• Região: Previsão é de poucas chuvas para os próximos dias

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Willian Silva

    16/10/2018 - 09:30

    Desde o feriado do Dia das Crianças (12), a região vem sentindo um aumento na temperatura e na sensação térmica. Neste domingo, por exemplo, Caetité registrou, segundo o Climatempo, temperaturas na casa do 34 graus com sensação de 37. Com isso, aliado à falta de chuvas, o consumo de água aumenta, trazendo preocupação para todos. Para Caetité, segundo a Secretaria de Agricultura do Estado da Bahia (Seagri), entre hoje (16) até a próxima segunda-feira (22), podem ocorrer pancadas de chuva no município. A Seagri também informa que as chuvas poderão se estender até o dia 29/10. Para Guanambi, o mesmo previsto para Caetité. Neste período a Seagri informa que pode chover até nove milímetros. Segundo informações levantadas na cidade, no domingo foi registrado cerca de 38 graus na cidade, fazendo as pessoas recorrerem aos clubes e piscinas para se refrescar. Em Brumado, as temperaturas podem chegar aos 34 graus com possibilidade de chuva até esta quinta-feira (18). Segundo o Climatempo, depois dessa data não há previsão de chuva. Em Carinhanha, no médio São Francisco, as temperaturas na cidade podem chegar aos insuportáveis 37 graus. Ainda de acordo com o Climatempo, as chuvas podem chegar a qualquer momento no município até o fim desta semana. Já em Igaporã, o município tem possibilidade de chuva para a noite desta segunda-feira (15), terça-feira (16) e quarta-feira (17) e no domingo (21), segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cpetc) do Governo Federal. Por lá, as temperaturas podem chegar até os 33 graus, nesta terça-feira(16). Porém, as previsões consultadas pela redação do Sudoeste Bahia, apesar de animadoras quanto a chegada das chuvas, são também desanimadoras quanto a quantidade. Em Caetité poderá chover em torno de 11 milímetros; Em Guanambi, nove milímetros; em Carinhanha, nove milímetros. Além disso, as fonte consultadas pela reportagem, também indicaram poucos dias de chuva, cerca de três ou quatro dias.

MAIS NOTÍCIAS