• Ciro diz que manifesto de Bolsonaro é mentiroso e volta a compará-lo com Hitler

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Tayane Rodrigues

    24/09/2018 - 13:30

    O candidato do PDT à Presidência nas eleições 2018, Ciro Gomes, disse nesta segunda-feira (24), durantes atos de campanha no Rio de Janeiro que o manifesto preparado pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) para suavizar sua imagem radical de direita é mentiroso, e voltou a compará-lo a Adolf Hitler. “Quando Hitler viu o erro do golpe que tentou, ele saiu da cadeia, escreveu um livro e aceitou, na retórica, o parlamento”, disse Ciro. “O candidato (Bolsonaro) tem declarações óbvias segregando mulheres, LGBTIs, negros. Um vice que diz que é profissional da violência. (O manifesto) é tudo mentira. É a mentira do Hitler”. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, depois de responder a jornalistas, Ciro afirmou que Bolsonaro, como deputado federal fluminense, “nunca fez nada pelo Rio”. Sobre as pesquisas de intenção de voto que o colocam em terceiro lugar, depois de Bolsonaro e de Fernando Haddad (PT), com tendência de queda, declarou: “Sou o único candidato desses que têm competitividade capaz de proteger o Brasil dessa confrontação odienta do antipetismo e do petismo religioso. Essas eleições não são normais, o Brasil está dançando à beira do abismo. As mulheres brasileiras vão salvar mais uma vez a pátria”. 

MAIS NOTÍCIAS