• Assembleias devem definir se greve das universidades estaduais será encerrada

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Almirante

    11/06/2019 - 11:30

    Paralisação nas instituições estaduais já dura mais de dois meses

    Os professores das universidades estaduais devem definir em assembleias, amanhã (12), se irão encerrar a greve nas instituições. O governo estadual havia divulgado que um termo de compromisso foi assinado ontem com medidas em que o Estado se compromete a adotar se a paralisação for encerrada. No entanto, segundo a categoria, o documento se trata, na verdade, de uma ata, que será levada para as assembleias na forma de uma proposta de termo de acordo. Sendo assim, apenas nas assembleias deve ser definido pelos docentes se a greve irá acabar. "Foi assinada uma ata com compromissos assumidos com o governo, que tem o que já foi amplamente divulgado. O que tem de diferente é a instalação de uma mesa de negociação. Agora a gente tem a oportunidade de continuar reivindicando a nossa pauta de reivindicações", explica Ronalda Barreto, da Associação de Docentes da Uneb (Aduneb). Os docentes das Universidade Estadual da Bahia (Uneb) se reúnem em assembleia a partir das 9h, na quadra de esportes do Campus I a instituição. Segundo Ronalda, se a categoria decidir pelo encerramento da paralisação, então será votado na assembleia um termo de acordo. Por sua vez, esse termo que deve ser levado eventualmente para ser assinado com o governo. "Temos um ponto que é o (pagamento) de salários (cortados), que ainda nao avançou. Acertamos apenas o de junho. Tem ainda de parte de abril e do mês de maio", informa Ronalda. Já a assembleia dos professores da Universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs) será no anfiteatro, Módulo 2, a partir das 14h. Os docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) se reúnem no Pavilhão Adonias Filho às 9h. O horário da assembleia na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) ainda não foi informado.

MAIS NOTÍCIAS