• Comerciante alega que com chegada do Assaí vendas de pequenos comerciantes caíram e tem gerado muitas demissões em Guanambi

    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia
    Foto: Rafa Nunes | Sudoeste Bahia
    Por Willian Silva

    27/12/2018 - 17:00

     “Está difícil para pagar as duplicatas. O comércio infelizmente vai ter que demitir”, disse o empresário

    Instalado recentemente em Guanambi, o Assaí Atacadista tem gerado polêmica entre os comerciantes da cidade. Em entrevista ao radialista Val Rodrigues na Rádio Cidade FM, na manhã desta quinta-feira (27), o empresário Dagoberto Santos, proprietário do Supermercado Perdigão, expos a situação que ele e outros comerciantes vêm vivendo desde a chegada do Atacadista no município. Segundo o comerciante, neste Natal, as vendas despencaram. “Estamos com dificuldades para pagar uma duplicata depois da chegada do Assaí. Investimos muito para vendermos bem no Natal e passarmos um ano novo tranquilo, só que as vendas caíram muito. Agora é esperar o Ano Novo para ver o que vai acontecer. Inclusive conversei com comerciantes de Caetité e eles me disseram que lá também foi prejudicado.” O comerciante disse que deveria ter sido feita uma pesquisa mais criteriosa  na cidade, antes de instalar um empreendimento deste porte, que atende a toda a região, e tem afetado os comerciantes, médios e pequenos supermercados e hortifrútis. Santos relatou que o atacadista tem maior poder de compra, deste modo, não há como o pequeno comerciante concorrer em termo de preços. Para Guanambi foi a pior coisa que pôde acontecer. Eu não estou aqui criticando o prefeito Jairo, ele que é o gestor. Eu estou alertando para isso. Não sei qual foi o critério que ele usou. Só que eu acho que eles deveriam ter feito uma pesquisa. Eles deixaram de fazer uma pesquisa para analisar. Do jeito que está ai, se vier mais um atacadão para Guanambi, os comerciantes podem ir para a roça”, pontuou Santos. Ainda segundo Dagoberto, muitos comércios já estão demitindo funcionários, pois as vendas caíram muito e não há como honrar com pagamento de salários. Lamentou ainda dizendo que os pequenos comerciantes vivem na cidade e empregam muitas pessoas, deste modo, os fechamentos irão acarretar em grande prejuízo para a economia da cidade e a renda de muitas famílias. O radialista Val Rodrigues endossa a fala do comerciante. “Nos últimos dias fomos procurados por muitos comerciantes. Eles alegam que o comércio tem sido afetado desde a chegada do Assaí. Segundo eles, uma pesquisa melhor e mais criteriosa deveria ter sido feita. Porque não a vinda de uma indústria? Segundo ouvi de alguns comerciantes, com a chegada do atacadista, muitas pessoas estão ficando desempregadas em Guanambi”. Ouça o aúdio.

  • Guanambi
    Notícias de Guanambi
    Sudoeste Bahia
    Assai Atacadista

MAIS NOTÍCIAS