• Câmara aprova MP que reduz número de ministérios e tira Coaf de Moro

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Juliana Almirante

    23/05/2019 - 08:00

    Votação representa uma derrota para o Planalto e, especialmente para o ministro da Justiça

    O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (22), em votação simbólica, o texto-base da medida provisória da reforma administrativa, que estruturou o governo de Jair Bolsonaro e reduziu o número de ministérios de 29 para 22. Para ser concluída, a votação ainda depende da análise de dois destaques, que ficou para hoje (23). A proposta aprovada mantém o projeto da comissão mista do Congresso que transfere o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do comando de Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) para Paulo Guedes (Economia). A votação representa uma derrota para o Planalto e, especialmente para Moro, que defendia a manutenção do conselho subordinado à pasta. Depois de assumir a presidência, Bolsonaro havia retirou o Coaf do extinto Ministério da Fazenda (atual Ministério da Economia) para o Ministério da Justiça. No entanto, partidos de oposição e do Centrão pressionaram o governo para que o órgão seguisse vinculado à pasta da Economia.

MAIS NOTÍCIAS