• Ações de improbidade do MPF em Bom Jesus da Lapa revelam mais de R$ 7,5 milhões em prejuízos aos cofres públicos

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    01/06/2018 - 19:02

    Entre os acionados, estão os atuais prefeitos de Correntina, Macaúbas, Morpará e Paratinga.

    O Ministério Público Federal (MPF) em Bom Jesus da Lapa, na região Oeste da Bahia, ajuizou 17 ações contra atos de improbidade administrativa entre maio de 2017 e maio deste ano. Somados, os recursos tratados nas ações totalizam mais de R$ 7,5 milhões em prejuízo nas áreas de Educação e Saúde por desvios de verbas e danos aos cofres públicos em 9 municípios baianos. Entre os acionados, estão os atuais prefeitos de Correntina, Macaúbas, Morpará e Paratinga. Em alusão ao aniversário da Lei de Improbidade Administrativa, em 2 de junho, o MPF apresentou nesta sexta-feira (01), o resumo das ações, de autoria do procurador da República Adnilson Gonçalves da Silva. Veja o resumo.

  • Bom Jesus da Lapa
    MPF em Bom Jesus da Lapa
    Noticias da Lapa
    Correntina
    Macaúbas
    Morpará
    Paratinga

MAIS NOTÍCIAS