BUSCA PELA CATEGORIA "POLICIAL"

  • Homem morre em confronto com policiais da Caesg em Barra da Estiva

    Foto: Divulgação | CIPE/Sudoeste Foto: Divulgação | CIPE/Sudoeste
    31/03/2020 - 08:30


    POLICIAL

    - Um homem morreu após confronto com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado – Sudoeste (CIPE-Sudoeste, Antiga Caesg), na tarde de segunda-feira (30), no município de Barra da Estiva. Segundo informações repassadas pela especializada à redação do site Sudoeste Bahia, os policiais se deslocaram para verificar uma denuncia de que um indivíduo estaria fazendo plantio de maconha na zona rural, cometendo assaltos na região e também crime de natureza sexual, fato este que teria acontecido no dia anterior, contra uma adolescente. Quando os policiais se aproximaram do local indicado, foram recebidos com tiros e revidaram. Um homem foi encontrado caído no chão depois do confronto. A PM informou que o suspeito foi socorrido para o Hospital Susy Zanfretta, em Barra da Estiva, mas não resistiu aos ferimentos. Um revólver calibre 32 e duas espingardas de fabricação caseira foram apreendidas. Na localidade foram encontrados diversos pés de maconha, um saco com sementes prontas para o plantio, um saco de maconha seca pronta para consumo e uma moto Honda Bros com restrição de roubo. O material apreendido foi encaminhado à delegacia do município.

  • Homem é morto a golpes de facão na zona rural de Condeúba

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    12/03/2020 - 08:30


    Ainda não há informações a respeito da motivação do crime.

    POLICIAL

    - Um homem identificado como Deusdete Alves Souza, 61 anos, foi morto a golpes de facão  na Fazenda Jacaré, nas proximidades do distrito da Feirinha, zona rural de Condeúba, na tarde desta quarta-feira (11). O crime teria sido cometido por um sobrinho da vítima. Ele foi preso em flagrante por polícias da 80ª Companhia Independente de Polícia Militar e apresentado ao Plantão Central da Polícia Civil no Distrito Integrado de Segurança Pública, em Vitória da Conquista. Ainda não há informações a respeito da motivação do crime. O corpo da vítima foi removido pela equipe do Departamento de Polícia Técnica para o Instituto Médico Legal, também em Vitória da Conquista.

  • Perícia do Rio no corpo de Adriano não diverge ‘em praticamente nada’ do relatório da BA, diz revista

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Almirante

    09/03/2020 - 12:00


    Documento da polícia fluminense também vai sustentar que o corpo do miliciano não apresenta sinais de tortura.

    POLICIAL

    - A perícia realizada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro no corpo do ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega “não divergirá em praticamente nada” do laudo produzido pela polícia baiana. De acordo com a coluna Radar, da Revista Veja, as análises convergem entre si. A única divergência é a constatação de uma fratura nas costelas, que não chegou a ser citada no relatório baiano. O documento da polícia fluminense também vai sustentar que o corpo do miliciano não apresenta sinais de tortura.

  • Homem morre em confronto com policiais da Cipe/Sudoeste em Jacaraci

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    09/03/2020 - 08:30


    POLICIAL

    - Na manhã do último sábado (07), na cidade de Jacaraci, um jovem identificado como Cárliton Natan Silva Guimarães, 19 anos de idade, morreu em confronto com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Sudoeste). De acordo com informações da polícia, por volta das 06hs, após denúncia de que vários indivíduos estariam armados e se preparando para cometer assalto a um veículo, a guarnição se deslocou até a Rua Atanásio Domingos, no bairro Bom Jesus, momento em que foram visualizados dois indivíduos suspeitos, que, ao perceberem a presença policial, evadiram e adentraram a uma residência que estava com o portão aberto. Ao entrar na casa houve o confronto. Em seguida, foi localizado um dos indivíduos ao solo, alvejado e com um revólver ao seu lado, bem como foi constatado que o segundo indivíduo conseguiu evadir. Foi prestado socorro ao hospital do referido município, onde a plantonista constatou a ausência de sinais vitais do alvejado. Durante a operação foi apreendido: revólver cal. 32, 04 cartuchos deflagrados e 02 intactos no Tambor, e 05 cartuchos intactos que estavam no bolso do indivíduo.

  • Criança é morta a tiros em frente a bar no oeste da Bahia

    Foto: Reprodução | Blog do Braga Foto: Reprodução | Blog do Braga
    Por Maíra Brito

    09/03/2020 - 07:00


    POLICIAL

    - Uma criança de 5 anos foi morta com quatro tiros em frente a um bar na Rua Peru, no bairro Barreiras I, na cidade de Barreiras, oeste da Bahia. O crime aconteceu na tarde de domingo (8). Segundo testemunhas que presenciaram o ataque, dois homens chegaram em uma moto e um deles desceu e efetuou diversos tiros na direção de um homem, que seria o padrasto da criança. O suposto alvo do crime conseguiu correr e a criança, que estava com a mãe, foi atingida com dois tiros na cabeça e dois no braço. Ela morreu na hora. De acordo com o G1, a menina foi identificada como Anny Heloísa de Oliveira Alves. A mãe dela passou mal e precisou ser socorrida pelo SAMU. Após o crime, policiais saíram em diligência em busca dos suspeitos. Um deles foi encontrado e levado para delegacia. A Polícia Civil vai investigar a autoria do crime, que pode ter sido motivado por vingança. O assassino seria um desafeto do padrasto da criança. O velório da criança e enterro será nesta segunda-feira (9).

  • Bahia: Menina de 11 anos é estuprada e morta a pauladas; marido da avó da vítima foi preso suspeito do crime

    Foto: Reprodução | TV Sudoeste Foto: Reprodução | TV Sudoeste
    08/03/2020 - 08:00


    Próprio suspeito acionou a polícia e comunicou o desaparecimento de Layla Nascimento. Ele teria entrado em contradição, os policiais desconfiaram e ele confessou.

    POLICIAL

    - Uma criança de 11 anos foi estuprada e morta, na sexta-feira (6), em Prado, cidade do sul da Bahia. Um homem de 53 anos, que é marido da avó da menina, foi preso e confessou o crime. De acordo com informações levantadas na delegacia de Itamaraju, que investiga o crime, o próprio suspeito, identificado como José Raimundo Nascimento, chamou a polícia para dizer que Layla Nascimento estava desaparecida. Conforme publicação do G1, durante depoimento, ele teria entrado em contradição e a polícia suspeitou dele, iniciando a investigação do caso. O suspeito então confessou que tinha estuprado e escondido o corpo da criança. Ainda de acordo com a polícia, o corpo de Layla foi encontrado pela noite, com marcas de pauladas e sinais de estupro, em um matagal na estrada que liga Guarani a Corumbau, em Prado. O corpo da menina foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itamaraju, onde será periciado. O suspeito está preso na delegacia de Itamaraju. Assista a reportagem da TV Sudoeste:

  • Ibitiara: Caminhoneira morre após carreta carregada de sal tombar na BR-242

    Foto: Reprodução | Anjos da Chapada Foto: Reprodução | Anjos da Chapada
    05/03/2020 - 14:30


    POLICIAL

    - Um acidente envolvendo uma carreta carregada com sal na manhã desta quinta-feira (05), por volta das 07h, na BR-242, na curva do Valério, nas proximidades da lagoa do Dionísio, zona rural de Ibitiara, resultou na morte da caminhoneira condutora do veículo, ainda não identificada. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), assim que acionada, a guarnição se deslocou até o ponto do acidente, onde encontrou a carreta tombada entre uma ribanceira e o asfalto. No interior do veículo estava a condutora, inconsciente, presa as ferragens, que aparentemente estava sem o cinto de segurança. Após avaliação de cena e estabilização iniciou-se o processo de desencarceramento da mesma, para o possível resgate e verificação de sinais vitais, e logo após a expansão das ferragens identificou-se que a mesma estava com a ausência de sinais vitais. A PRF fez todo o controle de fluxo e sinalização da via, e a Polícia Civil os procedimentos cabíveis ao óbito.

  • Operação da PF na BA e em 9 estados desarticula grupo que investiu R$ 2 mi em tráfico de armas

    Foto: Divulgação | PF-BA Foto: Divulgação | PF-BA
    Por Juliana Almirante

    05/03/2020 - 09:00


    Na Bahia, os mandados são cumpridos nas cidades de Camaçari, Jacobina, Lauro de Freitas e Salvador

    POLICIAL

    - A Polícia Federal desencadeou, na manhã de hoje, (5), a operação "Gun Express", para combater um grupo especializado no tráfico internacional de armas de fogo, acessórios e munições. Cerca de 310 policiais federais cumprem 62 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão preventiva, na Bahia, Paraná, Rio Grande do Norte, São Paulo, Paraíba, Sergipe, Santa Catarina, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Na Bahia, os mandados são cumpridos nas cidades de Camaçari, Jacobina, Lauro de Freitas e Salvador. Não foi detalhado quais mandados são cumpridos em cada uma das localidades. A PF divulgou um vídeo da operaçãona capital baiana que mostra diversas armas no interior de um veículo, mas também não foi informado em que contexto foi gravado. A investigação começou no primeiro semestre de 2018, quando a PF identificou que armas de fogo seriam remetidas pelos Correios, escondidas dentro de equipamentos de treino para artes marciais, como aparadores de chute, luvas e caneleiras.  A partir daí, a polícia identificou que um grupo de pessoas dos estados do Paraná, Bahia e Rio Grande do Norte atuavam em associação, para importação, guarda, remessa e transporte de armas de fogo, acessórios e munições, que teriam como destino diversos outros estados do país, com destaque para Bahia e Rio Grande do Norte. Foram realizadas ainda apreensões de armamentos e acessórios escondidos em tanques de combustíveis de veículos, usados durante o transporte para alguns dos estados do nordeste. A estimativa é de que o grupo remeteu e transportou, desde 2016, mais de 300 armas de fogo, investindo cerca de R$ 2 milhões na compra do armamento. Parte do pagamento era feito por intermédio de empresas de fachada, que eram controladas por suspeitos da Bahia e do Rio Grande do Norte para dar aparência lícita aos repasses financeiros, feitos pelo sistema de transferências bancárias. Na operação de hoje, são executados 27 bloqueios judiciais de contas bancárias e aplicações financeiras, assim como sequestro e arresto de bens de 26 pessoas físicas e uma pessoa jurídica. Foram decretadas também seis medidas cautelares diversas da prisão para outras pessoas envolvidas na investigação. A Polícia Federal vai indiciar 28 pessoas pela prática do crime de tráfico internacional de armas de fogo, lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica.

  • Conquistense considerada maior traficante da Bahia pela SSP é solta pelo TJ-BA

    Foto: Alberto Maraux | SSP-BA Foto: Alberto Maraux | SSP-BA
    Por Juliana Rodrigues

    05/03/2020 - 07:00


    “Dona Maria” é acusada pela polícia de envolvimento em mais de 100 mortes na região sudoeste do estado

    POLICIAL

    - Apontada como a maior traficante da Bahia pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Jasiane Teixeira, conhecida como “Dona Maria”, foi solta por um habeas corpus expedido pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Ela tinha sido presa em setembro do ano passado, no interior de São Paulo. Dois dias depois, chegou a Salvador e estava custodiada no Conjunto Penal do Município desde o dia 2 de outubro do ano passado. De acordo com o G1, a decisão que favoreceu a acusada foi tomada pelo presidente do TJ-BA, desembargador Lourival Almeida Trindade. Na revogação da prisão preventiva, o magistrado considerou que a manutenção da custódia não era justificada “na concretude dos fatos”, o que significaria dizer que não há havia provas concretas para manter Jasiane presa. “Dona Maria” é acusada pela polícia de envolvimento em mais de 100 mortes na região sudoeste do estado. Há ainda investigações por envolvimento com corrupção de menores, roubos, falsificações e tráfico de armas.

  • Sudoeste baiano: Casal é preso com 36 pistolas, 2 mil munições, 74 carregadores e quase 50 kg de crack na BR-116

    Foto: Divulgação | PRF/BA Foto: Divulgação | PRF/BA
    Por Juliana Rodrigues

    02/03/2020 - 07:00


    Carga estava na cabine de uma carreta, com destino à cidade de Santo Antônio de Jesus

    POLICIAL

    - Uma carga de quase 50 quilos de crack e um arsenal com dezenas de pistolas e 2 mil munições foram apreendidos na cabine de um caminhão, no final da tarde de ontem (1°). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caso aconteceu durante abordagem no Km 815 da BR-116, próximo a Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. Um casal foi preso. Os agentes deram ordem de parada a uma carreta com placas do Paraná, conduzida por um homem de 33 anos. Ele estava acompanhado da esposa, também com 33 anos de idade. Eles apresentaram nervosismo ao responder às perguntas da equipe, além de terem dado respostas desencontradas em relação ao destino e motivo da viagem. Assim, os policiais aprofundaram a fiscalização e descobriram a carga ilícita na cabine. Os policiais apreenderam 36 pistolas de calibre 9 milímetros, 2 mil munições do mesmo calibre, 74 carregadores e 48,6 quilos de crack. Do total de armas apreendidas, 34 são de fabricação checa e as outras duas, de origem croata. O motorista, que declarou ser comerciante, disse aos agentes que recebeu a carga ilícita na cidade paranaense de Medianeira e iria levá-la até Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano. Ele ainda informou que receberia R$ 10 mil pelo transporte. Os acusados foram encaminhados à Delegacia local, junto com o material ilícito.

  • Sudoeste baiano: Jovem morre em confronto com a Cipe na BA-407

    Foto: Divulgação | Cipe/Sudoeste Foto: Divulgação | Cipe/Sudoeste
    28/02/2020 - 10:00


    POLICIAL

    - Por volta das 19h40 da última quinta-feira (27), policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Sudoeste), antiga Caesg, trafegavam em patrulhamento ostensivo na BA-407, nas proximidades do distrito de Vila Mariana, município de Caraíbas, quando notaram um indivíduo em atitude suspeita a bordo de uma motocicleta. Houve tentativa de abordagem, mas, segundo a polícia, a guarnição foi surpreendida por disparos de arma de fogo, feitos pelo suspeito. Os policiais reagiram ao ataque e durante o confronto alvejaram o jovem, que não teve a identidade revelada.  Ao cessar dos disparos, os policiais realizaram a progressão até o homem ferido, o qual, embora socorrido e conduzido ao hospital mais próximo, não resistiu aos ferimentos e evoluiu a óbito. Com o suspeito, aos policiais apreenderam 01 revólver cal. 32; 03 munições cal 32 deflagradas; 03 intactas; 04 papelotes de cocaína e 04 buchas de maconha.

  • Sudoeste baiano: PRF prende quatro suspeitos de furto e recupera 32 celulares na BR-116

    Foto: Divulgação | PRF/BA Foto: Divulgação | PRF/BA
    Por Juliana Rodrigues

    18/02/2020 - 12:15


    Aparelhos foram furtados durante festas populares nas cidades de Lapão e Belo Campo

    POLICIAL

    - Quatro suspeitos de furto, com idades entre 19 e 31 anos, foram presos e 32 telefones celulares foram recuperados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ontem (17). A ação aconteceu durante abordagem em um trecho da BR-116, próximo ao município de Milagres, no sudoeste baiano. Com o grupo, os policiais ainda encontraram uma pequena quantidade de maconha para consumo. Segundo a PRF, uma equipe abordou um automóvel com quatro ocupantes, dois homens e duas mulheres, e notou que o condutor do carro demonstrou nervosismo excessivo durante a abordagem policial, além de dar respostas desencontradas em relação ao motivo da viagem. Com isso, os agentes aprofundaram a fiscalização. Embaixo do banco do motorista, os agentes encontraram sacolas plásticas contendo dezenas de aparelhos celulares de marcas diversas. Questionados, os dois homens confirmaram ter furtado os telefones de vítimas que participavam de festas populares, ocorridas no último fim de semana nas cidades de Lapão e Belo Campo. Em consulta aos sistemas policiais, os agentes ainda constataram que um dos passageiros, um homem de 25 anos, tinha uma mandado de prisão preventiva em aberto por estupro, expedido pela vara criminal de Ribeira do Pombal. Os suspeitos foram encaminhados à delegacia de Itaberaba, junto com os celulares e o material apreendido.

  • Bahia tem 15 vítimas por dia de golpe com clonagem do número do WhatsApp, estima polícia

    Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    18/02/2020 - 11:26


    A partir da obtenção dos dados das vítimas, o golpista passa a assumir o controle da conta e tem acesso a todos os contatos da pessoa

    POLICIAL

    - Golpes financeiros que são feitos por meio da clonagem do número do WhatsApp fazem 15 vítimas por dia no estado, de acordo com reportagem do Correio publicada hoje (18). Ao menos duas pessoas, entre as dezenas que receberam as mensagens, caíram no golpe e fizeram depósitos de R$ 1.500 e R$ 1.850 em nome de Jeffeson Augusto Mariano, em uma conta da Caixa Econômica Federal de São Paulo. “Registramos queixa na polícia, meu WhatsApp já foi desbloqueado, mas até hoje ninguém foi preso. E continuo recebendo ligações. Hoje mesmo [quinta-feira da semana passada] recebi uma ligação de São Paulo com a mesma conversa”, disse uma das vítimas, que trabalha como esteticista de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. De acordo com o delegado João Cavadas, coordenador do Grupo Especial de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos, da Polícia Civil da Bahia, os golpes têm se tornado cada vez mais frequentes no estado. No entanto, a Bahia, não há uma delegacia especial para apuração de crimes do tipo. Somente o grupo que Cavadas coordena serve como suporte de orientação para delegados de todo o estado. Nas delegacias, os casos são caracterizados como crimes de estelionato, virtuais ou não. Com isso, não há uma estatística certa de quantos golpes do tipo ocorrem, apenas a estimativa. “Há várias modalidades de crimes virtuais, mas pelo que temos visto a maioria é por meio do envio de um link para o WhatsApp ou e-mail e no qual a pessoa que clica já está fornecendo para o golpista os dados dela, como a senha do WhatsApp”, disse o delegado. A partir da obtenção dos dados das vítimas, o golpista passa a assumir o controle da conta e tem acesso a todos os contatos da pessoa. Nos contatos, os golpistas questionam se a pessoa está em um banco ou usa aplicativo de banco, e solicita  que faça transferência bancária, usando alguma justificativa para tal. Também há casos em que o golpista faz um depósito bancário falso, com envelope vazio, na conta da pessoa e no mesmo dia entra em contato para pedir que faça o estorno. “Importante a pessoa que está sendo procurada ligar e ver se a pessoa atende. É necessário também prestar atenção se a conta que está enviando é em nome de outra pessoa”,explica o delegado.

  • Região: Batida entre carro e carreta deixa dois mortos e dois feridos na BA-263

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    17/02/2020 - 14:02


    Acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira (17), na BA-263, em trecho próximo à cidade de Itambé.

    POLICIAL

    - Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas após o carro em que estavam bater com uma carreta, na manhã desta segunda-feira (17), na BA-263, próximo à cidade de Itambé, no sudoeste da Bahia. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente ocorreu por volta das 6h30. Não há informações sobre as circunstâncias da batida. Os mortos nesse acidente foram identificados como João Batista dos Santos, de 60 anos de idade e outro homem chamado Renildo de 34 anos.

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp

    Os feridos encaminhados ao Hospital Cristo Redentor em Itapetinga foram: Jânio Marques e Aldenir Ribeiro dos Santos, eles sofreram apenas algumas escoriações. De acordo com o radialista Nildo Freitas, o condutor do carro, João Batista era Diácono da Igreja Assembleia de Deus Missão de Conquista e trabalhava como mestre de obras e estava indo com sua equipe de trabalho para Itapetinga quando ocorreu o acidente. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itapetinga, onde serão periciados. O motorista da carreta saiu ileso.

  • Sudoeste baiano: Acidente deixa quatro mortos e outros seis feridos na BA-265

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    16/02/2020 - 11:30


    POLICIAL

    - Pelo menos quatro pessoas morreram e outras seis ficaram feridas após uma van bater no fundo de um ônibus na BA-265, na noite desse sábado (15). O acidente aconteceu no trecho entre Vitória da Conquista e Belo Campo. Imagens mostram que a van, onde as quatro vítimas fatais estavam, ficou totalmente destruída. Em um áudio enviado ao Blog do Anderson, o motorista do veículo menor explicou o que aconteceu. "Eu fiquei sentido com as quatro vítimas que morreram. O cara parou o ônibus no meio da pista, aí veio um carro com farol alto. Quando eu tentei tirar, frear, não teve mais jeito, bati de lado. Mas Deus é bom, viu, mas fico sentido pelas vítimas, quatro pessoas de Anagé, inclusive minha prima, aquela filha de Néu que limpa esgoto, Milena”, relatou Manoel Amorim dos Santos, de 44 anos. O motorista é mais conhecido como Néu da Van ou Néu de Zaia. De acordo com a publicação, a van com as vítimas seguia com destino ao município de Belo Campo, que comemora aniversário neste fim de semana e, por isso, recebe muitos visitantes. A operação de resgate contou com as participações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), 7º Grupamento de Bombeiros Militar, Departamento de Polícia Técnica (DPT), Plantão Central da Polícia Civil, 80ª Companhia Independente de Polícia Militar e Companhia Independente de Polícia Rodoviária. Os sobreviventes que estão feridos foram levados para o Hospital Geral de Vitória da Conquista.

  • Professora é envenenada em sala de aula por alunos do 4º ano, em São Paulo

    Foto: Divulgação | Carlos Dias Foto: Divulgação | Carlos Dias
    Por Danielle Campos

    15/02/2020 - 08:30


    Educadora foi medicada e recebeu alta no mesmo dia, após ser submetida a uma lavagem estomacal

    POLICIAL

    - Uma professora da rede estadual de ensino foi envenenada por alunos do 4º ano na última quinta-feira (13), em São Paulo. Os estudantes, de 10 e 11 anos, da Escola Estadual Dr. Aniz Badra, no Grajaú, na zona sul da capital, usaram veneno para insetos na garrafa de água da educadora. A professora, cujo nome não foi divulgado, se sentiu mal e foi encaminhada pela equipe para um pronto-socorro da região do Parque Cocaia. Ela foi medicada e recebeu alta no mesmo dia, após ser submetida a uma lavagem estomacal. De acordo com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que repudiou o ato, um boletim de ocorrência foi registrado e o caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar. “Os responsáveis pelos alunos foram chamados e será realizada uma reunião para definir as medidas que serão adotadas aos estudantes”, afirma o órgão em nota. A polícia tenta entender porque as crianças teriam envenenado a professora.

  • Revista diz que imagens revelam que miliciano foi abatido com tiros; SSP-BA contesta

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    14/02/2020 - 11:30


    Em nota divulgada hoje (14), a Secretaria de Segurança Pública afirma que a hipótese é infundada e chama as imagens de "suposta fotos".

    POLICIAL

    A revista Veja publicou ontem (13) uma reportagem que mostra imagens que supostamente revela, que o miliciano Adriano da Nóbrega teria sido batido com tiros disparados a curta distância. Em nota divulgada hoje (14), a Secretaria de Segurança Pública da Bahia afirma que a hipótese é infundada e chama as imagens de "suposta fotos". Na reportagem, a revista diz que as imagens ainda reforçariam a acusação da esposa e do advogado de Adriano, de que ele foi executado. A versão oficial da polícia é que ele teria sido morto após resistir à prisão e trocar tiros com os PMs. A família pretendia cremar seu corpo já na quarta-feira (12), mas a Justiça proibiu. Conforme a Veja, as fotografias foram feitas, de diversos ângulos, logo depois da autópsia. As imagens revelariam também um ferimento na cabeça do ex-capitão, logo abaixo do queixo, queimaduras do lado esquerdo do peito e um corte na testa. As fotos foram submetidas à avaliação do médico legista Malthus Fonseca Galvão, professor da Universidade de Brasília (UnB) e ex-diretor do Instituto Médico Legal do Distrito Federal. Sem saber a identidade do morto, ele analisou as imagens e destacou que o ideal seria estudar o próprio corpo e ter conhecimento das armas usadas na operação policial.

    Galvão citou as marcas vermelhas localizadas próximas da região do peito, chamadas pelos peritos de “tatuagem”, que indicariam um tiro a curta distância. “É um disparo a uma distância na qual a pólvora ainda tem energia cinética suficiente para adentrar o corpo. Então, foi um disparo a curta distância. O que é a curta distância? Depende da arma e da munição. Seriam 40 centímetros, no máximo, imaginando um revólver ou uma pistola. Mais que isso, não”, disse Galvão. Ele acrescentou: “Pode ter sido uma troca de tiros? Pode. Pode ter sido uma execução? Pode. Qual é o mais provável? Com esse disparo tão próximo, o mais provável é que tenha sido uma execução. Mas tem de analisar com mais detalhes”. O segundo ponto ressaltado pelo médico legista é uma marca que aparenta ser um tiro na região do pescoço. “Pode ter sido um disparo após a vítima ter caído no chão, porque a imagem me sugere ser de baixo para cima, da direita para a esquerda, em quase 45 graus. Esse disparo pode ser o que o povo chama de ‘confere’”, explicou. "Confere" é o conhecido tiro de misericórdia, efetuado quando não há a intenção de salvar a pessoa baleada. Galvão ainda citou uma marca cilíndrica cravada no peito do corpo. “Tem muita chance de ser a boca de um cano longo após o disparo, quente, sendo encostada com bastante força por mais de uma vez. Nesse momento, ele estava vivo, com certeza, porque está vermelho em volta. É uma reação vital”, afirmou o professor. Pessoas próximas a Adriano dizem que ele foi torturado. O machucado na cabeça teria sido resultado de uma coronhada de pistola, segundo eles. No entanto, o laudo parcial divulgado pela SSP-BA diz não dispor de elementos “para afirmar ou negar” que houve emprego de tortura. A causa da morte divulgada foi “anemia aguda secundário à politraumatismo”. Confira a nota da SSP-BA divulgada hoje: A Secretaria da Segurança da Bahia, através do Departamento de Polícia Técnica (DPT), esclarece que as acusações apresentadas por uma revista, para morte de Adriano Magalhães da Nóbrega, levando em considerações supostas fotos do miliciano, são infundadas. Informa que as fotografias mostradas não são as imagens oficiais da perícia. Dessa forma, os peritos não podem afirmar se foram de alguma forma manipuladas ou não e, portanto, não podem se manifestar sobre as mesmas. Sobre a lesão arredondada na face anterior do corpo de Adriano, trata-se de equimose, não uma queimadura. É uma lesão contundente, obviamente feita com algo arredondado, que pode ter sido ativamente ou passivamente comprimido contra o corpo. As lesões de disparo de arma de fogo não foram feitas com proximidade. Essa afirmação só pode ser feita quando há, pelo menos, a zona de tatuagem de pólvora incombusta intradérmica, o que não ocorreu. É impossível afirmar distância dos disparos, sem a reprodução destes, promovida com a mesma arma e munição similar, contra um anteparo (alvo). Por fim, acrescenta que o corte na cabeça foi por ação corto-contundente, também comum em casos de troca de tiros, onde quedas são frequentes.

    CONTINUE LENDO
  • Número de assassinatos cai 19% no Brasil em 2019 e é o menor da série histórica

    Foto: Fernando Frazão | Agência Brasil Foto: Fernando Frazão | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    14/02/2020 - 08:30


    POLICIAL

    - O Brasil teve uma queda de 19% no número de vítimas de crimes violentos em 2019, em comparação com o ano de 2018. Segundo o levantamento Monitor da Violência do portal G1, baseado nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal, em todo o ano passado, foram 41.635 assassinatos no país, contra 51.558 em 2018, ou quase 10 mil mortes a menos. Na Bahia, foram 5.099 casos em 2019, contra 5.620 em 2018, uma redução de 9,2%. É o menor número de crimes violentos intencionais de toda a série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que coleta os dados desde 2007. O levantamento contabiliza as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

  • Cerca 140 detentos deixam presídio em Conquista para o 'Saidão de Carnaval'

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    13/02/2020 - 17:00


    POLICIAL

    - A partir desta quarta-feira (12), cerca de 140 detentos, 35 por vez, devem deixar o presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista, para o "Saidão de Carnaval". São beneficiados presos que cumprem pena no regime semiaberto e que têm autorização de trabalho externo, saídas temporárias ou que já saíram em datas comemorativas nos outros anos. Para usufruir do "Saidão", o detento precisa de autorização nominal emitida pela Vara de Execuções Penais de Vitoria da Conquista.

  • Flavio Bolsonaro diz que 'há pessoas acelerando' cremação de miliciano morto na BA

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    12/02/2020 - 14:57


    POLICIAL

    - O filho do presidente da República e senador Flávio Bolsonaro afirmou, em publicação no Twitter, que teve conhecimento de que pessoas estariam acelerando a cremação do miliciano Adriano da Nóbrega para ocultar as evidências de que ele teria sido "brutalmente assassinado" na Bahia. "DENÚNCIA! Acaba de chegar a meu conhecimento que há pessoas acelerando a cremação de Adriano da Nóbrega para sumir com as evidências de que ele foi brutalmente assassinado na Bahia. Rogo às autoridades competentes que impeçam isso e elucidem o que de fato houve", escreveu. Apesar da publicação de Flavio, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) sustenta que ele foi morto em ação policial, no último domingo. Um inquérito policial vai apurar as circunstâncias da morte. De acordo com o G1, o corpo de Adriano foi transferido da Bahia para o Rio de Janeiro ontem (11). Ainda não há informações sobre o sepultamento, que estava previsto para hoje (12). Ligações: Adriano tem um histórico de ligações com o senador Flávio Bolsonaro. O miliciano foi citado na investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que investiga se houve "rachadinha", nome dado ao esquema de devolução de salários, no gabinete do filho do presidente, quando ele tinha mandato na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A promotoria aponta que as contas de Adriano foram usadas para transferir dinheiro ao assessor Fabrício Queiroz, suspeito de comandar o esquema. Queiroz e Adriano já haviam trabalhado juntos no 18º Batalhão da PM. Familiares de Adriano foram contratados como assessores no gabinete de Flávio: a mulher do ex-capitão, Danielle Mendonça da Costa da Nóbrega, de 2007 até 2018, e a mãe dele, Raimunda Veras Magalhães, de 2016 a 2018. Além disso, em 2005, enquanto estava preso preventivamente pela morte de um guardador de carros, Adriano foi condecorado por Flávio com a Medalha Tiradentes, honraria da Alerj. Dois anos antes, o então deputado estadual apresentou uma “moção de louvor” em favor de Adriano.