• Correios dizem que greve de funcionários é 'injustificada e ilegal'

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Paloma Morais

    12/03/2018 - 16:24

    Os Correios, por meio de nota enviada à imprensa, classificaram a greve dos funcionários, iniciada hoje, como "injustificada e ilegal". De acordo com a empresa, "mesmo reconhecendo que a greve é um direito do trabalhador", não houve descumprimento da cláusula do acordo coletivo de trabalho da categoria. Sobre a principal reivindicação da classe, a instituição afirmou "que atualmente contempla, além dos empregados, dependentes e cônjuges, também pais e mães dos titulares" no plano de saúde. "O assunto foi discutido exaustivamente com as representações dos trabalhadores desde outubro de 2016, tanto no âmbito administrativo quanto em mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho, que apresentou proposta aceita pelos Correios mas recusada pelas representações dos trabalhadores. Após diversas tentativas de acordo sem sucesso, a empresa se viu obrigada a ingressar com pedido de julgamento no TST", diz a nota. Os Correios disseram ainda que aguardam uma decisão do tribunal. Segundo a empresa, a greve ainda não reflete nos serviços de atendimento. Até o momento, todas as agências estão abertas e os serviços disponíveis.

MAIS NOTÍCIAS