• Deputado que prometeu 'implodir' presidente volta atrás: 'Somos Bolsonaro'

    Foto: Luis Macedo | Câmara dos Deputados Foto: Luis Macedo | Câmara dos Deputados
    Por Juliana Almirante

    18/10/2019 - 09:30


    "Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego"

    O líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), voltou atrás após dizer que queria "implodir" o presidente Jair Bolsonaro. A declaração havia sido gravada durante reunião, na noite de anteontem (17), com outros deputados do PSL. Segundo o G1, Waldir comentou que, a declaração que fez aos correligionários, em meio à crise que atinge o PSL, foi em um "momento de emoção". "O que o senhor tem para implodir o presidente?",perguntou um jornalista ao deputado. "Nada. É só questão de... É uma fala de emoção, né? Um momento de sentimento", respondeu. "É uma fala num momento de emoção, né? É uma fala quando você percebe a ingratidão. Tenho que buscar as palavras. Tenho que buscar as palavras", completou. Em seguida, ele foi questionado se a crise passou e respondeu: "Nós somos Bolsonaro. Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego". O deputado ainda disse que seria possível "pacificar" a bancada do PSL. Ele afirmou que os 53 parlamentares votarão "integralmente" segundo os interesses do governo. "Não tem nenhuma ruptura, não tem nenhuma perseguição, não tem nada", acrescentou.

MAIS NOTÍCIAS