• Ex-presidente do STF que assessorou Lula vê 'comédia judiciária' em decisões

    Foto: Gustavo Lima | STJ
    Foto: Gustavo Lima | STJ
    09/07/2018 - 10:00

    “Vi muita tortura, prisões arbitrárias e até mortes. Mas nunca vi uma comédia judiciária como a que está sendo noticiada”, afirmou Sepúlveda Pertence

    Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal que se juntou à defesa do ex-presidente Lula (PT) no início do ano, Sepúlveda Pertence disse que nem mesmo na ditadura militar assistiu a algo tão desconcertante como a sequência de decisões judiciais contraditórias de ontem (8) sobre a prisão do líder petista. “Vi muita tortura, prisões arbitrárias e até mortes. Mas nunca vi uma comédia judiciária como a que está sendo noticiada”, afirmou, à colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo. Afastado da equipe que assessora o petista há duas semanas após divergências sobre a estratégia jurídica, Pertence pretende voltar a se reunir com advogados de Lula hoje para decidir se há medidas possíveis nos tribunais superiores.