• Ministro recomenda economizar luz, mas nega racionamento

    Foto: Gustavo Miranda
    Foto: Gustavo Miranda
    15/01/2015 - 06:00

    O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga recomendou que os brasileiros reduzam o consumo de energia elétrica. "Não é racionamento. Nós temos energia. Ela existe, mas é cara", afirmou. Para o ministro, os aumentos que virão nas contas, principalmente por meio do novo sistema de bandeiras tarifárias, indicarão ao consumidor que esse recurso está mais escasso e que é preciso diminuir gastos. "Se pudermos economizar, se pudermos controlar esses gatos, ajuda para que possamos ter eficiência energética", explicou. O ministro defende que a redução do consumo e de gastos na área elétrica trazem impactos positivos até sobre a tarifa. A pasta entende que o ritmo hidrológico está alterado, já que os reservatórios de água neste ano estão menores que em 2014.