• Falta de transporte escolar deixa estudantes sem aula em Rio do Antônio; mãe denunciou situação em rede social

    Foto: Reprodução | Facebook Foto: Reprodução | Facebook
    08/10/2019 - 16:42


    Segundo a denúncia, os motoristas justificam a paralisação da atividade devido a falta de pagamento dos seus salários

    Em denúncia publicada nas redes sociais nesta terça-feira (08), uma mulher identificada como Clarice Brito, moradora do município de Rio do Antônio, denunciou a falta de transporte escolar, que tem impossibilitado vários estudantes irem à escola. Segundo ela, os motoristas justificam a paralisação da atividade devido a falta de pagamento dos seus salários, repasses esses que não tem sido feito pela Prefeitura Municipal. “Venho consternar minha indignação ao que tange a Educação do nosso município. Hoje, mais uma vez, meu filho bem como os demais alunos não puderam assistir às aulas por conta de não haver transporte. A falta de transporte se justifica a falta de pagamento ao motorista. Não! Não é somente na escola Municipal Presidente Médici, outras escolas do nosso município não haverá aula (não sei informar os dias que seguirão). Já consta ao todo (não seguidos) mais de 15 dias que a escola a qual meu filho estuda não têm aula, a maioria pelo mesmo motivo. Não posso, não podemos, ninguém pode aceitar um absurdo desse! É inadmissível, inaceitável, repugnante a situação em que se encontra o nosso município. Não temos a quem recorrer", escreveu a denunciante. Ao tomar conhecimento do fato, o presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Antônio, Nelson Soares o ‘Nelsão’, afirmou que deverá constituir junto ao Legislativo uma comissão para averiguar de perto esse problema e tomar as medidas cabíveis, encaminhando uma denúncia formal ao Ministério Público. O Sudoeste Bahia entrou em contato com prefeitura de Rio do Antônio, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

  • Rio do Antônio

MAIS NOTÍCIAS