• Nem de Dácio diz que apoiará Aldo Gondim, mas não descarta candidatura à prefeito de Caetité

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Mauri Oliveira

    07/11/2019 - 14:09


    "Sei que o momento dele é difícil, mas esperamos um momento oportuno", disse montenegro

    Com a proximidade das eleições 2020, o cenário político regional começa a ser formatado, com formações de grupos, adesões a partidos e nomes lançados como pré-candidatos a prefeito e vereadores. Em Caetité, as especulações nos bastidores da política já se iniciaram e um dos nomes cotados para a pré-candidatura ao Executivo Municipal é o do presidente da Câmara de Vereadores, Álvaro Montenegro, mais conhecido como nem de Dácio. Em entrevista ao Sudoeste Bahia, Montenegro observou que após seis mandatos como vereador, dois dele como presidente do Legislativo é natural que se pense em uma candidatura a prefeito. “Estou preparado para tal, mas reconheço que este momento não é meu e sim do atual prefeito Aldo Gondim. Sou um soldado dele, fui uma das pessoas que ajudou a conduzi-lo a prefeitura, sei que o momento dele é difícil, mas esperamos um momento oportuno. Obviamente, que se ele não se prontificar, não achar que não é o momento, que não é propício, meu nome será sim colocado a disposição da população de Caetité, com o aval do nosso líder politico, Dácio Oliveira”. Sobre o processo eleitoral, o vereador disse que está tentando agendar horário com um advogado especialista na área para tratar sobre da nova legislação eleitoral – que traz novos conceitos para filiação de partido, mudança de partido, número de candidatos a vereadores por coligação, organização partidária, entre outros pontos –, por meio de palestra que terá como público alvo os atuais vereadores, suplentes, e pessoas que desejam se candidatar nas eleições do próximo ano.

  • Caetité

MAIS NOTÍCIAS