• Carinhanha: Secretaria Municipal de Saúde confirma surto de Leishmaniose Visceral (Calazar)

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    16/10/2018 - 11:00

    Após 6 casos confirmados de Leishmaniose Visceral (Calazar) nos últimos 3 meses, um deles resultando na morte do paciente diagnosticado com a doença, o secretário de saúde do município de Carinhanha, Avalcir Brito, e o coordenador de vigilância a saúde epidemiológica e sanitária, Valternan Almeida, confirmaram o surto da doença na sede município em entrevista à um programa jornalístico da rádio Pontal FM. Como medida para conter o avanço da doença, Avalcir Brito informou que a administração municipal já autorizou a contratação de material para borrifação em toda cidade e que foram intensificados os testes rápidos em cães. Inclusive, foi disponibilizado à população um telefone para o disk denúncia da vigilância sanitária, caso algum popular suspeite de um cão com a doença. Basta entrar em contato através do telefone (77) 9 9943-4461 e uma equipe irá até o local. De acordo com Valternan, é preciso que a comunidade ajude a vigilância, pois de 660 testes rápidos realizados, 206 deram positivo. Veja como a população pode ajudar: É importante que limpem os quintais, e não deixe excesso de umidade, pois o mosquito flebótomo, conhecido como “mosquito Palha” gosta de ambientes com essas características; Leve seu animal a sede da vigilância sanitária para que seja realizado o teste rápido, para assim saber se o seu cão está ou não infectado. Se caso o teste rápido dê positivo em seu cão, será feito outro mais avançado, se confirmar, entregue o animal para a vigilância. O animal com a doença apresenta os seguintes sintomas: queda de cabelo, unhas grande, olhos avermelhados, preguiça, ferida no focinho, são sintomas do calazar no seu bicho, portanto se notou qualquer um desses no seu cão, procure a vigilância. As informações são do Alerta Bahia.

MAIS NOTÍCIAS