• Fachin pede opinião da PGR sobre pedido de liberdade de Lula

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Alexandre Galvão

    20/11/2018 - 13:00

    Para a defesa de Lula, Moro demonstrou “inimizade capital” e “interesses exoprocessuais”

    Relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Edson Fachin pediu nesta terça-feira (20) que a Procuradoria Geral da República (PGR) opine sobre o novo pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o G1, o petista está preso desde abril em uma cela especial da superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. A defesa argumentou no novo recurso que houve parcialidade por parte do juiz federal Sérgio Moro – futuro ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro – na condenação de Lula na Operação Lava Jato e na condução de outros processos. Para a defesa de Lula, Moro demonstrou “inimizade capital” e “interesses exoprocessuais” ao condenar Lula, no ano passado, por corrupção e lavagem de dinheiro, o que, no entender dos advogados, deveria afastá-lo do processo.

MAIS NOTÍCIAS