• Foragido por tráfico de drogas e homicídios guanambiense é preso na divisa do MS com Paraguai

    Foto: Divulgação | Polícia Civil
    Foto: Divulgação | Polícia Civil
    Por Marcos Oliveira

    29/06/2018 - 22:30

    Última fuga dele da penitenciária em Vitória da Conquista aconteceu no dia 30 de maio de 2017. Esta é a segunda recaptura feita pela Polícia.

    Um traficante e homicida foragido da Justiça guanambiense foi preso em Ponta Porã, divisa do Mato Grosso do Sul com o Paraguai, na noite desta sexta-feira (29). Caio Vinicius Fogaça das Neves, de 33 anos, mais conhecido como “Caio Fogaça” foi detido por uma equipe da Polícia Civil sul-mato-grossense, que cumpriu três mandados de prisão expedidos pela Justiça da Bahia. Durante abordagem Fogaça se apresentou com o nome e identidade do irmão. O criminoso teve a localização descoberta após investigações realizadas pelo Serviço de Inteligência (SI) da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), através da operação denominada “Colibri”. Em contato por telefone com a redação do Sudoeste Bahia, o Coordenador da 22ª Coorpin, Clécio Magalhães Chaves, informou que Caio é o principal mandante e matador da facção criminosa comandada por Aldo Berto Castro, vulgo “Delton”, que disputa pontos de tráfico de drogas em Guanambi. Ainda segundo Magalhães, através de ligações telefônicas Fogaça determinava a práticas de homicídios na cidade. Conforme Chaves, Caio é considerado um indivíduo de alta periculosidade, suspeito de tráfico de drogas em cidades da região e da autoria de roubos e homicídios, todos praticados com requinte de crueldade. O preso foi levado para a Central de Polícia de Ponta Porã e deve ser transferido para o Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista nos próximos dias.