• Comunidade de Barra da Estiva promove passeata contra violência e pede justiça pela morte da jovem Rhanna Almeida

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação
    05/06/2018 - 09:37

    A adolescente Rhanna KevIla da Silva Almeida, 15 anos de idade, foi encontrada morta com sinais de violência dentro de um quarto da casa onde residia, no centro do município de Barra da Estiva. O corpo da vítima apresentava perfurações pelo corpo, similares a facadas, e um colchão ainda foi incendiado no local pelo autor do crime. A brutalidade do crime causou comoção na cidade e levou a comunidade a promover na segunda-feira (04) uma caminhada contra a violência no município e também pedindo justiça e apuração efetiva do assassinato da jovem. Com faixas e cartazes, os manifestantes percorreram as principais ruas da cidade, colocando em evidência a crescente criminalidade. 

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação

    “Hoje, mais uma vez as necessidades triste e trágica nos levam novamente as ruas. Mais uma vez precisamos soltar um grito abafado pelas lágrimas contra a violência que continua de diversas maneiras nos assustando. Sei que este manifesto é um desejo profundo do coração do ser humano por dias melhores e mais seguros em nossa Barra da Estiva. Sabemos que a população precisa se envolver sempre mais, precisa acompanhar e colaborar com todas iniciativas em favor do bem comum. Mas, igualmente sabemos que os nossos governantes precisam assumir a responsabilidade de não só apresentar projetos, mas concretizar cada ação em nosso dia. Queremos uma Barra da Estiva fora dos papéis e da burocracia que leva a reflexão e discussão e nada mais. Queremos a aplicação dos recursos e não só a tentativa de buscá-los. Sim, as mortes de Samuel, do professor e diretor Zemario, de Dr. Marcos, de Rhanna e de tantos outros não é culpa de governo nenhum. Mas, é fruto do mal que tem ganhado espaço sempre mais em nosso meio, porque não estamos ocupando esses mesmos espaços com o bem”, disse o Padre Gonçalo. 

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação

    Estiveram presentes a caminhada o Colégio CENAD -  representado pela vice diretora Ivonte Martins; colega e amigo de classe da jovem representando os alunos Antônio; representando a quadrilha junina Eita Lasqueira; o adolescente e primo de Rhanna Guilherme Silva; professor e também conselheiro tutelar Jurandir Sena, CMDCA e Secretaria de Educação representada pela psicóloga Rumena Lages;  poder Executivo (vice prefeito, Som Martins) e Legislativo (presidente da Câmara, Valdinei Bô), Secretaria de Assistência Social, CREAS representados pela advogada Micaela Pires;  Padre Gonçalo representando a igreja católica; Pastor Sandro representando as igrejas evangélicas;  Décio Freitas representando a sociedade espírita mensageiros da luz – SEMEL; sociedade civil realizando mensagem final Ariana Ribeiro.