• Associação pede a caminhoneiros que retirem interdições nas rodovias

    Foto : Fernando Frazão | Agência Brasil
    Foto : Fernando Frazão | Agência Brasil
    25/05/2018 - 18:11

    A Associação Brasileira dos Caminhoneiros divulgou nesta sexta-feira (25) um comunicado no qual pede que a categoria retire as interdições nas rodovias. A nota foi divulgada depois de o presidente Michel Temer acionar as Forças Armadas para liberar as vias bloqueadas. De acordo com o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, os militares vão atuar de forma "enérgica" para desobstruir as pistas. No comunicado, a entidade de classe afirma estar preocupada com a segurança dos motoristas envolvidos e, por isso, "vem publicamente pedir que retirem as interdições nas rodovias, mas, mantendo as manifestações de forma pacífica, sem obstrução das vias". Segundo a própria associação, a Abcam representa cerca de 650 mil caminhoneiros. Ontem, a organização não assinou a proposta de acordo apresentada pelo governo.