• Temer e ministros são chamados a depor sobre esquema criminoso na Petrobras

    Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
    Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    21/09/2018 - 08:00

    Além do presidente, juiz de Brasília convocou Moreira Franco e Eliseu Padilha para prestar depoimento

    O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, determinou que o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, das Minas e Energia, prestem depoimento em um processo que apura a atuação de uma suposta organização criminosa na Petrobras. Além deles, o empresário Joesley Batista também foi chamado para depor como testemunha. O juiz considera que os depoimentos são "imprescindíveis" para o andamento do processo, já que o presidente e os ministros foram citados em delações como integrantes do esquema.

MAIS NOTÍCIAS