• Cármen Lúcia diz que não vai se dobrar à pressão no caso da prisão de Lula

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    13/03/2018 - 16:46

    A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, disse hoje que não vai aceitar pressão para colocar em votação na Corte a questão da prisão em segunda instância, que interessa à defesa do ex-presidente Lula (PT). Em evento da Folha de São Paulo, a magistrada foi questionada sobre como lidava com o lobby para revisar a previsão de prisão a partir de decisão da segunda instância, e respondeu que não lida, já que não se submete a pressão. Lula pode ser preso a partir da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o que pode ocorrer a partir do final deste mês ou em abril.

MAIS NOTÍCIAS