• Consórcio de Saúde Alto Sertão propõe ao Estado assumir o funcionamento do Hospital Regional de Guanambi

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    17/01/2019 - 14:00

    Em audiência realizada na última quarta-feira (16), em Salvador, com o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, foi debatido o sistema de regulação do Hospital Regional de Guanambi (HRG), sistema este que tem deixado insatisfeitos os prefeitos que integram o Consórcio Interfederativo de Saúde Alto Sertão. Deste modo, durante o encontro, agendado pelo presidente do consócio, Dorival Barbosa do Carmo, prefeito de Urandi, foi proposto que o consórcio assuma o gerenciamento HRG. Conforme o Folha do Vale, a proposta foi debatida entre os prefeitos, os quais afirmaram ao secretário que pacientes dos municípios consorciados são tratados com desdenho, enquanto o município de Guanambi não passa pela regulação. “Pacientes de outros municípios acabam morrendo na fila da regulação, já Guanambi, usa toda estrutura do Estado e dos municípios pactuados para se beneficiar. Isso não pode acontecer”, disseram os gestores. Em defesa da regulação, Vilas Boas ressaltou que o sistema avançou muito nos últimos anos, mas que a partir do segundo semestre irá melhorar. “Não vamos zerar essa fila, mas vai ficar bem perto. Isso para diversos procedimentos”, disse Villas-Boas. De acordo com o prefeito de Iuiú, Reinaldo Barbosa de Góes, o secretário garantiu que o Estado tem interesse de entregar o Hospital Regional ao Consórcio Interfederativo de Saúde Alto Sertão. “O Estado aceita repassar o Regional para o consórcio, porém precisamos analisar. Agora em fevereiro vamos formar uma comissão para visitar o Hospital Geral Santa Tereza, em Ribeira do Pombal. Vamos conhecer como funciona, se for viável vamos assumir sim”, afirmou Góes.

  • Guanambi
    Noticias de Guanambi
    Sudoeste Bahia
    Hospital Regional de Guanambi

MAIS NOTÍCIAS