• Homem que esfaqueou Bolsonaro agiu sozinho, diz PF

    Foto: Divulgação | Polícia Militar
    Foto: Divulgação | Polícia Militar
    Por Alexandre Galvão

    24/09/2018 - 11:00

    A PF ouviu mais de 30 pessoas. Sigilos financeiros, telefônicos e telemáticos do investigado foram quebrados

    O último relatório da Polícia Federal aponta que o homem acusado de esfaquear o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) agiu sozinho. O documento vai apontar ainda que Adélio Bispo não recebeu nenhum dinheiro para realizar o atentado. A PF ouviu mais de 30 pessoas. Sigilos financeiros, telefônicos e telemáticos do investigado foram quebrados. Segundo o Estadão, a corporação vai continuar a investigação em um novo inquérito, para analisar novamente todas as informações coletadas e fazer uma devassa nos dois últimos anos de vida do suspeito.

MAIS NOTÍCIAS