• Desfile com menores para adoção provoca polêmica

    Foto: Divulgação | OAB
    Foto: Divulgação | OAB
    Por Juliana Almirante

    23/05/2019 - 10:58

    Evento ocorreu em shopping de Cuiabá (MT) na terça-feira (21)

    Um desfile realizado em um shopping de Cuiabá (MT) provocou polêmica na web por envolver crianças e adolescentes aptos para adoção. O evento “Adoção na Passarela” foi realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) na terça-feira (21), no Pantanal Shopping. De acordo com a entidade, o propósito seria "dar visibilidade a crianças e adolescentes" de 4 a 17 anos. Em nota publicada no site da OAB-MT, a advogada Tatiane de Barros Ramalho havia informado que dois adolescentes haviam sido adotados na última edição do evento. “Trata-se de uma noite para os pretendentes a adotar poderem conhecer as crianças e os adolescentes. A população em geral poderá ter mais informações sobre adoção e os menores em si terão um dia diferenciado, em que irão se produzir, fazer cabelo, maquiagem e usar roupa para o desfile”, havia afirmado a representante da OAB-MT, no comunicado. O evento gerou críticas de vários internautas, inclusive de políticos como a ex-candidata à vice-presidência Manuela D'Ávila. "Crianças numa passarela, cheias de sonhos e desejos, buscando a aprovação a partir de um desfile, como se para amar um filho tivéssemos que admira-lós fisicamente", publicou. Após a repercussão do caso na internet, a OAB esclareceu que "nunca foi o objetivo do evento" apresentar as crianças e adolescentes a famílias para a concretização da adoção. "A ideia da ação visa promover a convivência social e mostrar a diversidade da construção familiar por meio da adoção com a participação das famílias adotivas", diz a nota.

MAIS NOTÍCIAS