Sudoeste Notícias


  • Mortes por febre amarela sobem para 98 no país, aponta Ministério da Saúde

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Matheus Morais

    07/02/2018 - 13:37

    Um boletim nacional divulgado, nesta quarta-feira (7), pelo Ministério da Saúde, mostra que o número de casos de febre amarela registrados no Brasil subiu para 353, 140 a mais do que havia sido contabilizado na semana passada. As mortes provocadas pela doença também avançaram. Ao todo, 98 pessoas morreram em decorrência da infecção, 17 a mais do que o informado no último relatório. Ainda conforme os dados, os números de febre amarela se referem a um período iniciado em 1º de julho e contabilizados até 6 de fevereiro deste ano. Mas a maioria começou a ser registrada a partir da primeira semana de 2018. Somente este ano foram 351 confirmações e 97 óbitos. A maior parte dos casos está em São Paulo. O estado reúne 161 registros, com 41 mortes. Em seguida, vem Minas Gerais, com 157 infecções e 44 óbitos. O Rio de Janeiro contabiliza 34 ocorrências e 12 mortes. Os números da pasta, porém, estão desatualizados em relação aos levantamentos das secretarias estaduais. São Paulo, por exemplo, já registrava até a última sexta (2), 163 casos, com 61 mortes. O Rio, nesta terça, 6, já falava em 48 casos, com 22 mortes. Segundo o Ministério da Saúde, isso se deve ao fato de que cidades mineiras já dispõem do quantitativo suficiente para imunizar a população. A pasta informou ainda que, entre julho do ano passado e fevereiro deste ano, foram notificadas 1.286 suspeitas, das quais 510 foram descartadas e 423 continuam em investigação. "No ano passado, de julho de 2016 até 6 janeiro de 2017, eram 509 casos confirmados e 159 óbitos confirmados", diz o boletim.