• Chica do PT desmente prefeito de Carinhanha e diz para ele priorizar pagamento de servidores

    Foto: Mario Filho | 104 FM
    Foto: Mario Filho | 104 FM
    18/01/2019 - 08:30

    Na manhã da última quinta-feira dia (17), a ex-prefeita do município de Carinhanha, Francisca Alves Ribeiro, mais conhecida como “Chica do PT” concedeu entrevista ao programa Radar Guanambi, na rádio Cidade FM de Guanambi. Ela rebateu as críticas do atual prefeito, Geraldo Pereira Costa o Piau, e também atacou a administração do gestor. “O hospital da cidade estava parecendo um galinheiro, e quem entra no local tem a sensação que lá está chocando ovos”, disse Chica, detalhando as falhas da administração na unidade de saúde: ar condicionado com defeito, falta de medicamentos básicos e até o gerador que, segundo Francisca, foi deixado pela gestão petista e hoje já não existe mais. “Segundo um médico ou uma médica me disse, não vou dizer se é médico ou médica para não ser retaliado, lá entra dez benzetacil, quantidade que de acordo a gestão seria para um mês, mas é gasto em um dia”, disse Francisca. De acordo com o Alerta Bahia, o radialista Mário Filho questionou a ex-prefeita sobre os R$ 50 milhões que Piau disse que ela teria subtraído da prefeitura. Chica negou e disse que, em um município como Carinhanha, para desviar esse valor da prefeitura é preciso passar 100 anos roubando, e que não passa de ataques por conta do “banho de votos" que a mesma deu no município, na última eleição, quando a ex-prefeita se candidatou a deputada estadual. “Se eu roubei 50 milhões, porque só agora que ele veio sentir falta e falar? então ele omitiu a situação, pois se eu saber que alguém está desviando o dinheiro público eu vou imediatamente denunciar”, comentou Francisca. Sobre a falta de pagamento aos servidores do município, Chica afirmou que tem vários servidores que estão passando fome por falta de pagamento, e exemplificou citando o caso de uma mulher que pediu comida, afirmando que em sua casa não havia nada para seus filhos comerem, pois não recebia seu salário há meses. “Antes de pensar em festa, pague o que deve! Lá tem sim servidor sem receber, e não é mentira do povo”, afirmou Francisca.

MAIS NOTÍCIAS