• Guanambi: Novo “Cadeirudo” pode ter estuprado segunda vítima

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Mario Filho

    26/09/2018 - 14:45

    O estupro ocorrido contra uma jovem no último sábado em Guanambi, pode não ter sido o primeiro praticado por um maníaco que vem assustando os moradores da antiga capital do algodão. De acordo com o Radar Guanambi, um maníaco que está sendo chamado de o novo “cadeirudo” vem causando medo na comunidade Guanambiense, e, sobretudo, nas mulheres. No último sábado (22), o maníaco tocou a campainha de uma residência no Bairro Renascer, quando a proprietária da casa atendeu pelo interfone, o maníaco pediu 1kg de feijão, momento em que a mulher foi buscar o alimento, o maníaco já tinha destrancado a fechadura do portão da residência e adentrado o imóvel. O homem surpreendeu a jovem dentro de sua própria residência onde a espancou e a abusou sexualmente. O maníaco usou um capacete durante todo o ato delituoso. A Polícia Militar foi acionada realizou diligencias, porém não conseguiram prender o maníaco. Ainda segundo a publicação, este pode ter sido o segundo estupro praticado pelo “cadeirudo de Guanambi”. Há uns 50 dias, uma jovem teria sido espancada e estuprada por um maníaco com as mesmas características deste indivíduo que agiu no último sábado em Guanambi. Informações obtidas pelo Radar Guanambi dão conta de que um indivíduo baixo, de cor negra meio forte teria adentrado a um salão de Beleza no Bairro Beija Flor praticado o mesmo ato criminoso contra uma mulher que inclusive estava grávida. O povo de Guanambi está perguntando, será que surgiu um novo cadeirudo em Guanambi? A polícia Civil de Guanambi já instaurou um inquérito policial e está investigando. O caso ganhou uma grande repercussão em Guanambi e na região.