• Cirurgia inédita no Hospital de Vitória da Conquista transforma vida de criança

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação
    Por Fonte: Ascom/HGVC

    07/06/2018 - 09:38

    O Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), no sudoeste da Bahia, promoveu uma cirurgia até então inédita na unidade. Procedimento de alta complexidade, a artroplastia da articulação temporomandibular (ATM), para tratamento de anquilose, mudou a vida de Raíssa dos Santos Silveira, de cinco anos. A menina é moradora da zona rural do município de Nova Canaã, a 118 quilômetros de Vitória da Conquista. Por conta de um parto a fórceps, Raissa teve fratura do côndilo direito da mandíbula, o que acarretou uma patologia chamada anquilose da articulação, em que o osso fraturado consolida com o osso do crânio. O problema havia sido detectado quando Raíssa tinha oito meses de vida. Até os cinco anos, ela se alimentava apenas com líquidos, por meio de canudo, não conseguia mastigar, porque a boca não abria, e também não falava. De acordo com o cirurgião dentista bucomaxilo facial responsável pela cirurgia, Luciano Cincurá, o procedimento foi antecedido por um protótipo (impressão tridimensional do crânio da paciente), disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), onde foram feitas as marcações precisas de cada milímetro de corte ósseo. A cirurgia ocorreu há dois meses. Uma equipe composta pelo cirurgião pediátrico Luciano Martins, o anestesista José Neto e os cirurgiões bucomaxilo faciais Luciano Cincurá, Marcionilio Meira e Taís Fraga ficou à frente do procedimento, que durou cerca de duas horas e meia. Segundo Carmen dos Santos, mãe de Raíssa, a recuperação está sendo muito boa. Hoje a criança faz fisioterapia e acompanhamento com fonoaudiólogo, já consegue se alimentar bem e está prestes a ter as primeiras experiências com os alimentos, como as texturas e mastigação.