simulado do Enem já está disponível na internet

Fies abre inscrições para 75 mil vagas no 2º semestre

Palmas de Monte Alto: Foragidos se apresentam a polícia

PF prende ex-ministro Paulo Bernardo na 31ª fase da Lava Jato

Bahia tem 1.154 casos notificados de microcefalia

Acusados de furtos são presos durante operação da CIPE/Sudoeste em Palmas de Monte Alto

Correspondente bancário é assaltado por homens armados em Caetité

IBGE vai contratar mais de 7 mil agentes de pesquisa e mapeamento

Caetité: Carro tomado de assalto é encontrado queimado na zona rural de Guanambi

Traficante é morto em confronto com policiais civis em Brumado

Funcionário é sequestrado após ser confundido com patrão, em Barra do Choça

Estudante montealtense tem matrícula cancelada na UFBA por irregularidades na documentação

Marcelo Odebrecht admitirá em delação repasses para Dilma, diz jornal

Palmas de Monte Alto: Homem é preso por posse irregular de arma de fogo

Casal arromba residências na zona rural de Riacho de Santana e é preso pela PM

Dupla assalta loja de material de construção no bairro Ovídio Teixeira em Caetité

PETO iniciou atividades na região que compõe a 94ª CIPM

Gerente de posto tem malote com mais de R$ 6 mil roubado em Guanambi

Palmas de Monte Alto: Homem derruba poste ao socorrer filho que foi cortado de facão

Prefeitura confirma morte de vítima de H1N1 em Vitória da Conquista

Sexta / 23 Ago 2013 / 00h00

Após divulgação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab do Alerta Epidemiológico do vírus Influenza A, também conhecido como H1N1, confirmando uma morte pela doença na cidade, a prefeitura de Vitória da Conquista confirmou que o caso foi registrado no município. Uma nota de esclarecimento foi enviada à imprensa nesta sexta-feira (23).

Segundo a nota enviada pela Secretaria de Saúde do município, a paciente que contraiu  H1N1 tinha mais de 80 anos. A nota diz ainda que a paciente recebeu todos os cuidados médicos necessários e afirma que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Ainda de acordo com a nota, a Vigilância Epidemiológica segue o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde e disponibiliza medicação desde que o paciente apresente receita e relatório médico.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme foi divulgado no site oficial da Prefeitura nessa quinta-feira, 22, houve no município a confirmação de um caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), H1N1, no último dia 20 de agosto. A paciente, uma pessoa idosa com mais de 80 anos, recebeu todo atendimento e acompanhamento necessários, mas veio a óbito em decorrência de insuficiência cardíaca.

A Secretaria informa ainda que a Vigilância Epidemiológica do município segue rigorosamente o Protocolo do Ministério da Saúde e disponibiliza medicação mediante a apresentação de receita e relatório médico.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave é uma doença de notificação compulsória, portanto os serviços públicos e privados de saúde devem comunicar à Vigilância Epidemiológica do Município, em todos os casos suspeitos ou confirmados.