• Fachin rejeita pedido de liberdade feito pelo ex-presidente Lula

    Foto: Rosinei Coutinho | STF
    Foto: Rosinei Coutinho | STF
    Por Clara Rellstab

    21/02/2019 - 10:00

    Desta vez, o argumento da defesa era de nulidades no processo

    O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Edson Fachin rejeitou hoje (20) mais um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Lula (PT). Desta vez, o argumento da defesa era de nulidades no processo. Os advogados do petista argumentavam que o relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça, Felix Fischer, não poderia ter negado em decisão individual o recurso de Lula para tentar reverter a condenação do caso triplex. Para os advogados, o recurso deveria ser julgado pelo colegiado. O ex-presidente foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em processo do caso do triplex do Guarujá a 12 anos e 1 mês de prisão. A sentença foi do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, que ampliou a pena originalmente determinada por Moro (9 anos e 6 meses de prisão).

MAIS NOTÍCIAS