BUSCA PELA CATEGORIA "PINDAÍ"

  • Pindaí: Homem é preso após atear fogo na própria casa com mulher e filhos dentro; menino morreu carbonizado

    Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp Foto: Leitor Sudoeste Bahia | Via WhatsApp
    01/05/2020 - 19:30


    As outras duas crianças, de 05 e 09 anos, tiveram cerca de 80% dos corpos queimados e foram encaminhadas para o Hospital Geral de Guanambi.

    PINDAÍ

    - Um homem foi preso suspeito de atear fogo na casa em que estavam a ex-mulher e os três filhos do casal. O crime ocorreu na tarde desta sexta-feira (01), na Fazenda Mato Grosso, zona rural da cidade de Pindaí. Segundo informou a Polícia Militar (PM) à redação do Sudoeste Bahia, Galdino Souza de Carvalho, teria discutido com a ex-mulher e durante a briga ateou fogo na residência. Ainda segundo a PM, uma das crianças, de um ano e oito meses, morreu carbonizada. As outras duas crianças, de 05 e 09 anos, tiveram cerca de 80% dos corpos queimados e foram encaminhadas para o Hospital Geral de Guanambi (HGG). Elas estão intubadas e estão na regulação aguardando transferência para uma unidade especializada. Uma vizinha que ajudou a socorrer as crianças também se feriu e foi encaminhada para o HGG. O estado de saúde dela é considerado estável. O acusado do crime, também foi atingido pelas chamas e está internado em estado grave, sob custódia da PM. Não há informações sobre o estado de saúde da mãe das crianças. A Polícia Civil investiga o caso. A suspeita é que o fim do relacionamento tenha motivado o crime.

  • Vereadores apresentam ao Ministério Público graves denúncias contra o Prefeito de Pindaí

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    13/03/2020 - 07:30


    PINDAÍ

    - Os vereadores de Pindaí, Tibério Fausto Neto, Charles Plinio Nogueira, José Maria de Souza e Ângelo Jardel Nogueira Fernandes, protocolaram junto ao Ministério Público Estadual representação criminal contra o prefeito do município, Ionaldo Aurélio Prates, por supostas ilegalidades praticadas no exercício do mandato, que configuram crimes de responsabilidade, crime contra a Lei das Licitações e formação de quadrilha. De acordo com informações da assessoria dos vereadores, a denúncia é bem fundamentada com documentos comprobatórios às alegações e "foi consubstanciada na notícia crime que visa o oferecimento de denúncia pela Procuradora Geral de Justiça do Ministério Público da Bahia, contra o prefeito que já alardeia por aí não será candidato a reeleição e se condenado, pela soma dos delitos pode pegar de 05 a 10 anos de cadeia", cita a assessoria. A Ascom detalha ainda que "no bojo das denúncias apresentadas pelos vereadores, figura, por exemplo, o aluguel de uma imóvel pertencente a um correligionário, com valores claramente super faturados, em manifesto prejuízo ao erário e sem observância da lei, para funcionamento provisório da sede do poder executivo e sobre esse ato paira uma serie de vícios e ilegalidades". Os vereadores pedem a urgente instauração de um processo investigatório para apurar as condutas criminosas e o oferecimento de denúncia contra o prefeito, o seu afastamento cautelar, perante a gravidade dos fatos, para preservar o erário público ante o pretenso deletério, já que se avizinha a campanha para o próximo pleito. Os vereadores e a comunidade de Pindaí aguardam o pronunciamento do Ministério Público.

  • Tio e sobrinho morrem em diferentes acidente, com menos de 30 min de diferença, na BR-122, em Pindaí

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    02/03/2020 - 10:00


    PINDAÍ

    - Na noite do último domingo (01), por volta das 19h, um acidente de trânsito foi registrado na BR-122, em Pindaí, onde houve a colisão entre um caminhão, conduzido por Manoel Augusto Magalhães Neto, de 40 anos, e uma motocicleta Honda/NXR, pilotada pelo idoso Manoel de Souza Carvalho, de 67 anos. Segundo informou a Polícia Militar à redação do site Sudoeste Bahia, Manoel não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local. Por volta das 19h22, outro acidente ocorreu na mesma rodovia, vitimando fatalmente o sobrinho de Manoel, identificado como José Homerio Saraiva, de 39 anos, que foi atropelado por um VW Gol de cor cinza, conduzido por Lindomar Cardoso Neves, de 25 anos. Ainda não há informações concretas sobre em quais circunstâncias ocorreram a colisão e o atropelamento. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi para realização de exame de necropsia. A Polícia Civil instaurou inquéritos para apurar as causas dos acidentes.