• Bahia: Jovem que diz ter sido torturada e que teve cabelos cortados por filho de prefeito relata medo

    Foto: Reprodução | Facebook
    Foto: Reprodução | Facebook
    16/05/2018 - 19:00

    Após denunciar ter sido torturada pelo ex-marido, na cidade de Santo Antônio de Jesus, a 187 km de Salvador, a filha do prefeito de Muniz Ferreira, Clara Emanuele Santos Vieira, de 20 anos, relata que ainda está com medo. Ainda emocionada e com hematomas pelo corpo, Clara disse que teme que o suspeito identificado como Filipe Pedreira que é filho do prefeito da cidade de Salinas da Margarida, volte a agredí-la e ao filho de um ano, fruto do relacionamento dos dois. "Eu estou com medo. Não consigo dormir, não consigo comer. Já perdi quatro quilos. Eu também tenho medo de ele fazer alguma coisa com meu filho", lamentou a jovem. Clara diz ter sido agredida por volta do meio-dia do último dia 8, quando teve a casa invadida pelo rapaz, que estava com uma faca. O caso repercutiu nas redes sociais depois que a irmã da vítima denunciou o caso por meio do Facebook, no Dia das Mães. A denúncia gerou a campanha "#todosporclara". De acordo com o G1, a jovem também denunciou o caso no Instagram dela na segunda-feira (15), mostrando hematomas no rosto. Veja a reportagem do Bahia Meio Dia: