• Carinhanha: Prefeitura gastará cerca de R$ 500 mil com festa popular

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação
    Por Willian Silva

    29/06/2018 - 17:00

    Em contato com o Sudoeste Bahia, o prefeito afirmou que todas as contas do município estão em dia

    A Prefeitura de Carinhanha, no Médio São Francisco, divulgou, na última terça-feira (19) a grade oficial de atrações do tradicional Encontro das Águas e dos Amigos ou Festejos de Carinhanha 2018. O evento acontecerá entre 20 e 22 de julho, no Parque de Exposições. Dentre as diversas atrações – mescladas entre artistas locais e de renome na Bahia – figuram os nomes de Anitta, Michel Teló e a atração religiosa, o padre apresentador da TV Aparecida e cantor, Alessandro Campos. De acordo com o Diário Oficial do Município de Carinhanha, somente as atrações custará R$ 437 mil. Dentre as contratações citadas, o que chama a atenção é o valor da cantora Anitta – que já se apresentou no exterior e faz parte do casting da gravadora Som Livre, da Rede Globo – que beira os quase R$ 200 mil. Ao que tudo indica, o valor dos gastos com os festejos, num momento em que o país está imerso numa crise que parece não ter fim, não assusta a administração carinhanhense. O outro lado: A redação do Sudoeste Bahia, entrou em contato com o prefeito Geraldo Pereira Costa o “Piau” (PDT), que confirmou que o valor pago aos artistas é proveniente de recursos próprios e do Fundo de Participação dos Municípios. “Piau” ainda afirmou que, mesmo realizando a festa com recursos do erário público, todas as contas estão em dia e que o funcionalismo – a exemplo de médicos e professores – estão com os salários pagos. O prefeito ainda reiterou que as afirmações de que o município estaria “abandonado” são falsas e partem de pessoas que visam prejudicar a sua administração, que vem fazendo um trabalho sério e comprometido com a população de Carinhanha. Costa ainda resaltou que o município está sofrendo com o atraso dos repasses para a merenda escolar e que, mesmo assim, o município não deixou um dia sequer de fornecer a alimentação para os alunos das escolas municipais.