• Moro se recusa a responder sobre documentos que deu a Bolsonaro sobre 'laranjas' do PSL

    Foto: José Cruz | Agência Brasil Foto: José Cruz | Agência Brasil
    Por Juliana Almirante

    19/08/2019 - 09:05


    Documentação trata de investigação da Polícia Federal (PF) que estava sob sigilo

    O gabinete do ministro Justiça e Segurança Pública Sergio Moro se recusou a responder a um pedido feito pela Folha, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), para que divulgasse uma cópia da documentação que o ministro deu ao presidente Jair Bolsonaro no caso das "laranjas" do PSL. O próprio presidente falou sobre os documentos durante entrevista coletiva no Japão, em junho deste ano. A documentação trata da investigação da Polícia Federal (PF) - que estava sob sigilo - sobre candidaturas "laranjas" do PSL. A Presidência também foi procurada com o mesmo pedido, no entanto, se recusou a fornecer a documentação, com a justificativa de que a solicitação era "uma duplicata" e que a pasta comandada por Moro é que seria responsável por responder. Além da PF, o caso dos laranjas do PSL também é alvo de investigações do Ministério Público em Minas Gerais e em Pernambuco. Os episódios, revelados pela Folha em fevereiro deste ano, levaram à queda do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que comandou a siga no ano passado.

MAIS NOTÍCIAS