• Mais de 100 chefes de facções criminosas de quatro estados foram transferidos para presídios federais

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Adelia Felix

    24/06/2019 - 18:30


    As transferências, segundo Moro, são importantes para isolar bandidos influentes dessas facções criminosas

    Aos menos 113 chefes de facções criminosas de quatro estados diferentes foram transferidos dos presídios locais para penitenciárias federais no primeiro semestre deste ano. As informações são do jornal O Globo. De acordo com a reportagem, os últimos 30, todos do Pará, foram nesta última semana de junho, em operação que contou com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), conforme anunciou o ministro da Justiça, Sergio Moro , em sua conta no Twitter. Além deles, já foram transferidos 35 do Ceará em janeiro, 22 de São Paulo em fevereiro e 26 do Amazonas, em maio. As transferências, segundo o ministro, são importantes para isolar bandidos influentes dessas facções criminosas. "Durante a madrugada, a pedido do governo do Pará, o MJSP/DEPEN transferiu 30 lideranças criminosas daquele estado para presídios federais. Agradeço ao competente apoio da FAB. A transferência desarticulou a organização criminosa e preveniu possível rebelião prisional", escreveu Moro. MJSP é a sigla para Ministério da Justiça e Segurança Pública e Depen é o Departamento Penitenciário Nacional.

MAIS NOTÍCIAS