voltar ao topo

Sudoeste Bahia

últimas notícias:

Polícia apreende mais de 600 reais em notas falsas em Caetité; mais pessoas podem ser presas

Guanambi: Comerciante vende cigarro e recebe como pagamento nota falsa

Temer prepara mudanças em vitrines sociais do PT

Ancião morre após queda de cavalo na zona rural de Carinhanha

Militares são presos com três toneladas de maconha em caminhão do Exército

Riacho de Santana: Acusado de desviar mais de 100 milhões, Tito Eugênio continua preso

Dilma faz sua defesa no plenário do Senado; assista

Jovem é preso com drogas e dinheiro falso em Bom Jesus da Lapa

Revitalização do São Francisco pode custar R$ 30 bilhões

Aécio recebeu propina quando era governador, diz revista

Conta de luz não deve ter aumento até dezembro

Lula deverá vir a Conquista apoiar José Raimundo, diz site da capital

Prefeitura de Palmas de Monte Alto divulga programação da ‘Festa de Setembro 2016’

Procuradoria aponta mais de 5 mil ‘fichas-sujas’

Emissoras de rádio e TV começam a exibir horário eleitoral gratuito nesta sexta-feira

Prefeito de Bom Jesus da Lapa é punido por gastos irrazoáveis em situação de emergência

Vitória da Conquista é uma das 150 cidades mais violentas do país

Notas de dinheiro falsas tem circulado com facilidade em Caetité

Quadrilha é presa com drogas e escopeta, em Vitória da Conquista

Senado começa a julgar cassação de Dilma

Prefeitura confirma morte de vítima de H1N1 em Vitória da Conquista

Sexta / 23 Ago 2013 / 00h00

Após divulgação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab do Alerta Epidemiológico do vírus Influenza A, também conhecido como H1N1, confirmando uma morte pela doença na cidade, a prefeitura de Vitória da Conquista confirmou que o caso foi registrado no município. Uma nota de esclarecimento foi enviada à imprensa nesta sexta-feira (23).

Segundo a nota enviada pela Secretaria de Saúde do município, a paciente que contraiu  H1N1 tinha mais de 80 anos. A nota diz ainda que a paciente recebeu todos os cuidados médicos necessários e afirma que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Ainda de acordo com a nota, a Vigilância Epidemiológica segue o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde e disponibiliza medicação desde que o paciente apresente receita e relatório médico.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme foi divulgado no site oficial da Prefeitura nessa quinta-feira, 22, houve no município a confirmação de um caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), H1N1, no último dia 20 de agosto. A paciente, uma pessoa idosa com mais de 80 anos, recebeu todo atendimento e acompanhamento necessários, mas veio a óbito em decorrência de insuficiência cardíaca.

A Secretaria informa ainda que a Vigilância Epidemiológica do município segue rigorosamente o Protocolo do Ministério da Saúde e disponibiliza medicação mediante a apresentação de receita e relatório médico.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave é uma doença de notificação compulsória, portanto os serviços públicos e privados de saúde devem comunicar à Vigilância Epidemiológica do Município, em todos os casos suspeitos ou confirmados.