• Iniciada Jornada Pedagógica 2019 em Caetité

    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia
    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia
    Por Willian Silva

    12/02/2019 - 17:00


    Com o tema “A Educação é Base”, a Prefeitura de Caetité e a Secretaria de Educação do município, abriram, na noite desta segunda-feira (11) a Jornada Pedagógica 2019, no qual compareceram todos os professores da rede municipal de ensino, o prefeito Aldo Gondim, o presidente da Câmara de Vereadores de caetité, a secretária de Educação Iamara Junqueira, vereadores, secretários e convidados. Um dos convidados a palestrar para os presentes foi o também professor Dalmir Sant’Ana, que prendeu a atenção de todos os presentes até o final do evento. A secretária de Educação, Iamara Junqueira, em entrevista ao Sudoeste Bahia, contou que a Jornada Pedagógica de 2019 é uma preparação para a introdução da Base Comum Curricular, que será aplicada em todos os municípios brasileiros em 2020, conforme orientação do Ministério da Educação. Segundo a secretária, a escolha do tema deve-se ao fato de “se pensar no processo educativo em sua totalidade, pensando na importância do professor, a importância da comunidade escolar, mas também na formação de forma integral de cada estudante.” Ouça a entrevista.

    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia
    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia

    Presente ao evento, o professor Silvano Silva diz que a escolha do tema foi pertinente. “Foi acertada a escolha do tema. Se é algo que o novo governo está pretendendo desenvolver em nível de Brasil, é evidente que Caetité precisa estar atualizado e é uma oportunidade muito boa para tratar, justamente nessa jornada pedagógica.” Ouça a entrevistaO palestrante Dalmir Sant’Ana concedeu entrevista ao SB e falou dos desafios de ser professor transformador num mundo onde existe uma enorme carga de informação a disposição dos alunos. “Eu acredito muito, que ele não vai conseguir sozinho. É preciso de cooperação. Precisamos cada vez mais do apoio dos pais, do apoio da sociedade e do apoio dos órgãos públicos. Porque é muito difícil você conseguir uma mudança sozinho. Agora, se nós conseguirmos darmos as mãos, juntar os esforços de maneira coletiva, vamos conseguir uma grande transformação.” 

    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia
    Foto: Willian Silva | Sudoeste Bahia

    Outro ponto abordado por nossa reportagem foi a participação dos pais, que em grande parte, delegam a função de educar somente à escola. “O incrível é que a falta de reconhecimento é um grande vilão da educação. Encontramos pais que reclamam da educação. Ai você pergunta ao pai: ‘Pai, então me diga o nome da professora do seu filho’, ele não sabe responder. Então me diga, pai qual é a série que seu filho está? Ele não sabe responder. Mas veja que incrível: apedrejam, jogam pedras, falam mal. Mas quando chamamos esses pais para estar juntos na educação, eles não aceitam”, pontuou Sant’Ana. Dalmir ainda disse que “ser professor é um grande papel e uma vocação. Eu defendo que o professor hoje, que quer realmente fazer a diferença na vida de um aluno, é um professor que entende que, ali, temos um profissional. Agora quando nós somamos uma vocação, nós temos então o educador. E quando você tem então um professor, profissional com alguém que é apaixonado pelo que faz, que gosta do que realiza, ele começa a cumprir uma missão.” Ouça a entrevista.

  • Caetité
    Caetité Sudoeste Bahia
    Noticias de Caetité
    Sudoeste Bahia

MAIS NOTÍCIAS