• Guanambi: Sispumur promoveu debate sobre a Reforma da Previdência

    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia
    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia
    22/03/2019 - 16:02

    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guanambi e Região (Sispumur) promoveu na Câmara de Vereadores de Guanambi, na manhã desta sexta-feira (22), ato contra propostas da Reforma da Previdência, com momento de amplo debate e discussão do assunto com a comunidade local, a fim de mostrar para a população que a reforma será válida, desde que seja justa, levando em consideração as questões sociais, as diferenças nas condições de trabalho e situação de pessoas em vulnerabilidade social. Em entrevista ao site Sudoeste Bahia, um dos palestrantes Professor Dr. Alcir Roch, disse que “este é o momento da população como um todo e categoria de trabalhadores se reunirem para esclarecer pontos relevantes da proposta de Reforma da Previdência. É importante se apropriar de conhecimento para que se possa fazer manifestações dentro da realidade da proposta. Não adianta ficarmos discutindo política e politicagem, a ideia é pensar no que é melhor para o Brasil, para  o trabalhador, aposentados e pessoas mais carentes recebendo benefícios através da nossa previdência social”. 

    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia
    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia

    O advogado previdenciário Rafael Bonfim destacou que “é preciso que todo o Brasil pare para discutir. Quando a gente fala de reforma, especialmente de Reforma da Previdência, o debate tem que ser ampliado e não só restrito ao Congresso Nacional, pois todos nós seremos atingidos, seja para o bem, seja para o mal. O poder emana na sociedade, emana do povo, que tem que participar destas mudanças que vão atingir a ele mesmo. Esses momentos são importantes para o conhecimento e ampliação do debate”. A mesa foi composta pelos advogados professor Dr. Alcir Rocha e Rafael Bonfim, professora Drª Tatyanne Gomes Marques e a mediadora Sônia Reis. Estiveram presentes ao evento integrantes da Uneb, colégios municipais e estaduais e Sispumur.

MAIS NOTÍCIAS