voltar ao topo

Caetité/BA 17ºMIN/29ºMAX

Sudoeste Bahia

últimas notícias:

Sudoeste: Jovem é morto com requintes de crueldade em Caatiba

Clima de instabilidade se aproxima da região sudoeste da Bahia

Sudoeste baiano: Grupo armado invade delegacia e liberta detenta

Jovem de 18 anos é morto a tiros no Jardim Copacabana em Vitória da Conquista

Polícia prende quadrilha envolvida com o tráfico de drogas em Brumado

Grupos de especialistas tentam desenvolver vacinas contra o zika

Caminhoneiro é preso por dirigir alcoolizado na BR-030 em Guanambi

Adolescentes são vítimas de assalto em Guanambi

Após discussão, filho agride pai a pauladas na zona rural de Guanambi

Menor é apreendido com moto roubada em Caetité

Caetiteense morre após colidir moto com caminhonete na BR-030 em Guanambi

Polícia localiza veículo utilizado em assalto a agência dos Correios em Caetité

Recessão de 2016 pode ser pior que a de 2015, dizem economistas do Itaú

Fiocruz detecta presença ativa do vírus zika em saliva e urina

Golpista causa prejuízo de mais de R$ 100 mil no comércio de Guanambi

Criminosos rendem mulher e roubam mais de R$ 10 mil na zona rural de Guanambi

Bandidos assaltam mulher e agride criança com coronhada em Guanambi

Senador Walter Pinheiro deve se desligar do PT

Homem é morto a tiros no Alto Maron em Vitória da Conquista

Polícia apreende material de contrabando em depósito de Ibitira

Prefeitura confirma morte de vítima de H1N1 em Vitória da Conquista

Sexta / 23 Ago 2013 / 00h00

Após divulgação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab do Alerta Epidemiológico do vírus Influenza A, também conhecido como H1N1, confirmando uma morte pela doença na cidade, a prefeitura de Vitória da Conquista confirmou que o caso foi registrado no município. Uma nota de esclarecimento foi enviada à imprensa nesta sexta-feira (23).

Segundo a nota enviada pela Secretaria de Saúde do município, a paciente que contraiu  H1N1 tinha mais de 80 anos. A nota diz ainda que a paciente recebeu todos os cuidados médicos necessários e afirma que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Ainda de acordo com a nota, a Vigilância Epidemiológica segue o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde e disponibiliza medicação desde que o paciente apresente receita e relatório médico.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme foi divulgado no site oficial da Prefeitura nessa quinta-feira, 22, houve no município a confirmação de um caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), H1N1, no último dia 20 de agosto. A paciente, uma pessoa idosa com mais de 80 anos, recebeu todo atendimento e acompanhamento necessários, mas veio a óbito em decorrência de insuficiência cardíaca.

A Secretaria informa ainda que a Vigilância Epidemiológica do município segue rigorosamente o Protocolo do Ministério da Saúde e disponibiliza medicação mediante a apresentação de receita e relatório médico.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave é uma doença de notificação compulsória, portanto os serviços públicos e privados de saúde devem comunicar à Vigilância Epidemiológica do Município, em todos os casos suspeitos ou confirmados.