• Mulher é presa suspeita de mandar matar marido e queimar o corpo em Serra do Ramalho

    Foto: Divulgação | Polícia Civil Foto: Divulgação | Polícia Civil
    Por Marcos Oliveira

    16/10/2019 - 16:04


    O corpo de Márcio Amorim Vieira, foi encontrado carbonizado e com marcas de tiros, dentro do porta mala de um carro

    Adriana Nunes Cardoso Vieira, de 36 anos de idade, foi presa nesta quarta-feira (16), na cidade de Santana, na região oeste da Bahia, suspeita de mandar matar o marido e queimar o corpo dele em Serra do Ramalho, na região oeste da Bahia. O crime ocorreu no dia 19 de janeiro deste ano. Segundo informou a Polícia Civil à redação do site Sudoeste Bahia, o corpo de Márcio Amorim Vieira, foi encontrado carbonizado e com marcas de tiros, dentro do porta mala de um carro, próximo à Agrovila 20. O corpo foi reconhecido pelos familiares. Ainda não informação concreta de como a vítima foi morta, já que a investigação não foi concluída. Conforme a polícia, antes do crime a acusada havia registrado boletim de ocorrência por violência doméstica contra o marido. Adriana deve responder pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver e esta presa preventivamente na Unidade Prisional de Bom Jesus da Lapa à disposição da Justiça. Com a prisão de Adriana, o Serviço de Inteligência (SI) da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), busca identificar possíveis comparsas e a participação de cada um deles no crime.

  • Serra do Ramalho

MAIS NOTÍCIAS